-->



kimono 2

Não queria falar de sexo neste blog, mas o Sr. Ogro da Silva fez uma pergunta interessante e me sinto no dever de responder.
Ele perguntou o que o cara fala quando a patroa chega em casa com o kimono desarrumado.
Acho que o cara vai ficar muito bravo porque isso é prova cabal de pulada de cerca.



Os japoneses dizem que quando não se veste o kimono direito, fica parecendo que a moça foi violentada e depois largada na rua. Por isso, o kimono deve estar impecável, principalmente na gola.



O kimono é muito fechado da gola até a cintura, mas paradoxalmente é todo aberto embaixo. Já vi num filme o casal transando abrindo só a parte de baixo do kimono. Teoricamente isso não vai desarrumar o kimono todo.



Diz a lenda que as mulheres não usavam calcinha e soutien por baixo do kimono. Isso faz sentido porque essas peças fazem parte do vestuário ocidental, portanto não existiam no Japão de antigamente. Isso deve ter atiçado muito a imaginação do Mr. Ogro.

Mas hoje em dia as mulheres já usam calcinha e soutien por baixo do kimono.

Como podem ver, o kimono tem muita história.

Então queridas, ficaram com vontade de experimentar um kimono?
É uma das roupas mais sensuais que conheço.

kimono

Dois dias atrás, postei fotos de uma vitrine com kimonos. Me perguntaram se as pessoas usam kimono no dia-a-dia. Até o fim do século 19, todos usavam só kimono no Japão. Mas aos poucos com a modernização e ocidentalização do país, as pessoas passaram a usar roupas ocidentais. Hoje as pessoas só usam kimono em ocasiões especiais.

Aqui estou falando do que sei e vi até hoje.

Pessoas que sempre usam kimono:

-lutadores de sumô

-monges budistas


Aqui nesta foto acima as senhoras estão usando o yukatá, kimono de algodão usado no verão geralmente nos omatsuris. Lembram que eu já falei de omatsuri? Pois é, este é um bon-odori. Está sendo realizado no estacionamento de um supermercado de Nagoya. Isso não é muito comum. Os bon-odoris são realizados em parques.



No bon-odori de Nagoya vi essa menina. Nunca tinha visto, mas é bonitinho. Ela está usando um kimono-vestido. Eu vi a frente e era um vestidinho. A fitinha amarela se chama ôbi. Geralmente é uma faixa muuuito comprida e difícil de ficar perfeita. Desconfio que a faixa dessa menina já venha pronto.


Aqui acima, menina desconhecida com yukata infantil. O obi vermelhinho, acho que é uma faixa de verdade, este até eu sei amarrar porque é bem molinho.


Este é um kimono visto de trás. Está exposto num museu de Tóquio.


Aqui vai mais uma listinha de ocasiões em que se usa kimono.


-convidadas de casamento

-pessoas que praticam cerimônia de chá

-gueixas e maikos (sim elas ainda existem)

-as mulheres da família imperial em algumas ocasiões especiais

-atores de kabuki

-pessoas que praticam nihon buyoo (dança tradicional japonesa)

-algumas pessoas em formaturas

-seidin-shiki ou seja, a cerimônia de maioridade


O kimono de seda, de gala é muito difícil de se vestir. É preciso que alguém especializado ajude a vestir. Existem uns mais simples que a pessoa mesma consegue vestir. Mas geralmente é preciso pedir que alguém faça o kitsukê (vestir kimono).


Eu tinha decidido não falar de sexo nesse blog, mas já que estamos no assunto, essa eu preciso contar:
Na cerimônia de maioridade que acontece aos 20 anos, as moças usam kimonos muito bonitos e são vestidas pelas senhoras que sabem fazer kitsukê. O obi é muito comprido e duro, é preciso uma técnica muito elaborada para fazer um belo laço.
Pois bem, depois da cerimônica, uma mocinha foi ao motel com o namorado. (Sim, aqui no Japão tem motel e alguns até muito engraçados). Quando resolveram ir embora, ela não sabia vestir o kimono. Nem o moço sabia. Dizem que é muito comum isso acontecer. Na hora do entusiasmo as pessoas esquecem que não sabem vestir o kimono sozinhas.


Por se difícil e nada prático, as pessoas preferem usar roupas ocidentais hoje em dia.

Tokyo International Forum






Este é o Tokyo International Forum. Um lugar dedicado às artes em geral.

O teto desse lugar é tão alto que parece dizer que a arte é algo elevado que chega aos céus.


Eu nem gosto muito de arquitetura moderna pós-Le Corbusier.

Gosto mesmo é de prédios, templos muito antigos e ruínas como Stonehenge.
Me realizei quando vi Stonehenge na Inglaterra. Tão simples, tão singelo.


Mas voltando à arquitetura moderna, não gosto tanto, mas acho bonito e funcional.

O Tokyo International Forum é um exemplo puro de arquitetura contemporânea. Deste eu gosto, acho lindo.


Para vos escrever, procurei analisar por que gosto de lá:
Lá tem várias salas de espetáculos.
Tem festival de música clássica.
Tem museu de arte.
Não tem lojinha.
Humberto Eco, um de meus autores preferidos já dizia que é preciso separar arte do comércio.
No meio do prédio plantaram muitas árvores.

Na hora do almoço permitiram a entrada de restaurantes em forma de carro, batizaram de Neo Yatai Murá.

Tem comida da Indonésia, Coreia, Turquia, Japão, França, Itália, México, China. Tudo muito alegre, colorido e delicioso.


Enfim, tem tudo o que gosto: arte, música, comida, natureza, tudo num espaço amplo e moderno.

Loli, comentei sobre seu comentário e deixei nos comentários de ontem sobre Ginza. (isso está redundante, não?) Espero que dê uma olhada. É que tenho respondido aos comentários nos respectivos blogs ou por e-mail.

O lugar mais chic de Tokyo




Domingo à noite fui passear em Guinza, Tokyo.

Os japoneses escrevem Ginza.

Aqui há muitas lojas de marcas famosas estrangeiras e japonesas.



Há outros bairros muito chiques também, como Aoyoma. Aliás, Tokyo é uma cidade chique, silenciosa e limpa.

Aqui a esquina mais famosa de Guinza.


Dificilmente vou lá, por isso tirei umas fotos para mostrar para vocês.

Fico pensando se a cidade que aparece no filme Blade Runner não foi inspirada nos neons de Tokyo.


Vitrine com kimonos de verão. Para homem e mulher. Os kimonos de verão são mais leves, feitos de algodão.


Moniquinha disse que acorda e logo lê meu post, fiquei contente. Escrevo enquanto vocês dormem no Brasil.

30 anos de Gundam

Fomos no dia 25, sábado a Nagoya para ver esse evento. É aniversário de 30 anos do desenho Gundam ( os japoneses leem Gán-dámu).


Haviam milhares de pessoas, não acreditei! 4 horas de fila para comprar produtos relacionados ao evento. 4 horas. Para o Gundam não tem crise.
Teve show de músicas da trilha sonora dos desenhos Gundam. Pediram para não gravar nem tirar fotos. Foi impressionante, os japoneses que fotografam tudo guardaram suas câmeras. Que povo obediente! Acho que só eu tirei uma fotinha.

Quem tiver curiosidade, pode encontrar site na internet e vídeos no Youtube.

chá verde com sorvete

Hoje fui a um lugar que não é restaurante nem doceira. Como poderia definir? É um lugar onde servem chá verde. Não é um chá verde qualquer.

Fiquei impressionada. Tem chá verde com sorvete, com chantilly, quente, frio. Quando vi o menu fiquei perdida. Eram mais de 40 tipos, todos com foto e descrição. O lugar se chama Nana's Green Tea e fica na Estação de Yokohama. Quem mora perto pode dar uma passada lá, é muito bom!



Este da foto vem com gelo, chantilly, ankô (pasta de feijão azuki doce), bolinhas odángo e chá verde. O chá verde é aquele em pó usado na cerimônia do chá. Se chama máh-tiá.

Quem me levou foi uma amiga japonesa. Obrigada. Gostei muito.

Eclipse total /皆既日食 - káiki nih shôku

Obrigada pelas mensagens do dia do amigo. Eu nem sabia que existia essa data. Será algo recente?

No título escrevo primeiro em português, depois em japonês e por último o modo de ler para brasileiros.
Não sei se vocês ficaram sabendo, mas teve eclipse por estes lados da Ásia. Aqui no Japão, ao sul, o eclipse foi total. Mas infelizmente ficou nublado ou chuvoso na maior parte do país. Só se falou disso ultimamente por aqui.

Aqui em Yokohama, 75% do sol ficou coberto. O duro foi achar um filme negativo para poder encarar o sol diretamente. Ultimamente só usamos câmera digital. Então tive que procurar a casa toda por um negativo. Quando era pequena lembro que vi vários eclipses em São Paulo.

Incrível como certas coisas vão sumindo aos poucos das nossas vidas e nem percebemos. O filme negativo é uma dessas coisas.

O próximo eclipse total aqui no Japão será daqui a 26 anos.

Ouvi que ano que vem terá um eclipse total em algum lugar da América do Sul.

gelatina kántên de algas

Sabem o que é isso?
Um doce japonês. Que para mim é o mais bonito dessa estação.
A transparência do doce dá a sensação de frescor nesses dias quentes.
Esses wagashi-shokunin (pessoas que fazem doces japoneses) tem técnicas incríveis.


A parte transparente é feita de uma gelatina à base de algas chamada Kántên. Conhecem?

É usada em muitos doces japoneses. Depois de pronto não precisa ir à geladeira, não derrete.

É rica em fibras, muito bom para quem tem prisão de ventre.

Tem potássio, ferro, cálcio, etc... Ajuda a prevenir doenças do intestino.

Muitas japonesas comem usam kanten em dietas. Mas se colocar muito açúcar engorda.

Acho que em SP você pode encontrar no bairro da Liberdade. Procure por kanten.

Mita Matsuri


Em julho e agosto tem muitos omatsuris no Japão.
Omatsuri eles traduzem como festivais. Existem festivais muito antigos, outros que começaram recentemente.
Daqui para frente todo fim-de-semana tem omatsuri em muitas cidades e muitos bairros.
Nos mais tradicionais há rituais tradicionais. Nos mais recentes tem de tudo.
Esse que vos quero mostrar hoje tinha até escola de samba de brasileiros.
Se chama Mita Matsuri.
Mita é um bairro de Tokyo.
Vejam como está cheio de gente.



Em todos os omatsuris vendem bebidas e comidas típicas em barraquinhas. Diria que essa parte é parecida com quermesse de igreja.


Pensei que fosse cosplay (cossu-purê) mas pelo jeito não era. Acho que é uma fantasia de algum personagem de animê. A menina da foto é desconhecida.

As cervejas do Japão são muito boas e leves.
Eu comi samosa (samôssa), pastel indiano numa barraquinha. Vocês devem ter ouvido falar, é aquela iguaria que o pessoal indiano da novela come. Mas o que mais se encontra é yakissoba, salsicha assada, frango frito, etc...

O ponto alto da festa foi uma apresentação de samba. Vejam as moças devidamente vestidas. Foi muito animado.
Aqui a gente passa a maior parte do ano no frio. Os japoneses não fazem tantas festas em casa como no Brasil. Acho que existem estes festivais desde antigamente para as pessoas saírem e se divertirem.

Bom domingo para você.

Gazpacho e yoi-mati-gussá

Aninha, desculpe a demora. Hoje vou dar a receita de gazpacho. Mudei a quantidade de ingredientes e achei que ficou mais gostoso.

Mas aqui vai uma receita normal também. Clique no aqui é você verá.

Ingredientes:
meia cenoura
1 pepino japonês daqueles fininhos
meio tomate
meia fatia de pão de forma sem casca
uma colher de sobremesa de cebola (bem pouco, senão fica ardido)
1 colher de sopa de pimentão verde
1 copo de água
Azeite, sal, vinagre a gosto
Modo de preparo:
coloque tudo no liquidificador e bata até formar um creme




Essa foto tirei hoje às 6 da manhã. De noite ela é branca, mas de manhã vai ficando rosada até fechar.


Tem coisas que não falei sobre o yoi, essa flor. Depois que começa a dar, parece pipoca. Todas as noites dá flores durante o verão todo, ou melhor, enquanto estiver quente.


Uma flor sozinha não é tão bonita, o bonito é ver muitas abertas de uma vez.

No hemisfério norte, porque tem a Miuíka de Portugal lendo este blog, o yoi dá de julho a no máximo setembro. Outubro já fica frio demais. Já no Brasil, pelo que me lembre, começa a dar em novembro, dezembro e vai até abril, maio.

Teve uma pessoa do Brasil que me pediu as sementes. Alguém mais quer? Gostaria de dar para as 5 primeiras pessoas que pedirem. Porém só poderei enviar em setembro quando as sementes secarem.


Cachorro, gato e flores antigas


Entrevero entre gato e cachorro.
Estou levando o cachorro de uma amiga para passear. Acabou empatado, zero a zero porque ninguém atacou. O Yooki está olhando para mim como se estivesse pedindo ajuda. O gatinho está começando a se arquear.

Outro dia havia outro gato. Gato muito forte. Yooki tentava atacar, mas foi rechaçado 5 vezes pelo gato! 5X0 para o gato. Pena que não tenho fotos. Me desculpe quem só gosta de cachorros, mas eu que já tive gatos sei que os dogs reinam na sociedade dos animais. Os gatos morrem de medo. 5X0 para um gato não é todo dia, hão de concordar as meninas que tem blogs de gatos. Não dá orgulho? rsrs

Dizem que aqui no Japão é tudo ao contrário.
Esta flor se chama Yoi-mati-gussa. O nome é muito comprido, vamos chamá-la somente de yoi. Vou contar a historinha dela. 70 anos atrás meu avô imigrou do Japão para o Brasil e levou sementes dessa flor. Ele plantou nos lugares onde morou. Minha mãe continuou plantando. Eu cresci vendo essa flor.

Pensei que vindo ao Japão veria o país todo cheio de yoi. Mas nunca vi em lugar algum. Até hoje só conheci uma pessoa que conhece yoi. Alguém da família levou ao Brasil também.
É uma flor diferente:
-dá flor somente à noite, começa a abrir quando escurece


-morre com os primeiros raios de sol


-guardamos as sementes e plantamos


Estou tentando plantá-la por onde passo. Fico jogando as sementes, mas não sei se tem dado certo. Elas são delicadas e precisam ser cuidadas.


Alguém conhece essa flor?

Belos Bolos Bons

Lisa, não acredito! 8 graus em Porto Alegre? Hoje fez 33 graus em Yokohama, mas chegou a 35 graus em outras cidades. Vejo que enquanto aí diminui a temperatura, aqui aumenta.



Hoje quero falar sobre bolos. a ideia é mostrar coisas belas e gostosas para vocês. Ganhei um vale de compras, podia comprar qualquer coisa em loja de departamentos. O vale é parecido com aquele que estão distribuindo nas lojas da Rua Oscar Freire em São Paulo. Resolvi comprar bolos.
Comprei de um lugar chamado La Boutique de Joël Robuchon. Conhecem? Ele é um chef francês muito famoso. Tem restaurantes em vários países, 3 estrelas no Guia Michelin.


Aqui no Japão os bolos vem em caixas. Geralmente compramos fatias de bolo ou mini-bolos. Essa caixa do Joël é especialmente bonita.










Gente, esqueci o nome desse bolo. Em formato de coração. Mousse de chocolate coberto com o que pareceu ser gelatina vermelha. Reparem na folha de ouro comestível. Comi ouro!
Você já comeu ouro?



Este outro tb em forma de coração, com folha de ouro e frutas. No meio da mousse tem pedaços de recheio. Difícil de explicar, mas estava uma delícia.


Este último tb é um bolo mousse. Estavam todos muito bons. Mas não comi todos. Comi só um pouco de cada um.

Esses bolos alegraram o meu dia ontem.


Este título é um pouco diferente. Descobri que quanto mais original, maior a chance de aparecer na busca Google em primeiro lugar.

Farofa e Tokyo

Hoje foi o dia mais quente do ano. 32 graus na sombra. A sensação de calor é maior porque está muito úmido.
Lisa, 10 ℃ !! Se eu pudesse dava 10 ℃ para vc e ficávamos ambas com uns 20 graus. rsrs.



Fiquei contente de ver que muita gente tem consciência ecológica e já está fazendo várias coisas para ajudar a preservar o meio ambiente. Parabéns!






Adoro farofa. Mas só sei fazer essa que aprendi da minha mãe. Vai ovo cozido, cebolinha e tomate cru em pedaços. Na verdade até conheço outras receitas, mas acabo fazendo sempre essa.

Acho que cada casa, cada família tem a sua preferida. Como é a farofa que vocês fazem? Ou a que gostam mais? Combina com o quê?

Gostaria de aprender outros tipos.



Hoje gostaria de mostrar algumas fotos de Tokyo. Tirei no mesmo dia do robô Gundam.


A Torre de Tokyo ao fundo. Ela é muito visitada pelos turistas.





Está escrito Tokyo Masonic Building. Pensei que a maçonaria fosse uma sociedade secreta! Em Tokyo não é, até escrevem na frente do local.





Supermercado com nome curioso para nós brasileiros: Pororoca!


Expo Y 150

Hoje também está quente e úmido, 31 graus.

Este ano comemoram-se 150 anos da abertura do Porto de Yokohama. Até então o Japão ficou 200 anos fechado para o exterior. Sabiam disso? Havia uma ilha em Nagasaki onde podiam ir somente navios holandeses.
150 anos atrás, os EUA (como sempre eles) que queriam conquistar mais mercados, forçaram o Japão gentilmente a abrir seus portos. Se não fizessem isso ameaçaram atacar o Japão. Naquela época todos os japoneses ainda usavam quimono e viviam isolados. Dizem que ficaram assustadíssimos e apesar de relutar, logo resolveram obedecer. Vem daí a obediência histórica dos japoneses com relação aos EUA.

Esse ano, há muitos eventos para comemorar a data.

Entre os festejos está incluída uma grande exposição em Minato Mirai que fala do passado e traz propostas para o futuro de Yokohama e do Japão. Chama-se Expo Y 150 ( o Y significa Yokohama).

Veja acima o panfleto da Expo. Os japoneses gostam muito de expos, que são exposições temáticas.




Acima, a Nissan mostrou esse carro como o carro do futuro.

A grande atração da expo é essa aranha mecânica gigante. Chama-se Spectacular Street Theater La Machine (que seria mais ou menos: Teatro de rua espetacular, A Máquina) Ele anda, solta fumaça.

Além disso havia um cinema Hi-Vision, animê futurista, loja de produtos da expo, etc...




Esse pavilhão era muito bonito. Cheio de globos brancos e transparentes.
A proposta é escrever sobre algo de bom cada um faria pela ecologia e o futuro do planeta. Entre as propostas haviam:
-Economizar água
-Economizar luz
-Não desperdiçar alimentos
-Usar bolsa ecológica
-Reciclar, reutilizar
-Quando possível, andar de bicicleta ou a pé em vez de usar carro, trem, ônibus
-Evitar de usar garrafas PET

Haviam muitas outras, mas são todas coisas que dá para fazer a nível individual.
E vc, o que gostaria ou poderia fazer pela preservação do planeta?

Saco de gato

Queria mostrar este saco para gatos para a Claudinha do blog Beco dos Felinos. E para todos os leitores, claro!

Aqui tem tudo quanto é produto e procuro mostrá-los aos poucos.


Eu já tive gato e quando os levava ao veterinário ficava preocupada com o gatinho por não poder checar os humores dele dentro da gaiolinha. Gostei desse produto porque vc pode levar no colo e verificar se está tudo bem.
O problema é se o gato ficar com medo ou enfurecido, começar a se mexer muito dentro do saco, tipo desenho animado, sentiu a situação?
E arranhar você. Aí, deixe o saco, digo o gato no chão.

Voltei a ler o folheto e lá diz que é bom para gatos que não gostam de veterinário. É possível fazer a consulta sem tirar o gato do saco. Será?
Pouparia muita gente de arranhões. Só quem teve gato para sacar a situação. Prometi postar fotos de embalagens. Essas são de suco, achei muito bonitas. Ontem o parque perto de casa abriu às 6 da manhã. É nesse horário que as flores de lótus estão mais bonita. Essa foto é novinha. Espero que ela ajude a ajudar o ânimo de vocês.

Hortinha 2

Hoje está uma ventania de lascar. E nem é tufão. Vi bicicletas derrubadas, coisas pelo chão. O tempo aqui é difícil. Temperatura: uns 30 graus hoje também.



Me perguntaram sobre relacionamentos no Japão. Fiquei pensando o dia inteiro se havia algo interessante para dizer. Lá vai:

-aqui os jovens organizam encontros formais chamados Goo-con. Moços e moças vão a festas organizadas com o intuito de se conhecerem. Conversam, trocam informações e se der certo namoram e casam. Esses encontros estão na moda porque dizem que depois que começam a trabalhar, fica muito difícil conhecer alguém para namorar. Aqui os homens querem casar!


-dizem que tem muita gente de 30, 40 anos ou mais que nunca namorou ou está há décadas sem namorar aqui no Japão. O pessoal é muito tímido.


-mas tem gente que começa a namorar cedo, com 12 13 anos. Aliás isso é normal em qualquer país, não?


Vou escrevendo aos poucos assim que me lembrar de algo.




Aqui vão mais up-dates sobre a nossa hortinha. A de vocês, está indo bem? Aqui acima, nasceu uma beringela!


Vejam só! Começam a nascer pimentões.
Como esse não é um blog agrícola, não faz muito sentido falar de verduras. Mas gostaria de colocar que é muito bom para crianças plantarem alguma coisa: eleva a auto-estima já que eles veem a plantinha crescer e se sentem responsáveis.



O meu filho adora plantar e acha que é mérito dele...



Para vocês terem ideia do tamanho. Um pimentão e uma moedinha de 50 yens, furadinha e muito charmosa.


E o pimentão virou gazpacho.


A cor está feia, mas ficou gostoso.


Já fiz gazpacho de cores bonitas, mas não ficou muito bom.
Mais uma descoberta culinária: gazpacho de cor feia é mais gostoso!
Gazpacho é uma sopa espanhola fria. Desculpe pessoal do Brasil que está congelando. É que aqui está quente e essa sopa é muito boa.


Se alguém quiser a receita me avise. Avise se quer a do gostoso ou do ruim.




Bolo Nega Maluca

Hoje está calor, 31 graus e sol.

Recebi informações técnicas interessantes sobre a postagem de ontem, sobre motos. Está nos comentários da postagem : Motos 2. Obrigada a quem escreveu.

Vejo que muita gente tem recordações sobre motos. Legal.


Hoje vou postar a receita do Bolo Nega Maluca.






É um bolo de chocolate muito gostoso. Cortei em cubinhos pequenos que é para ir comendo aos poucos.


A receita está aqui é só clicar.


Gosto de fazer bolos porque é meu momento Zen. Esqueço de tudo, só me concentro no bolo, nas medidas e no modo de preparo.


Quem nunca fez bolo e quer experimentar, comece por um simples, sem claras em neve batidas. A consistência da massa deve ser como da pasta de dente: nem dura nem muito líquida. Fiquei procurando uma comparação e essa foi a melhor que encontrei. Mas por favor, não coloque pasta de dente na massa. Só estou falando da consistência, que é uma das coisas mais difíceis num bolo.

Acho que o legal de fazer bolo além de comer, é ver o bolo crescer, como crescem as flores que cultivamos e as crianças de quem cuidamos. Só que o bolo cresce logo, dá aquele prazer imediato.

Triste é quando o bolo cresce, a gente fica contente e depois ele afunda. Chuif. É mais ou menos quando o nosso time está ganhando um jogo de futebol e depois perde de virada.

Mas assim é a vida, um jogo de futebol e um bolo de cada vez.

Motos 2

Hoje estava calor. 30 graus e muito úmido.
Mudando totalmente de assunto de ontem, hoje vou falar de motos.
Prometi postar sobre motos BMW e enfim achei. Acho que é a segunda que vejo no Japão. Devem haver muitas, mas desconfio que o pessoal deixa em casa.

Achei essa moto estacionada em frente ao Sankei-en, parque onde tirei as fotos das flores de lótus. Reparem ali atrás tem uma máquina de venda de refrigerantes e sucos.

Aqui um detalhe dela para verem o modelo. Não faço ideia do que seja tudo isso! 1.150 são cilindradas? Mas tudo isso? 50 cc já corre bastante, para que tanto?

Enfim, quem anda de moto fala que a velocidade é uma delícia.


Ao que parece os motoqueiros do Japão tem a mania de largar coisas em cima da moto. Fiz uma postagem sobre motos há um tempo atrás e alguém reparou que tinha uma sacola de viagem solta na garupa da moto.
Eis que esse belo casaco e o capacete estão soltos em cima da moto, na foto logo acima. E naturalmente ninguém vai levar embora. Afinal, aqui ninguém bota a mão no que não é seu.
Quando some alguma coisa, (por que de vez em quando some também), as pessoas ficam super surpresas.
Coisas de Japão.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

  © Layout Elisa no Blog por Fabiano Mayrink Blog designer.