Pular para o conteúdo principal

Flores de fondant


Fiz estas flores de fondant, também chamada de pasta americana em português. Serão para decorar um bolo de noiva de dois andares. Vou mostrar o bolo outro dia, mas hoje queria mostrar as flores. Fiz uma a uma em várias cores. Estou fazendo o curso Wilton de bolos em Tokyo.

Gostei do efeito. Parece um jardim cheio de rosas.
As flores estão espetadas com palito em esponjas que é para secar bem.


Ultimamente tenho falado muito de bolos. Mas prometo que voltarei a outros assuntos também. Muita gente falou que os bolos anteriores pareciam uma delícia, mas na verdade, eram de isopor por dentro. Não todos, mas os últimos sim. Não dá para comer mas dá para guardar ou usar como decoração. Eu mesma fico olhando e fico contente só de olhar.




Comentários

lolipop disse…
Elisa,
Achei essas flores lindas e perfeitas!! Isso é uma arte, mesmo!
BEIJOSS
Elisa, estou adorando essa arte! Tenho vontade mesmo de aprender, mas eu vou precisar de tempo disponível (nos dois sentidos) e muita criatividade. Pra essas coisas acho que sou meio estabanada... Mas se eu começar a aprender trabalhos manuais quem sabe? rs
Ahnnnnn... pensei que o bolo presente fosse comestivel!!! Mas como conservar com essa pasta?
Adorei as flores, muito bonitas!
Beijao!!!
mar e ilha disse…
Elisa, que lindas flores. Esses bolos ai são muito caros? Pque aqui um bolo de noiva sai em média por R$ 2.000,00. Acompanhei isso de perto, pque minha amiga casou no mês passado e ajudei a ver os preparativos. Ela acabou conseguindo um mais barato, mas a maioria era nessse preço. E eles são tb de isopor por dentro, ou melhor, os dois primeiros andares são só para ver o restante que é para saborear.!!!
Fabiana disse…
Elisa,
Que perfeição!!!!
Se esse jardim de flores, já está lindo de ver, fico imaginando eles decorando um bolo....
ah, então...sempre visito o site dos cursos da wilton, e fico com tanta vontade de fazer, mas fica complicado por causa da distância.
Por enquanto, vou ficar aqui apreciando o seu trabalho.
Olha, eu adoro todos os posts que voce coloca aqui, mas confesso que esses de bolos, são meus preferidos..kkkkk
beijos
Mônica disse…
Elisa
Mas eu ia querer um bolo destes para guardar de lembrança.
O ano que vem mamae vai fazer 80 anos em abril. Quem sabe voces tres veem a festa surpresa que estamos providenciando pra ela?
Gosto muito de falr com voce.
Uma vez por mês não pesa pra mim não.
Quero falar só pra dizer que está tudo bem por aqui.
E quando estiver com problemas pra me dar uma força só com o seu bom dia ou boa noite pra nós.
com carinho Monica
E estas florzinhas então eu guardaria eternamente.
Bah disse…
Que capricho querida Elisa! Adorei!

Bom, mesmo que sejam de enfeites, depois de colocados no bolo essas flores são comestíveis, né?

Kisu!
Andrea disse…
que flores lindas eos bolos tbem .
bjos
Andrea disse…
que flores lindas eos bolos tbem .
bjos
Desabafando disse…
Mas essas flores são comestíveis certo? Achei tão lindas, devem ficar ainda mais incríveis decorando um bolo!

E obrigada por todo apoio e torcida. Sei que é sincero e verdadeiro e fico muito feliz de contar com sua amizade e carinho!

Suki-yo
saudades das aulinhas de japonês ao final dos posts..rsrsrs...
roubei a primeira foto! coloquei lá no meu blog, vai lá fuçar rs.
bjs e boa semana, Elisa!
DÉYA... disse…
olá vi vc lá no Alê.e vim conferir.
mas que tanta coisa linda tem aqui.
estou encantada ... bjo boa semana..
Olá Elisa,
lendo o Ale, descobri você.
Parabéns pela arte, é preciso um dom especial pra fazer o que vc faz.
O meu dom seria comer, rsrsrs, mas sou sincera, é tão lindo que eu teria dó de dar uma mordida. rsrsrs
Beijinhos pra vc e muito prazer,
Zizi
Luciana Klopper disse…
Olá, te conheci no blog do Ale, e como vc tem o nome da nenem q to esperando vim correndo aqui te conhecer melhor! bjs
Regina Laura disse…
Oi Elisa, mais uma que te conheceu pelo blog do Ale.
Que talento maravilhoso você tem!!
Fiquei apaixonada por essas flores e pelo bolo de fondant do post anterior.
Lindos demais!!
Prazer te conhecer. Virei sempre aqui admirar sua arte ;)
Beijo grande
Chica disse…
Vim lá do Alexandre, nosso querido amigo pra te ver e a essas delícias lindas!parabéns!beijos,chica e tuuuuuuuuuuudo de bom!
Oi Elisa! que bom saber que já seguia uma amiga tão querida do Ale.
Seus bolos, uma obra de arte. dá pena de come-los.

Beijos neste coração bondoso.

Bia.
Pri Kiguti disse…
Olá Elisa!
Visitando a convite do Alê, do Lost in Japan! E ele tem razão:
És uma artista!
E olhando essa postagem nem parece que está chegando o inverno... AINDA É PRIMAVERA AQUI!
Um beijo!
^^
Ana Maria Braga disse…
Olá, vim aqui atravé do blog do Alexandre, que fez um post falando das suas habilidades. Fiquei encantada pois sempre apreciei essa arte.
Parabéns pelo trabalho. Aproveito para te desejar uma ótima semana. Bjs
Hei disse…
Elisa, adorei essas flores
são muito bonitas...aproveitando quero dizer que gostei do seu blog
sou estudante de computação,ner,otaku,cosplayer, e claro n poderia deixar de gostar da cultura japonesa e é por isso que também fiz um blog falando do Japão
espero receber sua visita e seus comentários,pois sempre irei vir aqui
gostei bastante
bjs
Beth/Lilás disse…
Elisa,
Você está de parabéns. Nunca vi um trabalho tão bem feito em fondant como estes. Tão delicados e as cores então, um primor!
Só queria provar tudo isso, mas estamos tão longe uma da outra.
Que pena!
beijos grandes, cariocas.
Mayra Di Manno disse…
Ola Elisa,
Vim conhecer seu blog através do blog do Alexandre.
Gostei muito!
Sensacional o capricho que você tem.
Um beijo,
Elisa, querida, quanto tempo!
Estou amando ter um tempinho agora e revisitar os blogs queridos!
Sabe que estou aqui me preparando para ir ao Brasil tomar um curso de bolos tambem!!!
Aqui no Chile nao tem nada parecido!
Voce esta achando facil? Vc tem um professor ou esta tomando por internet?
eu pensei em ir para o Brasil em janeiro e aproveitar pra tomar um curso bem intensivo.
Sucesso pra voce!
Beijinhos e tudo de bom!
Simone Scharamm disse…
Oi, Elisa,
vi suas artes no blog do Alexandre!
Fiquei encantada! Parabéns!!!
UM beijo!
Fernanda disse…
Olá Elisa!

Estou cá por ordem do Alex. :)))))
Brinco...
Lindo o seu trabalho.
Gostei muito, mesmo!


Beijos
Nilce disse…
Oi Elisa
Lindos por demais os seus trabalhos. Verdadeiras obras de arte.
Parabéns!

Bjs no coração!

Nilce
Georgia disse…
Elisa, vim te conhecer mais um pouquinho depois de tudo que li sobre vc lá no Alexandre.

Quanta sensibilidade em tuas maos. Você expressa o que te vai no coracao. Continue assim. Parabéns!


Um abracao
Denise disse…
Que belo jardim, Elisa!

Eu também ficaria um bom tempo admirando... rs

Vc nos enganou direitinho no post anterior, iria comer o pedaço de isopor facinho!!!

Bjs ótima semana
Milton disse…
Olá Elisa!
Descobri seu blog através do amigo comum Alexandre, do Lost In Japan. Aliás, através do Alexandre estou conhecendo um pouco mais deste país maravilhoso por qual tenho uma enorme paixão apesar de nunca tê-lo visitado.
E agora, com o que me deparo? Uma verdadeira artista em fondants, bolos, etc.
Se não levares a mal gostaria de fazer com que os meus seguidores conhecessem também um pouco das suas habilidades, que eu considero verdadeira arte.
Se houver algum problema de linkar seu blog ao meu, me avise.
Com carinho, Milton!
Oi elisa que flores lindas da vontade de deixar de enfeite ne..e agora aqui onde estou esta meio isogashii quase sem tempo pros artesanatos mas qdo da uma folquinha estou fazendo alguma arte..e estou contente com meu blog cada vez mais conhecendo pessoas boas e tenho msm que agradecer ne...principalmente a vc. que foi a minha primeira seguidora arigatouuuuuuuuuu ne...e cada vez mais tenho vontade criar pra apresentar beijos com carinho neusa
Bom dia Elisa!
Estou vindo do blog de Alexandre e vim conferir seus caprichos.
Tudo o que ele citou é mesmo verdadeiro.
Parabéns
Xeros
Bom dia Elisa!
Estou vindo do blog de Alexandre e vim conferir seus caprichos.
Tudo o que ele citou é mesmo verdadeiro.
Parabéns
Xeros

Postagens mais visitadas deste blog

7. Guêr ou ger, tenda-vivenda da Mongolia

Hoje vou mostrar como se monta uma tenda ou casa mongol. Ela se chama ger (guêr). Construir o ger fazia parte desta nossa viagem.
Na época que eu fui a temperatura estava entre 10 a 15 graus de manhã e a noite. Durante o dia estava entre 20 e 25 graus. Foi agradável e deu para fugir um pouco desse calor infernal que está fazendo no Japão esse ano.
Primeiro coloca-se a porta e estrutura da parede.
Em seguinda monta-se o pilar central dentro do ger. Colocam a base do teto. Olhem que gracinha esse menino no centro da foto.
Não sei se esse garotinho queria ajudar ou brincar, mas lá estava ele escalando a grade.
O esqueleto do ger é coberto com pano e cobertor de lã de camelo.
Cobrem o teto e paredes com tecidos grossos para proteger do frio. O menino ainda está lá.







Cobrem com o tecido branco característico de todos os gers. Meu filho quando pequeno também era assim, queria ajudar em tudo. Aliás, ele ajudou muito para fazer esse ger. E gostou da experiência.
Fiquei refletindo. Nós das cidades quando const…

8. Mongolia: roupas e comida

Hoje vou falar da roupa e comida da Mongólia.
Eu sei que Mongólia tem acento. Mas no título não coloquei de propósito porque assim, podem fazer um hit em inglês e pelo menos poderão ver as fotos. Já com acento acho que não aparecerá nas buscas em inglês.
A roupa que as mulheres estão usando se chama dêr. É longo, quentinho, protege bem do frio.
Com essa roupa as mulheres podem se afastam um pouco do ger (tendas) e vão fazer xixi. Elas se agacham e o dêr cobre tudo. Muito prático. Dá até para andar a cavalo.

A roupa típica dos nômades para homens também se chama dêr. O Dêr dos homens não é estampado como das mulheres. Esses dois homens, o do centro e do lado esquerdo usam dêr cinza com faixas coloridas. O homem da foto abaixo usa dêr azul. Na cabeça usam boné ou chapéu tipo ocidental. Eu acho que chapéu e bonê não combinam com o dêr. Mas o chapéu típico é assim: Imagine a metade de um coco. Em cima do coco, bem no meio fica um chifre comprido com uma bolinha na ponta. É meio esquisito, acho que por i…

Verduras no vapor

Ultimamente tenho usado essa cuscuzeira para cozinhar verduras e legumes. No vapor. Sempre achei que demorava muito para fazer batatas cozidas. Leva todo o tempo de esquentar a água. No vapor vai muito mais rápido. Depois da batata, experimentei cozinhar abóbora como na foto. Deu certo com vagem, espinafre (horensô), batata doce, quiabo, aspargos, etc.
É mais rápido, ecológico e as verduras ficam mais gostosas. Acho que perdem menos nutrientes porque eles não vão embora junto com a água do cozimento. Adoro soluções assim, boas em muitos sentidos.
Comprei essa cuscuzeira em São Paulo. Vc pode encontrar em casas do norte, que são lojas de produtos do nordeste. Lá no nordeste essa panela é muito usada para fazer cuscuz.
No começo eu só usava para fazer cuscuz. Hoje uso também para cozinhar verduras no vapor.