-->



aparelho de ouvir música


Falando um pouco do post passado sobre o censo,
vc que está no Japão, eles tem tradução do formulário
em português e outras línguas.
É só pedir para o recenseador.


Meu filho queria um desses aparelhinhos para ouvir música.
Pensei em comprar um iPOD.
Mas já temos um iPOD de 3 anos atrás.
Ouvi que pela primeira vez em 9 anos,
as vendas do Walkman da Sony ultrapassaram
as vendas do iPOD.
Fomos conferir no Yamada Denki (loja de aparelhos eletrônicos).
Mas acabamos comprando no Amazon. Estava mais barato que nas lojas.

Aqui estou eu fazendo propaganda grátis.

Resumindo, o som do Walkman é muito melhor. Ele é mais fácil de manusear, o painelzinho é mais bonito. Não precisa ficar rodando o dedo para achar as músicas. É importante ter um fone de ouvido bom também. Enfim, acabei entendendo porque o Walkman está vendendo mais. É mais bonito, tem várias cores. É menor e mais leve. Eu achava que o iPOD era o melhor, invencível. Mas o Walkman é melhor em quase tudo.
Porém, não há como negar que o iPOD inovou e os outros vieram atrás. Mérito do iPOD.



Já tem vendendo no Brasil?
Em japonês se chama keitai ongaku player.


Censo 2010 no Japão



Depois de escrever, acrescentei mais um dado importante lá embaixo.


Esse ano haverá Recenseamento no Japão.
Assim como no Brasil.


Aqui em casa já vieram entregar o formulário. Mas o recenseamento no Japão começa oficialmente no dia 1 de outrubro. Começa no dia 1 de outubro, mas no folheto mesmo diz que os recenseadores podem começar a vir em fins de setembro.

Em japonês receseamento se chama Koku-sei Tchoo-sa.

Esse ano vc pode preencher e enviar pelo Correio.

Uma pessoa trajada assim virá trazer um envelope na sua casa.
Na minha casa veio o casal que mora no primeiro andar de camiseta e chinelo mesmo. Acho que pensaram: é para distribuir no prédio mesmo, tudo bem...

Disseram que a associação do bairo (chonai-kai) pediu para eles trazerem os formulários para os moradores desse prédio.

O formulário é assim.
Telefonei para o Censo hoje e perguntei como fazem as pessoas que não sabem ler japonês. Se haverá formulário em português. A pessoa que atendeu disse que pelo que ele saiba, só haverá formulário em japonês. Se o estrangeiro tiver dificuldade a recomendação é pedir ajuda ao recenseador.

Uma amiga me escreveu com novas informações. Existe sim, tradução em outras línguas. Ela disse que o formulário vem em japonês, mas para ela veio uma folha A4 com a tradução em inglês. Se ela quisesse o recenseador poderia trazer a tradução em português outro dia. Há tradução em várias outras línguas também.







Yokohama Minato Mirai


Este blog é sobre o Japão, mas não tenho falado muito a respeito, assim diretamente.
Hoje vou mostrar fotos tiradas em Yokohama.
Foi num passeio em julho no parque que fica perto do mar,
em Minato Mirai.
Foi num domingo em julho.
Haviam tantos assuntos, esse post foi ficando
para depois.

Acima o Hotel Intercontinental.

Sentando nessas escadas da foto acima dá para ver
uma parte do Porto de Yokohama.
Esse barco não sei o que é, mas pelo dragão dourado em cima,
acho que é um barco turístico em estilo chinês.
Ao fundo uma parte do Bay Bridge.
Para mim, a ponte mais bonita do Japão.

Reflexo do sol ao entardecer.
Ou melhor, já estava ficando bem escuro,
viemos embora.

Quem mora no Japão, está acontecendo o Censo 2010.
Eu já recebi o envelope, respondi.
Esse ano é preciso enviar pelo correio.
Já receberam o envelope?
Acho que uma pessoa do bairro vai trazer para vc.

Curso de decoração de bolos



Vou começar um novo tema no blog.
(se bem que nesse blog não há divisão por temas)

Comecei a fazer um curso de decoração de bolos.
O curso se chama Wilton e a escola fica em Daikan-yama em Tokyo.
Eu moro em Yokohama, fica meio longe, mas tenho ido lá uma vez por semana.


Fiz um taiken (aula demonstrativa) e acho que na segunda
aula de verdade já fiz esse bolo.

Esses fiz em casa para treinar.
Comprei cup cakes no supermercado e decorei.

Essa rosa aprendemos na terceira aula. Ainda não está completa,
na quarta aula aprenderemos a fazer mais pétalas na parte exterior.
Coloquei a rosa em cima de um cup cake também.

Essas flores azuais também estão em cima de um cupcake.
Aprendemos a usar vários tipos de bico para decorar.

Treinamos em cima de uma página plastificada.
Como podem ver, nem todos ficam bons.

Estou adorando o curso. Tem técnicas difíceis, mas em geral é fácil
e o resultado fica muito bonito.
Sempre quis saber decorar bolos. Umas amigas começaram a fazer
e fiquei sabendo dessa escola por elas.
O mais legal é comer e presentear.
As pessoas ficam muito contentes porque os bolos são
muito lindinhos.

Presentes, Sumô e goya


Vocês conhecem sumô? É o esporte nacional do Japão. A regra é simples: dois lutadores lutam dentro do dohyo, um círculo e quem sair primeiro do círculo perde a luta. Os lutadores são geralmente muito grandes.




Minha amiga Noriko foi ao torneio de sumô e trouxe essa caixa de doces para mim. Obrigada, estava muito gostoso. Dentro tinha mini pudins de leite. Em vez de calda de caramelo, ankô (feijão azuki doce triturado).

Esse legume se chama gooya (gôo-yah). O filho da Noriko planta em casa e pediu para a mãe trazer para mim. Muito obrigada, fiquei contente. Em casa gostamos de goya.
Originário de Okinawa, é amargo, geralmente consumido refogado. Vcs já viram no Brasil? Hoje em dia, está cada vez mais comum no Japão todo, não só em Okinawa.


Dá para fazer pratos assim. Esse é um maze gohan de goya, frango, kaiware, milho e cebola bem fritinha. Meu filho gostou só da cebola por sinal. Pediu para colocar em outras comidas tb.
O mais comum é comer goya com ovo frito, toofu duro de Okinawa e carne de porco, tudo refogado.


Jogue Fora 50 Coisas



Vou falar mais um pouco desse livro chamado "Throw Out 50 Things"
Foi lançado no Brasil pela editora Ediouro e se chama "Jogue Fora 50 Coisas".

Denise do blog Tabeteimasu e Alexandre do blog Lost in Japan, obrigada pelas informações sobre este livro. Agora já sei o título e tudo.

Tem coisas fáceis e outras mais difíceis de jogar.
A autora Gail Blanke diz que uma moça jogou fora todas as roupas. Mas deixou uma só. Acho que era a roupa da formatura ou do primeiro emprego, presente dado pela mãe. Esse ela guardou porque trazia boas recordações. Foi usado num momento em que sua vida mudou.

Já aquelas coisas que te deixam pra baixo, incomodam só de olhar é melhor jogar fora. Outra dica: na hora de jogar, se ficar na dúvida se é melhor manter ou jogar é porque não é tão necessário assim, pode jogar.


Vi a seguinte ideia no Japão. Tire foto daquele objeto que vc tem pena de jogar mas está atrapalhando sua vida. Por exemplo, é difícil jogar os desenho, pinturas e trabalhos dos filhos. Eu guardo os desenhos, mas jogo fora coisas grandes. Trabalhos com pet bottles, caixas de leite. Tiro fotos e guardo. Vc pode fazer isso com outros objetos também: roupas, almofadas, o carro, a casa onde você morou anos. Muitas vezes temos só vontade de ver aquele objeto de novo, ficar na nostalgia. Nesse caso uma foto basta. Não dá para guardar tudo, não é mesmo?

Nem é preciso jogar tudo. Dá para dar, passar para frente muitas coisas. O que já não serve para nós pode ser muito útil para outras pessoas. É o caso de coisas para bebês e crianças.

Nos comentários algumas pessoas disseram que o difícil é nos livrarmos de maus hábitos, maus pensamentos, remorsos, mágoas, arrependimentos. É verdade, mas são justamente essas coisas que impedem nosso desenvolvimento pessoal.

Gostei de uma parte que a autora diz o seguinte...
Gail Blanke é coach (a pronúncia é mais ou menos côut ou col-ti). Uma cliente ou aprendiz dela disse: Não sou do tipo que acorda cedo e isso está me atrapalhando na vida pessoal e profissional.
A coach disse: Mas quem decretou que você não é do tipo? O Presidente do país? A Constituição?
Trate já de se livrar disso. De dizer que não sou do tipo. Amanhã mesmo vc vai acordar cedo, vai dizer para vc mesma que quer acordar cedo e vai ao trabalho. Ela fez isso, passou a ir cedo para o trabalho, passou a ser pontual e sua vida profissional melhorou também.
Achei isso interessante. Muitas vezes decretamos para nós mesmos que não somos do tipo. Com isso acabamos nos limitando e deixando de fazer muitas coisas.

Nunca tive coach, não sei direito, mas coach é uma pessoa como a Gail Blanke que dá conselhos para pessoas que pedem para ajudá-los a melhorar sua vida profissional. Ela dá dicas para a pessoa usar melhor seu potencial, o que no final acaba melhorando a vida pessoal também.

Está parecendo auto-ajuda, vou para por aqui. Afinal sou uma pessoa cheia de defeitos e não tenho autoridade para ficar dando conselhos. Mas é justamente por isso que estou aqui escrevendo. Vi dicas nesse livro que eu não conhecia e me ajudaram muito e acredito que pode ser útil para você também.








Livros




O livro que vou mostrar hoje se chama " Throw out Fifty Things" da autora norte-americana Gail Blanke.
Vou fazer propaganda gratuita, o livro foi lançado no Brasil pela editora Ediouro e se chama "Jogue Fora 50 Coisas "
A proposta principal é jogar fora 50 coisas desnecessárias. Ela começa pelo quarto, depois vai para o banheiro,
cozinha
quarto
Ela vai dando dicas de como escolher as coisas para jogar: roupas que não servem mais, remédios vencidos, revistas velhas, louças trincadas, sapatos fora de moda,
aquele vaso horrível que a sogra te deu mas vc não tem coragem de jogar fora, etc
Tudo de forma leve e bem-humorada.

Ela diz que a bagunça e lixo não são só as coisas visíveis. É também sentimentos ruins que te fazem mal mas vc insiste em guardar dentro de vc. Percebeu? Os capítulos são assim:

jogar fora o hábito de pensar no pior
abandonar o hábito de se sentir irrelevante e sem graça
desligar-se de arrependimentos e erros do passado
abandonar a necessidade de ser querida por todos.

Vcs já viram esse livro em português?
Gostei desse livro. A autora vai fazendo vc perceber coisas que passam despercebidas. Ela diz que a sua vida pode melhorar muito se jogar coisas materiais e emocionais que não servem mais. Que as duas coisas estão interligadas.


Falei desse livro para a Kiyomi e ela disse que jogou várias coisas fora e se sente melhor agora.





Estou lendo esse livro agora.
The Lost Symbol do autor Dan Brown.
Não vou contar a história aqui para não estragar a surpresa.
Mas posso dizer que tenho a impressão que o autor já sabe que esse livro vai virar filme.
Por isso no livro há só passagens que podem ser filmadas. Tem cenas que até consiguimos imaginar como serão num filme.


Nama Harumaki ou Vietnamese Spring Rolls




Estes são náma-harumáki ou rolinhos de primavera crus.
No Vietnã comem assim.
Sempre quis fazer, mas achava complicado.
Consegui fazer porque procurei no Youtube.
Não é fácil, só vendo chefs fazendo foi possível para mim.
Eles explicam direitinho.

Acho que a Fernanda Reali do Rio ia gostar.
É um rolinho leve, não é frito como o harumaki comum.
No Youtube procure como nama harumaki ou em inglês como
Vietnamese Spring Rolls.


Estes são os ingredientes do recheio: pepino, , cenoura, carne,
alface, harussáme, camarão cozido.
Mas podem usar outros ingredientes.

Os recheios são colocados em cima da folha de harumaki.
O camarão fica embaixo, assim fica mais bonito.
Essa folha é vendida nos supermercados do Japão
ou lojas de produtos do sudeste asiático.

Vc pode cortar na metade ou comer sem cortar.
Existem vários tipos de molho.
O mais simples é o de shoyu com limão.

Acho legal para comer em países quentes.
Continua quente aqui no Japão, então estou
procurando comidas certas para essa época.
Esse é um prato leve, saudável e gostoso,
espero que você goste.

Boa semana para todos!



Pudim de pão




Andréa Paiva do blog De Tudo um Pouco é de Minas e eu adoro a comida de lá.
Um dia pedi para mostrar as delícias de lá. Ela fez um post com receitas deliciosas de pão de queijo e bolachas de araruta. Sugiro uma visita por lá. O link é: De tudo um pouco



Outro dia milagrosamente sobrou pão aqui em casa, então resolvi fazer pudim de pão. Aqui no Japão tudo é caro, como até as últimas migalhas de pão.

Já lá em casa no Brasil, sempre sobrava muito pão, então minha mãe fazia pudim de pão. Quando penso nesse pudim me lembro da infância. Quando lembro, meu olho está no nível da mesa e o pudim na frente dos meus olhos. Acho que eu era bem pequena na época.

Peguei a receita no site Tudo Gostoso. Li várias, peguei partes úteis de várias receitas e aqui embaixo vou colocar a minha receita.

PUDIM DE PÃO

Ingredientes:
3 pãezinhos ou 3 fatias de pão de forma
500 ml de leite
3 ovos inteiros (sem a casca)
1 xícara de chá de açúcar (eu coloquei 2 ficou muito doce)
2 colheres de sopa de açúcar para caramelizar a forma

Modo de preparo:
Corte ou pique os pãezinhos ou pão de forma em pedaços pequenos de cerca de 3 cm
Umedeça o pão com metade do leite
No liquidificador bata o restante do leite, ovos, pães picados e açúcar
Caramelize uma forma redonda com furo no meio com 2 colheres de sopa de açúcar
Coloque a mistura na forma
Asse em banho maria no forno pré-aquecido a 180 graus por 30 minutos
Espere amornar e desenforme





Bebida gelada engorda, veja como aqui



Estava vendo o canal de TV NHK do Japão ontem e eles diziam que muita gente engordou
por aqui nesse verão.
Motivo: bebida e comida gelada.
No Japão dizem que as pessoas emagrecem no verão devido ao calor. Com a alta umidade as pessoas ficam moles, perdem o apetite.
Mas ultimamente as pessoas ficam no ar-condicionado e a fome não diminui.

Vc que mora no Japão reparou que a barriguinha , a pança cresceu neste verão?

Segundo um médico acontece o seguinte:
Vc toma uma bebida gelada, come um somen, toma um sorvete beeem gelado.
Isso segue para o estômago.
O estômago fica frio, frio. (Mostravam um desenho o estômago ficando de azul.)
Imediatamente começam a surgir células de gordura para cobrir o estômago que ficou frio. O corpo tenta esquentar o estômago. É como a gente, que coloca um casaco para se proteger do frio.
Assim acumulamos uma gordura que se chama naizoo shiboo, não sei em português, alguém sabe? É uma gordura que fica em volta dos órgãos.
Assim sua pança aumenta de tamanho a olhos vistos.

Doce engorda, massa engorda, tanta coisa engorda.
Agora mais essa: bebida gelada também engorda!
Aposto que esse ano vc tomou muita cerveja gelada, sorvete!!

Ai, ai, e esse calor que nunca acaba no Japão?




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

  © Layout Elisa no Blog por Fabiano Mayrink Blog designer.