Pular para o conteúdo principal

Feliz Natal, Merry Christmas

Gostaria de desejar a todos vocês um
Feliz Natal!! E Boas Festas para você e toda a sua família e amigos.
De presente para vocês, gostaria de mostrar esses biscoitos de Natal que fiz estes dias.

Obrigada pelas felicitações de Natal e Boas Festas.





Comprei o molde e fiz estes biscoitos de Natal. Esta é a família Gingerbread, pai, mãe, filho e filha dentro de uma caixinha em formato de coração.

EsperoNa foto acima mais crianças e adultos de Gingerbread e outros biscoitos natalinos.



Mais biscoitos.

Aqui uma outra Gingerbread Family.


Para presente.
Mais uma vez desejo a todos muita felicidade nesses dias.




Comentários

OI ELISA VIM LHE DESEJAR TBEM UM FELIZ NATAL COM ALEGRIA PAZ E QUE ANO NOVO SEJA UM ANO DE MUITAS REALIZAÇOES COM CARINHO NEUSA E OBRIGADA PELA FORCA DO MEU COMECINHO DO BLOGER AGORA JA ESTOU ACOSTUMANDO BEIJOSSSSSSSSSSSS
Inaie disse…
O Natal chegou. Com ele nossas esperanças, nossos novos sonhos. Que nossas esperanças estejam sempre vivas, e que nossos sonhos tornem-se realidade. E que neste Natal o amor, a fé e a esperança estejam presentes em cada um de nós, que a cada novo dia do ano que está para começar estejamos iluminados. Feliz Natal, para você e a todos os seus familiares.
MANUPINK disse…
Q BLOG MIMOSO!!!! JÁ SOU SUA SEGUI! ADOREI AS FOTOS Q SEU FILHO TIROU MUITO LINDAS!BJOKITAS DA MANUPINK!
Bah disse…
Querida ELisa,

Não poderia deixar de passar aqui pra desejar um ótimo Natal. ai já virou a data né? rs Espero que seja uma noite maravilhosa perto dos que vc ama... Adorei esses biscoitinhos... caprichosos como a dona rs...

Kisu!
Miss Anny Lucy disse…
Q coisinha mais fooofaaa esses biscoitos!!! Adorei!!! Mas kd a receita? rsrs...Se vc puder postar a receita, ficarei mto grata!
Querida, um próximo ano repleto de saúde, paz, alegrias e realizações c sucesso!
Bjins...
Fabiana disse…
Elisa,
Enfim, também fiz os meus biscoitinhos de Natal feito com o glace real.
Foi a primeira vez, e eu adorei.
Mas é claro, que nem chegam perto dos seus, que são maravilhosos.

aproveito para desejar um Feliz Ano Novo, repleto de paz, amor, saúde e muitas realizações.
beijos
Desabafando disse…
Ah, devem ser gostosos né? boas festas querida amiga!
Fernanda Reali disse…
Muito fofos! Enfeitam a mesa e dão um ar retrô, adorei!

beijooooo
ANA LÚCIA disse…
Legal a ideia dos kits de biscoitos e das casinhas. A gente volta a ser criança, pois enfeitar e fazer estas guloseímas é bem divertido!... Lhe desejo amiga um Feliz e lindo 2011!
Abçs,
Ana
Fabiano Mayrink disse…
este ano vc conquistou inúmeras proezas, no próximo aposto que vira também com inúmeras realizações, abraços Elisa!
mar e ilha disse…
Elisa, espero que o seu Natal tenha sido maravilhoso. Fiquei fora e sem internet e por isso nao tive como mandar uma mensagem. Mas ainda posso dizer - Feliz 2011 para vc e para sua família maravilhosa. Que o Menino Jesus esteja com vc e os seus no ano inteiro.
Seus biscoitos ficaram lindos!! Deu vontade de comer. Ontem lembrei de vc assistindo o DVD do csto de minha amiga com meu priimo. O bolo super simples e custou R$600,00. Ela viu bolo de até 2.500,00. Aqui vc faria sucesso com aqueles bolos maravilhosos.

Vou pedir a ela uma foto do bolo para mandar para vc.
R. disse…
Todos muito bonitos! Boas festas, Elisa. :)

R.
Jana disse…
Querida, te desejo um 2011 repleto de alegria, paz, prosperidade...

Um bjo
Beth/Lilás disse…
Querida Elisa,
Seus biscoitos parecem feitos pela mais fina confeitaria, que lindos!
Obrigada por estarmos juntas através da blogosfera com este carinho e amizade de sempre.
Que seu 2011 seja de grandes realizações, paz e saúde!
Um Feliz Ano Novo para você e todos os seus queridos!
beijos da amiga carioca

Beth Q.
Meri Pellens disse…
Olá, Elisa!
Feliz 2011!
Que possamos continuar cada dia mais na amizade e companhia blogueira!
Beijo na alma!

Postagens mais visitadas deste blog

7. Guêr ou ger, tenda-vivenda da Mongolia

Hoje vou mostrar como se monta uma tenda ou casa mongol. Ela se chama ger (guêr). Construir o ger fazia parte desta nossa viagem.
Na época que eu fui a temperatura estava entre 10 a 15 graus de manhã e a noite. Durante o dia estava entre 20 e 25 graus. Foi agradável e deu para fugir um pouco desse calor infernal que está fazendo no Japão esse ano.
Primeiro coloca-se a porta e estrutura da parede.
Em seguinda monta-se o pilar central dentro do ger. Colocam a base do teto. Olhem que gracinha esse menino no centro da foto.
Não sei se esse garotinho queria ajudar ou brincar, mas lá estava ele escalando a grade.
O esqueleto do ger é coberto com pano e cobertor de lã de camelo.
Cobrem o teto e paredes com tecidos grossos para proteger do frio. O menino ainda está lá.







Cobrem com o tecido branco característico de todos os gers. Meu filho quando pequeno também era assim, queria ajudar em tudo. Aliás, ele ajudou muito para fazer esse ger. E gostou da experiência.
Fiquei refletindo. Nós das cidades quando const…

8. Mongolia: roupas e comida

Hoje vou falar da roupa e comida da Mongólia.
Eu sei que Mongólia tem acento. Mas no título não coloquei de propósito porque assim, podem fazer um hit em inglês e pelo menos poderão ver as fotos. Já com acento acho que não aparecerá nas buscas em inglês.
A roupa que as mulheres estão usando se chama dêr. É longo, quentinho, protege bem do frio.
Com essa roupa as mulheres podem se afastam um pouco do ger (tendas) e vão fazer xixi. Elas se agacham e o dêr cobre tudo. Muito prático. Dá até para andar a cavalo.

A roupa típica dos nômades para homens também se chama dêr. O Dêr dos homens não é estampado como das mulheres. Esses dois homens, o do centro e do lado esquerdo usam dêr cinza com faixas coloridas. O homem da foto abaixo usa dêr azul. Na cabeça usam boné ou chapéu tipo ocidental. Eu acho que chapéu e bonê não combinam com o dêr. Mas o chapéu típico é assim: Imagine a metade de um coco. Em cima do coco, bem no meio fica um chifre comprido com uma bolinha na ponta. É meio esquisito, acho que por i…

Verduras no vapor

Ultimamente tenho usado essa cuscuzeira para cozinhar verduras e legumes. No vapor. Sempre achei que demorava muito para fazer batatas cozidas. Leva todo o tempo de esquentar a água. No vapor vai muito mais rápido. Depois da batata, experimentei cozinhar abóbora como na foto. Deu certo com vagem, espinafre (horensô), batata doce, quiabo, aspargos, etc.
É mais rápido, ecológico e as verduras ficam mais gostosas. Acho que perdem menos nutrientes porque eles não vão embora junto com a água do cozimento. Adoro soluções assim, boas em muitos sentidos.
Comprei essa cuscuzeira em São Paulo. Vc pode encontrar em casas do norte, que são lojas de produtos do nordeste. Lá no nordeste essa panela é muito usada para fazer cuscuz.
No começo eu só usava para fazer cuscuz. Hoje uso também para cozinhar verduras no vapor.