Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2009

Kabuki / 歌舞伎

Queria mostrar algumas coisas que vi no Dean & DeLuca de Shinagawa, Tokyo.



Estava com saudades dos pretzels que vendem em carrinhos nas ruas de Nova York. Este era igualzinho.


Este é um pão de azeitonas, muito gostoso.



Esse chá é um dos meus preferidos. É o spice chai.



No dia que fui ao Dean and DeLuca, fiquei muito emocionada quando vi um ator de kabuki tomando café ali. Ele se chama Kataoka Nizaemon e é um dos maiores atores de kabuki da atualidade. Já vi muitos artistas por aí, mas nunca tinha ficado tão emocionada. Voltando em casa e pensando bem, descobri o por quê.


É que os atores de kabuki levam uma vida toda dedicada `a arte. Começam a treinar com 4, 5 anos de idade quando ainda nem falam japonês direito. Esses vêm de uma linhagem de atores de kabuki.


Na idade escolar, vão treinar todos os dias depois da escola. Quando jovens e na idade em que querem se divertir, continuam treinando. E por aí vai, até ficarem bem velhinhos. É uma vida cheia de sacrifícios.


E o sr. Kataoka estav…

comida 2 / 食べ物 - tabemônô

Muitos devem estar estranhando o modo como escrevo as palavras japonesas em português: com dois acentos e diferente do que se escreve no Japão. É que estou tentando escrever o mais próximo possível da pronúncia em japonês.

Obrigada pelos comentários na postagem de ontem sobre dentista. A Valéria do blog Papos de Anjo explica bem melhor que eu sobre aparelhos nos dentes. Se puderem, por favor, dêem uma olhada no comentário dela. Está na postagem Dentista.

É quase um milagre, mas encontrei um dentista bom aqui no Japão.
Pensando bem, falar que o dentista é bom é relativo. Depende de vários fatores.
1- Ele atende um paciente por vez.
2- Ele marca hora e atende na hora.
3- Ele faz anestesia (não que os outros dentistas não façam, mas tem alguns que não fazem).
4- Ele é cuidadoso, explica tudo e trata dos dentes com delicadeza.

No Brasil tudo isso é comum, mas aqui nem sempre.
Mas não quero falar muito mal de nada aqui do Japão para não ofender ninguém. Estou apenas escrevendo como é a realidade.

Dentista / 歯医者 - rái-sha

Hoje fui ao dentista. Acho que foi de tanto comer os doces que já mostrei nesse blog.

Acho que cada pessoa no Japão tem uma experiência diferente com dentistas. Vou contar a minha.
Havia um dentista que dizia que dói mesmo, tem que aguentar.
E por aí vai...

Hoje em dia dentes tortos não são mais considerados bonitos. Mas pouca gente coloca aparelho nos dentes porque é caro e o seguro de saúde não cobre.
Esta é a fachada do meu dentista. Lá está escrito: Horii, dentista. Embaixo o horário de funcionamento. O Dr. Horii é muito bonzinho e cuidadoso. Mas foi difícil encontrar um bom dentista. Fiz uma peregrinação de anos.
Pagamos 30% dos serviços médicos e dentários. O resto o seguro nacional de saúde cobre. É preciso pagar uma quantia mensal. No Japão (pelo que eu saiba) não existe convênio médico. É tudo o governo que organiza e paga. Por isso, podemos escolher qualquer hospital, médico ou dentista que quisermos. Isso no Japão inteiro. Há hospitais públicos e particulares. Geralmente os hosp…

Dean and DeLuca

Depois da exposição em Ueno, fui com uma amiga ao Dean and DeLuca de Shinagawa em Tokyo. Ela abriu há cinco anos, moro perto e nunca tinha ido. Vi no blog Papos de Anjo sobre a Dean and Deluca e resolvi ir para conferir. Essa loja começou em Nova York há 30 anos e vende doces, pães, café, tem deli, bolos, tudo de bom. Esse de Shinagawa é grande, vende flores e vinhos também.
A moça do seriado americano Felicity trabalhava no Dean & Deluca.
Até parece Nova York, não? Os estrangeiros que vêm a Tokyo ficam impressionados como tem homens de preto (men in black) por aqui. Até parece uniforme!
Café expresso e tortinha.

Cappucino e chou a la crème (chou cream /shuu kuriimu, como dizem os japoneses). Estava divino.


Bolo de laranja / オレンジ ケーキ - orêndi keeki

Outro dia fui à casa de uma amiga e ela tinha feito um bolo de laranja delicioso. A receita está aqui
É só clicar. É no site Tudo Gostoso, que tem receitas ótimas. Obrigada Emília do blog Meu Blog de Receitas por ter me ensinado como fazer para clicar e ir a algum site.




Levei a uma festa outro dia e ele fez sucesso.

Exposição / 展覧会 - tenran-kai

Fui a uma exposição No Museu Nacional de Tokyo, que fica dentro do Parque de Ueno.


A exposição é comemorativa dos 1.300 anos de fundação do templo Kofuku-di de Nara.
Esta é a escultura budista mais famosa desta exposição. Se chama Áshura. Tem 3 cabeças, 6 braços e cara de adolescente. Foi feita no século 8.





Uma leva de alunos no Parque de Ueno.
Agora é época das excursões escolares. Alunos do norte do Japão vem para o sul, os do sul vão mais ao norte, etc... E os de Tokyo e Yokohama vão a Kyoto e Nara. Mas este ano 600 escolas cancelaram viagem a Kyoto por causa da gripe. Há muitos casos dessa nova gripe na região de Kyoto.

Kamakura

Ontem o dia estava chuvoso, mas fomos a Kamakura. Acho melhor ensinar história assim para o meu filho. Vendo o local é mais fácil entender e aprender. Claro que o intuito é diversão também.


Esta é a entrada do templo Engaku-di. Fomos subindo, subindo montanha acima e haviam muitos templos.

Pausa para o almoço. Este prato acima se chama kentin-soba. Tem brasileiros que acreditam que venha do português, da palavra quentin, quentinho. Mas está provado que vem de Kentyo, um templo próximo.
Todos os restaurantes servem água grátis. Desconfio que seja torneiral. Mas o governo garante que a água é segura. Dá para beber da torneira.
Aqui é o dito cujo, o templo Kentyo-di.


Este templo tem muitos edifícios.



Lá no fundo há um lago. Neste templo há cursos de meditação zen-budista em inglês.




Ganhei estes doces de Kamakura. Por fora é um bolo fofinho, por dentro tem um creme delicioso em 5 sabores.





doce japonês 2 / 和菓子 - wagashi

Faz tempo estava querendo mostrar doces tradicionais japoneses. Eles são muito bonitos, são artesanais e exigem muita técnica do confeiteiro que se chama kashi-shokunin. Esses estão recriando flores da estação. São de uma doceira de Kamakura. Fui visitar uma amiga lá e ela os serviu.Este doce se chama tsutsuji (azaleia)







Este doce se chama soramame.









Esta é uma caixa de doces, se chama Recado das Hortências.

Os japoneses dizem que comem com os olhos também. Acho que a ideia é fazer esses doces lindos e alegrar alma. E apreciar a vinda das estações do ano com as suas flores.

Bom domingo para todos!




Jornal 2 / 新聞 - shin-bun

Esqueci de um detalhe importante na postagem sobre dicas de economia.
É sobre o ovo cozido. Esqueci de dizer o seguinte: Depois de apagar o fogo, o ovo estará cozido em 30 minutos com a panela tampada. Por isso, quando estiver com pressa, esse método demora muito. Eu já me acostumei a fazer antes e deixar esfriando. Tem vezes que esqueço o ovo na panela e a água já está fria. Nesse caso dá para economizar até na água, já que não é necessário usá-la para esfriar o ovo. Vou acrescentar esta explicação na postagem.
Hoje fiz um udon assim e deu certo. Certifiquei que os noodles estavam soltos, tampei a panela. Acho que deixei menos de 5 minutos assim e já estava pronto. Esse método é bom com macarrão porque não passa do ponto.


Página de esportes do Jornal Assarri. Estão falando sobre o campeonato de sumô. Sumô é um esporte japonês em que dois lutadores empurram um ao outro até sair o vencedor. Foto ampliada. Eles lutam vestidos só com o mawashi (uma faixa enrolada no corpo). Sempre me pergu…

bidê / washlet - wô-shurêto

Estou chamando isso de bidê, mas na verdade, não existe bidê no Japão. Eu pelo menos nunca vi.

Aqui várias empresas produzem este tampo de vaso sanitário. Se chama washlet.
Acho que todas as mulheres mereciam um tampo assim. E os homens também. Homens e crianças também o usam.

É ótimo, muito prático.Ouvi que quase não existe fora do Japão.
O tampo é instalado em cima do vaso. Liga na tomada e pronto.O controle remoto pode ficar pregado na parede.
-Tem controle remoto.
-Bidê-Liga, desliga
-Jato de água mais forte ou mais fraco
-Posição do jato de água.
-Regulagem da temperatura da água: quente ou frio
-O assento fica quente. No inverno, pode usar quente, no verão, frio.
Aqui acima vc pode ver o jato de água.

Tenho uma conhecida que usava aqui e gostou muito. Primeiro ela verificou se o tampo se adaptava no vaso do Brasil. Ela viu que sim, então comprou e levou.Conheci uma pessoa que levou para o México também.


Dicas de economia /節約 - setsu-yaku

Recebi uma pergunta sobre o alho congelado. Se fica aguado e muda o sabor. Fica um pouco aguado e o sabor fica mais suave. Mas como alho picado geralmente vai para a frigideira, é só levar ao fogo.



Lembram da postagem sobre jornal? Uma pessoa perguntou se não tem fotos e se escolhi uma página cheia de letras. Tem fotos sim. Acho que escolhi uma página só com letras. Outro dia farei outra postagem sobre jornais.



Aqui no Japão o gás é muito caro. Aliás, tudo é caro e o gás também. Então o povo fica inventando, testando jeitos de economizar gás e outras coisas também. Uma japonesa me falou como ela faz ovo cozido. Isso foi há mais de 10 anos e desde então cozinho ovos assim:-Colocar os ovos e água fria numa panela adequada.-Deixar levantar fervura.-Desligar o fogo 30 segundos depois e tampar a panela.-Esquecer a panela até a água esfriar naturalmente.-O ovo estará cozido só com o calor da água.Se a panela for muito grande e a pessoa cozinhar poucos ovos, haverá desperdício. Isso porque se…

Despedida / お別れ - owakare

Obrigada pelos comentários na postagem de ontem sobre alho congelado. Recebi o link de um artigo sobre congelamento. Muito interessante. Deu para aprender muitas coisas. O link está no comentários de ontem.

Tem várias outras coisas que eu congelo: arroz, gengibre cru, carnes, tudo dentro de plásticos em formato de almofada.



Hoje teve despedida de duas amigas.A anfitriã que cozinha muito bem, conhece a culinária de vários países, fez tudo bonito e gostoso. Aqui acima tem tapenade de azeitonas, caviar de beringela.




Aqui acima tem frutas, salada de lentilhas, cuscuz marroquino, um deles de salmão e o outro de páprica. Embaixo acho que é uma toalha de mesa ou um furoshiki grande com estampa japonesa.
Além disso ela fez quiche de tofu com rorensô. Nunca tinha provado e achei interessante. Tinha uma salada de acelga com molho oriental doce e macarrão tipo miojo picado em cima.


Quatro tipos de bolos. O fogão do lado esquerdo acho que é americano. os fogões japoneses não tem forno embaixo.




Gan…

shitimi /七味

Recebi um comentário engraçado sobre a postagem sobre jornal. Susana do blog ontherocks disse que: -entendeu tudo, hehe.

Já que todo mundo entendeu tudo, tá tudo bem.
Às vezes eu mesma me pergunto como é que consigo ler esse jornal. E ainda por cima entender. Uma loucura!



Neste blog quero mostrar coisas bonitas, interessantes e gostosas do Japão. Hoje ganhei este shitimi que quero mostrar para vocês. Uma amiga foi a Kyoto e trouxe para mim. Ela me trouxe shitimi, que é uma mistura de pimenta vermelha seca e triturada mais gergelim, alga, e outros, todos triturados. É para comer com udon, soba, cozidos.

Esta loja começou há uns 350 anos atrás.

この七味は上品な味でとても美味しいです。今までの七味は何だったのか、と思っているところです。
Esta vasilha tem 6 cm de altura. É de cerâmica Kiyomizu-yaki (um dos tipos de cerâmica tradicional do Japão).

A vasilha veio dentro de uma caixa embrulhada neste papel.A caixa veio dentro desta sacolinha. Como é uma loja de especiarias, notadamente a pimenta vermelha, a ilustração é com pimentas.





Dentro d…

Jornal / 新聞 - shin-bun

Estes é um jornal japonês. Se chama Asahi (Assarri). Mas há vários outros.


Como podem ver é tudo em kandi. E os leitores jornalistas, o que acharam? Quem está vendo este blog pela primeira vez. Eu falo de várias coisas. Comida, filhos, sobre o Japão, arte, viagens. Só não falo muito de moda e beleza porque quando tentei, não deu muito certo.

Hon-Moku /本牧

Honmoku é o bairro onde moro. Fica em Yokohama. Há mais casas nesse estilo ocidental. As ruas são limpas, não se vê lixo jogado no chão. Atrás dessas casas tem um bosque. Subindo há um parque que se chama Santiô Kooen. Lá é bom para fazer caminhadas. De lá dá para ver o mar.

Em Honmoku há mais de 20 parques e desde pequeno meu filho podia ir sozinho para brincar com os amiguinhos num deles.

CORREIO
Esta é uma agência de correio típica. São pequenas mas existem muitas. Sempre dá para qualquer morador ir andando até uma delas.

Minha bicicelta vermelha está parada em frente. Os correios são bancos também. Dá para depositar dinheiro e fazer pagamentos. Lá dentro, a gente pega uma senha e espera sentadinho no sofá até chegar a nossa vez.


Os correios foram privatizados e o serviço piorou. Quando era público, nunca haviam errado de endereço. Agora de vez em quando entregam minhas cartas em outro endereço. E na minha caixa de correio chegam
cartas de outras pessoas. Quem já morou por aqui sabe qu…

Soutien/ ブラジャー bura-dyáa

Antes de entrar no assunto do soutien, quero falar sobre uma resposta que recebi. Eu queria saber se na Bahia se come arroz preparado junto com leite de coco. A resposta foi que não. Lá não existe arroz com leite de coco.

Hoje vou falar de soutien. Em japonês se chama bura-dyáa ou apenas bura. Quando escrevo assim, acho muito esquisito e engraçado. Mas é verdade.

Quem está lendo pela primeira vez, geralmente escrevo sobre outras coisas. Mas me deparei com uma pesquisa que achei interessante.

Que cor de soutien os homens japoneses preferem.

1 cor-de-rosa (28%)
2 branco (25%)
3 Preto (24%)
4 Azul claro (12%)
5 vermelho (3%)

A cor preferida é cor-de-rosa, em segundo está o branco.

Alguém sabe como é o gosto dos brasileiros? Imagino que cor-de-rosa não seja a cor preferida. Aqui vendem muito soutien cor-de-rosa. Mas que eu me lembre no Brasil eu não via muitos cor-de-rosa.

Obrigada pela visita e tenha um bom dia.

Obentô 2

Ontem esqueci de citar algumas coisas que somem ou melhor, levam embora no Japão: guarda-chuvas e bicicletas.


Mas hoje vou falar de obentô. No começo achei que só havia um tipo de obentô. Mas agora vejo que há muitos tipos.

Estes das fotos abaixo são do tipo que estudantes levam para a escola.
Mas há vários outros tipos:

Obentô para diferentes para crianças, estudantes, adultos, homens, mulheres, idosos.

Há obentô vendidos em supermercados mas há também os muito chiques vendidos em lojas de departamentos.

Tem o ranami bentô, que citei antes. A gente leva para pic nic na época das cerejeiras.

Existe obentô feito em casa e comprado.

Muita gente leva obentô feito em casa para o trabalho.

Há vários tipos, mas o conceito acho que é único: é uma comida que vc leva para comer fora de casa. Deve haver muitos outros tipos, mas não estou me lembrando no momento.

Este da foto acima fiz para meu filho levar à escola. Tem frango frito, pimentão refogado, maçã, nabo cozido, tomatinho e renkon (raiz de lótus…