-->



Salada de carne, marcadores de livro




Parabéns pelo seu aniversário, Fabiano. Desejo a você muita felicidade e tudo de bom. você tem me ajudado sempre em tantas coisas. Obrigada pela amizade.

O post de hoje está comprido. Pode ir lendo aos poucos porque tem vários assuntos misturados.

No meu último post, me pediram a receita da omelete japonesa. Se chama tamagoyaki (tamago é ovo, yaki é frito ou assado, no caso é frito). Achei no Youtube uma receita de Dashi maki tamago. Dashi significa água quente com essência de peixe ou kombu (alga). Eu não coloquei dashi na minha receita. Este é o link. Tem vários outros na mesma página. Eu não tenho frigideira quadrada. Faço com a redonda mesmo.

http://www.youtube.com/watch?v=HkbQ7VqdOvs&feature=related

O que escrevi acima tem muitas palavras japonesas e o significado. Fica sendo a aulinha de japonês de hoje.

O economista alemão Gossen formulou uma lei interessante: quando uma pessoa está fazendo alguma coisa, ela passará a precisar de mais estímulo para ter prazer com aquela atividade. Pode ser um trabalho, no amor ou ter um blog (na verdade, ele é um cara antigo, não tinha blog na época dele). Passado um tempo, se o estímulo não aumentar, começa a haver desinteresse. o estímulo terá que ser maior para continuar o interesse. Eu particularmente acrescentaria que em algumas atividades, muitas vezes quando a pessoa consegue criar um hábito, não precisará de estímulo para continuar. Por ex: alguma atividade física, um hobby ou ter um blog. Pensei nisso porque às vezes vejo pessoas cansadas de manter um blog. (não é o meu caso). Vejo que tem gente que tornou isso um hábito. Outras para quem o blog já deu tudo o que tinha que dar e fica a vontade de dar um tempo. Acho que tudo varia de pessoa para pessoa. O melhor é seguir o coração e fazer as coisas por prazer.


******************************



Mudando de assunto, esta é uma salada oriental de carne e verduras, legumes.
Fiz com aquela carne fininha que vendem em supermercados japoneses.
Receita:
300g de carne fininha
1 pepino, 1 cenoura média, 1 xícara de nabo (daikon) tudo cortado em senguiri. Senguiri é como está na foto, fininho e comprido. ( se quiser pode usar repolho, pimentão vermelho tb)
1/2 copo de vinagre, 1/2 copo de shoyu (molho de soja), 1/2 copo de óleo
Modo de preparo:
Cortar todas as verduras e colocar numa travessa de modo alternado e harmônico
-Levar ao fogo tudo junto: vinagre, shoyu e óleo
-Ligar em fogo médio
-Quando levantar fervura, colocar a carne
-Quando a carne estiver cozida, colocar ainda quente sobre a verdura com uma concha

Fica uma delícia. Até crianças comem bem, porque a verdura fica bem temperada. Não só crianças, acho que é um prato que os maridos e namorados também gostam. Se preferir, pode reduzir para 1/3 ou 1/4 de copo de shoyu, vinagre e óleo. Todos na mesma proporção.

****************************







Fiz alguns marcados de livro.
Acima tem uns de motivos religiosos
que fiz para uma amiga muito religiosa.
Esses da foto acima fiz com tecido japonês.
Os do centro fiz com um tecido lindinho
de matrioshkas que achei em oferta.
Costurei as rendas e fitas para não soltarem.
Comprei uma maquininha de plastificar
e tem sido muito útil.
Nas lojas no Japão se chama
laminating machine.








Pratinhos japoneses e a criança que não quer comer de manhã





A foto acima foi de um café da manhã aqui em casa.

Na foto tem arroz branco sem sabor só cozido com água. Tem também ovo frito cortado em cubinhos. Aprendi uma técnica japonesa de fritar ovos. Pepino com molho de gergelim e morangos. Além disso, ainda tinha misso-shiru nesse dia. Mas peixe, não.

Meu filho quando era muito pequeno não queria comer nada de manhã.
Depois passou a comer, mas muito pouco.
Ultimamente tem falado que prefere arroz de manhã.
O Arroz vem acompanhado de misso-shíru (sopa de missô), peixe grelhado, etc.

Resolvi comprar uns pratinhos pequenos e uma bandeja. Cada um custou ¥100 (100 yens) o que equivale a menos de 2 Reais. Bandeja e 4 pratinhos custaram menos de 10 Reais. Medem cerca de 7 cm de largura.


Como meu filho nunca comeu muito de manhã, servi por servir, mas meu plano era que a comida ficasse para o meu almoço. Fui fazer outras coisas, quando vi, ele tinha comido tudo! Eu mesma prefiro pão e leite de manhã. Falei tudo isso aqui para mostrar que num visual mais bonito, até uma criança pode comer mais. Eu sempre servia as mesmas coisas em pratos grandes e mais feiosos. Sobrava tudo.


Se seu filho ou filha não comem nada de manhã, vá insistindo sem forçar, todos os dias. Já vi gente que não dá nada para as crianças comerem porque elas não querem comer. Servindo todos os dias, aos poucos a criança vai comendo mais. O meu por ex. não comia nada de manhã. Fui dando pão, leite, iogurte todos os dias e hoje ele come muito bem. Se não der nada, acho que nunca comerá nada. Isso se torna um hábito.

Eu demorei para perceber que ele gosta é de arroz e sopa de manhã. Não acho que seu filho vá trocar o pão por uma refeição assim. Mas talvez com outro tipo de comida ele vá comer mais. Pensei nisso quando fiquei sabendo que há vários tipos de café da manhã mundo afora.

Por que eu estou insistindo tanto no café da manhã? É por ser uma refeição muito importante do dia. Pode até melhorar o desempenho escolar das crianças.


Aulinha de japonês

Gohan (gorrán)-arroz
Itigô-morango
Kyuuri-pepino
Tamágo-ovo




Clínica de Estética no Japão


Vi este folheto, enfim tomei coragem e fui.
Há anos estou pensando em ir.
Mas sempre achei muito caro.
Achei esse anúncio de clínica de estética que anunciava o seguinte:
Desconto de 90%!!
De 12mil yens para 1.200 yens.
Isso dá mais ou menos 12 dólares, ou 21 Reais.



Fiz a reserva, confirmei o preço porque estava meio incrédula.
Haviam muitas opções, mas eu pedi a limpeza de pele.
Acho que no Brasil é muito mais acessível e fácil
fazer uma limpeza de pele.

Quem me atendeu foi uma moça muito simpática.
Gente, é muito bom. Me senti nas nuvens.
E a pele ficou ótima.
Além disso a esteticista elogia seu cabelo, sua pele, etc.
Levanta até o ego!
O local é bonito, limpinho, tem uma música suave.

Se vc quiser experimentar, ainda estão fazendo essa promoção.
Estou aqui fazendo propaganda gratuita.
Procure TBC na internet e faça a reserva. Tem para homens também.
Porém, se vc quiser continuar o tratamento, fica bem caro.
Eles só vendem um pacote com 8 a 10 sessões.
O total equivale ao preço de uma uma viagem internacional.
Por isso só recomendo essa sessão de amostra de 1.200 yens.
Eu mesma fui por curiosidade.
Tem várias filiais no Japão todo.


**************************


Enviei umas sementinhas de uma flor chamada Yoi Mati Gussa para algumas pessoas.
Até agora acho que só as do Fabiano de Minas deram flores.
Mas parece que as sementinhas da Mônica e Andréa
de Minas também estão brotando.
Elas estão como as folhinhas abaixo?


Hoje estou mostrando as minhas.
Tirei as fotos hoje. No começo elas são assim.
Tem cara de matinho.
Cada folhinha tem cerca de 2 milímetros.
Nascem duas, uma de cada lado.
Ontem choveu, germinaram aos montes.
Acho que elas gostam de chuva.

Vc está vendo no centro da foto?
Depois aparece mais uma folhinha.
Ao todo ficam três folhinhas.
Depois aparecem mais.
Teve mais de uma pessoa que arrancou pensando
ser outro tipo de matinho.
Por favor, não arranquem, são elas mesmas.

************************
Tinha esquecido completamente das aulinhas de japonês.
Aqui vai a mais nova aulinha.
Desabafando, obrigada por me lembrar.

Em japonês existe uma palavra para irmão mais novo e irmão mais velho.

妹 いもうと escreve-se imouto, mas a pronúncia é mais para imooto, significa irmã mais nova.

姉 あね ane significa irmã mais velha

弟 おとうと escreve-se otouto, mas a pronúncia está mais para otooto, significa irmão mais novo

兄 あに ani, significa irmão mais velho.
Agora me diga se vc tem imooto, ane, otooto ou ani e quantos tem de cada.
Se puder, aproveite para me escrever assim:
Tenho um otooto, dois ani, 3 ane e 4 imooto, por exemplo.
Eu tenho apenas um otooto.



viagem escolar para Togari, Nagano



A escola do meu filho organizou uma excursão, ou melhor uma viagem para a Província de Nagano, um pouco para cima de Tokyo. Foram 160 alunos do segundo ano do Chugakko (equivale ao antigo ginásio). Eles foram à cidade de Tôgári. Não sei posso chamar de cidade. É um local cheio de verde. No inverno há montanhas boas para esquiar nas proximidades.

No programa havia uma porção de atividades. Foi o dono da pousada que leva os alunos para os passeios. No segundo dia, foram aprender a plantar arroz. Meu filho disse que a água estava gelada. Eles entraram descalços na água barrenta. O arroz do Japão é plantado dentro da água. Com o tempo a água seca. Ironizando um pouco, os japoneses gostam de trabalhar até quando viajam.

Uma parte dos alunos fez canoagem num lago próximo da pousada.

Na segunda noite haveria um passeio noturno pela floresta. Mas os meninos se atrasaram 3 minutos e o Sr. Kanoe da pousada disse que por causa desse atraso, o passeio estava suspenso.
Eu achei um pouco severo demais, mas falei para o meu filho que a pontualidade é muito importante. Daí o Sr. Kanoe contou o seguinte: Um amigo dele queria muito ser policial e tinha todas as condições. Era o sonho desse amigo. No dia do exame, se atrasou 10 minutos. Foi impedido de entrar. Começou a gritar e espernear implorando que o deixassem entrar. Acabou preso por desacato. Moral da história, além de ser impedido de se tornar policial para sempre, ainda acabou com a ficha suja. Assim, o Sr. Kanoe explicou que a pontualidade é muito importante. Depois disso os meninos não se atrasaram mais aos passeios dessa viagem. Lição aprendida, muito bom.

Acho essas flores muito bonitas, se chama Nanohana (ráná). Antes das flores crescerem tanto dá para comer a parte verde. Fazem óleo de cozinha com elas também. Formam-se verdadeiros tapetes amarelos, é muito bonito.

Aqui vcs podem ter uma amostra de como é a zona rural do Japão: montanhas, plantações e muito verde.
Esta acima é a pousada ou hotel. Não dá para especificar qual dos dois é. Meu filho disse que é ryokan (hotel típico japonês). Mas lá eles tem camas, então pode ser hotel. Se chama Kanoe.

Aqui ficaram 9 meninos. Como os hotéis são pequenos, ficaram poucos alunos em cada local.



Na foto acima, o café da manhã. Ou melhor a refeição da manhã, já que não há café. Os meninos comeram salmão, misso-shiru (sopa japonesa), arroz branco sem sabor, verduras, ovo frito.
Enfim, meu filho gostou muito da viagem. Disse que foi muito legal ter ido com os amigos.

As fotos foram tiradas com aquelas câmeras descartáveis, por isso estão diferentes de sempre.


A ira, a raiva e seus efeitos


Muitas vezes sem querer ficamos bravos, somos agressivos com alguém.
A ira, a raiva tem um efeito destrutivo nas relações.
É preciso ser gentil com as pessoas mesmo com as mais próximas em quem muitas vezes acabamos despejando palavras agressivas.
Conheço uma pessoa que descarrega a raiva nos outros. Vamos chamá-la de M. Segundo M., se ficar segurando, é pior, se sentirá mal. Depois de despejar todo o veneno, M. fica aliviada e em paz. O que ela não percebe é que quem ouviu tudo aquilo acaba se sentindo muito mal e ferido. Pessoas assim não entendem porque acabam sozinhas e abandonadas. Acham a vida injusta.
E vc, já foi agressivo com alguém e se deu mal? Já foi alvo de palavras duras e acabou se afastando dessa pessoa?

Resumindo, vc não está entendendo o motivo desse post? É o seguinte: queria colocar que pessoas agressivas acabam minando relações que poderiam ser boas, amorosas, saudáveis e cordiais.

Cuscuz Paulista



Acho engraçado que existam comidas
diferentes, de diferentes lugares com o mesmo nome.
Hoje vou apresentar fotos do cuscuz paulista,
baiano e marroquino.



Está no blog Bagunça na Cozinha da Larissa. Ela o chama de Cuscuz de minuto porque é tão simples que dá para fazer em um minuto. Como eu não sou profissional, levei cerca de 40 min. Mas este é o cuscuz paulista de receita mais fácil que já vi. Este é feito com farinha de milho.

Este acima é o cuscuz baiano ou nordestino. Também adoro.
É feito com uma farinha que se chama flocão de milho.
E diferente da farinha de milho.

Este acima é o cuscuz marroquinho.
Não sei se no Marrocos fazem salada.
Mas a receita que tenho é essa:
cuscuz com pepino e azeitonas.
Perguntei para o meu filho qual ele gosta mais,
ele disse que gosta de todos, mas o preferido
é esse marroquino porque é fácil de comer.
Acho que os meninos são preguiçosos e esse nem
precisa mastigar muito, rs. Vai ver é isso.

Sempre tive grande curiosidade culinária e fui
procurar e tentar preparar estes diferentes
tipos de cuscuz. Vc conhece todos os 3 tipos?
De qual gosta mais?

O Alexandre do blog Lost in Japan está promovendo
um sorteio, este é o link, participem.

Dia das mães 2010


Quero desejar Feliz Dia das Mães e oferecer essas tulipas para todas vocês. Mães. avós. Para você também que tem sobrinhos, afilhados ou cuida de crianças como se fossem mães de verdade, às vezes até mais do que mães biológicas. (Fico em dúvida se incluo aqui os pais, tios e padrinhos que cuidam dos filhos e sobrinhos com um amor que poderia ser classificado como de amor de mãe.)

Da minha experiência como mãe posso dizer que aprendi muito mais do que ensinei. Passei por coisas que nunca imaginei passar. Como ficar acordada a noite inteira quando vc era bebê. Mas também a surpresa ao ver vc rindo e sorrindo para mim no berço. Ver você crescendo e fazendo coisas cada vez mais difíceis. Se não fosse vc eu não teria rido tanto nem ficado tão alegre em tantos momentos. Acho que recebi muito, muito mais do que me dediquei. Obrigada pela oportunidade que vc me deu de ser mãe. Mãe.


Fuji no hana, escolhas e a gratidão





Acabaram-se as flores de cerejeira (sakurá)
mas agora é época de Fuji (fudi) no hana (raná).
Em japonês 藤の花.
Acho que em português se chamam glicínias,
mas não tenho certeza.
Tentei aumentar o tamanho da foto mas não consegui.
Gosto dessa flor porque o kanji está no meu sobrenome:
Fujii.

Xô tristeza
Entrando em outro assunto:
Uma pessoa me disse que está triste.
Não fique triste, não.
Quando ficar triste pense em quantas coisas
boas existem em sua vida.
Tente fazer assim:
Agradecer as coisas boas que você tem.
Agradecer a família, a casa onde você mora,
o emprego, os amigos...
Você vai perceber que tem muito mais
do que imagina.

O que te faz feliz
Mais um assunto:
Quando for fazer uma escolha,
pense no que vai te fazer feliz.
Muitas vezes fazemos a escolha
mais rentável,
escolhemos uma carreira para agradar nossos pais.
Deixamos de fazer algo por causa de alguém.
Não estou dizendo para tomar uma decisão
impulsiva e impensada.
Nem uma decisão egoísta e politicamente
incorreta.
Sendo uma escolha responsável
acho que vc poderia pensar
se ela te faz feliz.
Talvez seja um bom norte para vc.
Senão um dia no futuro, você poderá
culpar seus pais, sua família
ou a sociedade por estar infeliz.
Espero que isso não aconteça com vc.

Feriado Golden Week, livro


Aqui no Japão tem um feriado prolongado chamado
Golden Week. Esse ano juntaram 3 feriados
mais sábado e domingo.
Então o feriadão vai de 1
a 5 de maio.
Quem emendar os dias 6 e 7
terá um feriadão ainda maior.
Certa vez minha mãe disse-
Japonês descansa bastante!...


Recebi esse livro da Mônica do blog Moniquinhaquinquinha e Andréa do blog
O livro se chama "O Menino do Dedo Verde".
É um livro delicioso, bem escrito pelo autor
Maurice Druon.
Na verdade foi enviado para o meu filho de 13 anos,
mas além dele, eu também estou adorando.
Obrigada pelo carinho, fiquei muito contente.

Bom feriado para quem está no Japão
e saúde para todos que leem este blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

  © Layout Elisa no Blog por Fabiano Mayrink Blog designer.