Comida com menos sal

Uma vez comi tortillas que uma amiga espanhola fez. Quase não tinha sal. Mas estava muito gostoso. Dizem que nós comemos muito mais sal do que o necessário. Não lembro exatamente a quantidade necessária, mas dizem que comemos o dobro ou triplo do necessário de sal. No Japão, o sal em excesso é chamado de " silent killer " ou assassino silencioso. Ele mata enquanto as pessoas não percebem. Depois de comer essa tortilla, passei a colocar menos sal na comida. Passei a tentar valorizar mais o sabor dos alimentos com menos sal. Por outro lado podemos acrescentar outros sabores como limão, vinagre, etc. É mais saudável e garanto que pode ser gostoso. É uma questão de hábito. Meu filho nunca gostou muito de comida salgada. Por isso ele gostou da minha providência de diminuir o sal. É uma pena que a comida japonesa seja tão cheia de shoyu que é muito salgado. Aliás dizem que esse é um dos únicos defeitos da culinária japonesa. De resto é muito saudável com peixes, legumes, verduras e pouca gordura.

Comentários

Elisa, sobre o sal é verdade: em excesso pode até matar. Apesar de eu ter um problema de hipoglicemia e hipotensão, eu não consigo comer comida com muito sal. Arroz sempre foi sem tempero, bem japonês mesmo. Talvez o receio de minha mãe de termos problemas de saúde no futuro por isso que ela tirava o sal de quase tudo. Motivo: meu pai tinha problema de hipertensão, felizmente hoje controlado, mas sem abusos.
Bem que eu tento diminuir o sal, tanto que este tempero nem lembro quando foi a ultima vez que comprei (acredite, uma caixa de 700 gramas de sal ainda está quase cheia!), o problema é que o Roberto pra ele tem que ter tempero, mas tento diminuir a quantidade.
O que uso muito é limão. Não sei porque, eu não sou muito fã de vinagre...
Otimo post!
Beijao!
Roberta disse…
ola ...eu moro aqui no Japao a sete anos e foi aqui que aprendi comer salada sem tempero ...adoro assim mesmo ao natural ...nao gosto de comida muito temperada ...prefiro uma comida com pouco sal onde eu possa sentir o gosto da comida !!!!
bjim
Fala, Mãe! disse…
Realmente Elisa, o sal é um vício malvado, sempre gostei de muito sal, mas quando engrevidei tive pressão alta e tive que tirar completamente, hoje desacostumei com muito sal, duro que marido ainda gosta. Sempre rebato quando ele diz que está faltando sal, dizendo que se faz mal pra gente, imagina para as crianças, que as vezes esquecem de tomar água.. tem que policiar mesmo né?
beijo querida
Oi Elisa!

Vou contar aqui uma piada de humor negro e sem graça:
São os três pós branco que matam:
O sal;
O açúcar e a cocaína.

Então vamos ponderar e maneirar...No sal e açúcar é claro. Rsrsrsrs.

Bjs neste coração preventivo.
Luma Perrete disse…
Eu me acostumei a comer comida com pouco sal. É uma questão de hábito mesmo. No começo a gente estranha, mas depois quando a gente come comida com sal "normal" acha salgado.
Acho que o importante é acostumar desde cedo, pra quem tem filhos. É melhor já começar com bons hábitos do que tirar hábitos ruins depois. Vejo um monte de gente enchendo a mamadeira do bebê de açúcar ou a enchendo a papinha de sal. Aí depois reclama que quando a criança cresce só quer comer besteira.
Denise disse…
Oi,Elisa:
Qto mais natural é melhor...Aqui em casa não usamos muito sal e nem pimenta (não gostamos). Nós já começamos pelo arroz "unidos venceremos" sem sal - q muita gente (ocidental)estranha.Mas é um ótimo hábito, aos poucos vamos adquirindo pela saúde !!
bj
Georgia disse…
É verdade, o sal em excesso faz realmente uma mal danado pra nossa saúde, se pudermos diminuir melhor.
Ótima sexta pra vc, bjus!!!
Luma Rosa disse…
Mas o shoyo tem soja, um paliativo!! :)
Não somente o sal, comemos muito açúcar também e fiz um post, anterior ao atual, falando das propriedades depressivas do açúcar. O sal mata aos poucos também, ele endurece as veias. :(
Mudando os hábitos, nos acostumamos! Vale o esforço de começar! Parabéns!! Beijus,
Desabafando disse…
Ah, sal em excesso faz mal né? Nunca gostei de comida salgada demais.
Felipe disse…
Aqui em casa a comida sempre levou pouco sal. Até porque minha mãe é daquelas que sempre vai atrás de saber o que é mais saudável para a família comer e de que modo.

A pena é que eu preciso almoçar em restaurante durante o trabalho, já que pela distância da minha casa levar marmita é inviável. Aí não tem jeito...
Fabiano Mayrink disse…
Oi Elisa!! Muito bem colocado este seu post, eu ja salguei as coisas rs, mais procuro equilibrar, meu arroz aprendi com minha mãe, nao coloco temperos como alho, eu uso uma colher media bem rasa de sal para cada copo de arroz, fica ideal, e sabe que ate essa uma colher de sal costuma ser muito perante os medicos..

ja ouvi dizer que os temperos naturais dao sabor e ajudam a diminuir o sal da comida. mandei e-mail pra vc ;)
Satie disse…
Eh Elisa, o sal faz mal mesmo!! e retem agua e nos faz ficar inchados!!
Em casa, meu marido tem problema de hipertensao, entao cortei o sal e soh uso o minimo mesmo!
boa a sua atitude!!
bjks
mar e ilha disse…
Elisa,
nossa comida nunca foi muito temperada e gordurosa pque meu pai era cardíaco. O excesso sempre é prejudicial não é mesmo? Em tudo na vida. Vou escrever sobre isso em breve.
Ah, nós lá em Bhte falamos de vc sim. Mônica me mostrou o presente que enviou para ela que adorou! As vezes, Mônica fala alguma coisa da Elisa (vc) e eu fico meio perdida achando que é da minha irmã. Depois vejo que é da Elisa do Japão. Comentei que assisti um programa da Regina Casé - " Um pé do que" falando do Japão, das cerejeiras. Foi lindo!!! Pena que mamãe não tem esse canal a cabo em Bhte. Ela iria adorar. A Mônica ficou doida para assistir por causa de vc. Agora tudo que a gente vê e ouve do Japão lembramos da nossa amiga e tb do Alexandre. Engraçado né? Antes, o Japão era uma coisa tão distante para nós e em função dessa nova amizade ele está mais perto. A vi tb um pedaço do jogo de volei e fiquei vendo as carinhas dos torcedores Brasileiros. Vc gosta de ir neste tipo de evento?
Denise disse…
Oi Elisa!

Até que não sofro tanto para comer, até porque em casa a minha mãe sempre preparou as comidas com menos sal. O problema é que temos que policiar em produtos que fazem parte da nossa despensa e estarem apresentando o sódio como Miojo, sucos, embutidos e outros produtos que podem facilitar mas no final estão nos enganando... o Carlos sempre fica observando o sódio nas embalagens destes produtos, então virou hábito! rs

Bjinhos, ótimo fds!
fora o missoshiru... q tb se pensar é mto sal.
agora eu sinto mais o sal na comida. não no paladar, pq gosto do sabor meio salgadinho rs. mas agora sinto que o corpo acumula mais água, é triste.

boa dica, Elisa.

Do post anterior, da Apec, que lindas fotos! Adoro o Minato Mirai, uma beleza só!
aqui fecharam tudo pro COP 10, afff.
bjs e bom fim de semana!
Caboco Viajante disse…
Olá! parabens pelo Blog com informações importantes. Temos projeto para uma viagem ao japão preferentemente com alguém que cpnheça o idioma. Somos um casale moramos em belem.Pode indicar ou dá uma dica de algum clube ou associação?
grato
Anselmo - Belém
Binho disse…
Oi Elisa,
Gostaria da sua permissão para colocar alguns posts seus no meu blog,faço citação de fonte e tals.
Se puder me me segue aqui e eu já tô te seguindo lá rsrrs. Parabéns pelo blog !
http://vitrinealternativa.blogspot.com/
Oi Elisa! Eu novamente rs Estava lendo no Yahoo! Brasil há pouco e lembrei do seu post sobre sal e usar ervas aromáticas : http://yahoo.minhavida.com.br/conteudo/12385-Saiba-substituir-o-sal-do-seu-prato.htm

Agora, preciso encontrar receitas para (tentar) substituir o sal...
Beijao! :)
Sika disse…
Ai que sofrimento Elisa, eu adoro sal, sei que faz mal então não faço comida salgada, mesmo porque marido tem paladar bem sensível, as vezes ele reclama que está salgado e para mim está sem sal, vai entender né. Mas o melhor é diminuir mesmo, acredito que seja uma questão de hábito e que aos poucos o paladar vá se acostumando e apreciando mais o sabor do alimento do que o do sal.
Sobre a minha toalha de natal, pensei como você. E se cair comida e manchar? Então na hora das refeições troco de toalha rs, está funcionando viu !
bjs
Yo disse…
Viajando pelos Blogs do mundo encontrei o seu.
Humm!!Quanta comida!!Lindo Blog.
Beijinhos
Yo disse…
Ah!!visite o meu
http://yofelicita.blogspot.com
Mônica disse…
Elisa
Eu usei muito lá em Aparecida. Todos elogiavam e eu dizia , que foi uma amiga que mora no Japão.
Depois eu vou te contar a história da mãe Rainha.

Houve um tempo em que papai não podia comer com muito sal. E a comida dele era feita separada. Mas mamae descobriu que ele ficava muito triste e resolveu que nós todos tinhamos que comer assim, com pouco sal.
Eu comecei a passar mal. Minha pressão baixava.
Mas com o tempo foi normalizando.
Hoje meu irmão come quase que sem sal. Mas a cozinheira faz o molho separado pras crianças .
com carinho MOnica
Mônica disse…
Elisa
Hoje eu acordei pensando em te telefonar mas aqui está chovendo muito.
Vou deixar pra domingo porque assim poosso contar sobre o casamento que vamos sabado. O ultimo do mês de novembro.
com carinho Monica
Fernanda Reali disse…
Adoro coisas salgadas, mas reduzi bastante o sal na comida para evitar inchaços e enxaqueca.

Tem sorteio no meu blog. Se quiseres participar, venha e deixe um endereço de entrega no Brasil (de amigos ou parentes).

Um beijooo
Mônica disse…
Elisa
Hoje seria aniversário do meu paizinho. No ceu Jesus deve estar fazendo festa pra ele, porque ele adorava reunir os sobrinhos e irmãos .
com carinho MOnica

Postagens mais visitadas