Dinossauros


Recebi um e-mail que dizia o seguinte: Acabo de receber um telefone de um japones/brasileiro que foi infectado por uma Noticia sobre o terremoto e tsunami.... tem um link que que necessita do Windows Power Expantion e se clicar aí PARA TODO O COMPUTADOR E Aí PERDE TUDO. Se trata de um vírus (perigoso).

Vamos nos prevenir.... nao abra e-mail de desconhecidos.... com o nome de Tsunami Terremoto etc...

............................................................................................

Ainda está muito frio no norte do Japão. Anda nevando por lá, o que dificulta muito a vida dos que vivem em abrigos temporários.

Minha mãe nasceu em Fukushima e foi para o Brasil com um ano de idade. Alguns dias após o terremoto ela disse: como teria sido se eu ainda estivesse em Fukushima? Essas coisas a gente nunca saberá: como seria nossa vida se vivêssemos em outro lugar? Se tivéssemos casado com outra pessoa, etc. Nunca saberemos ao certo. Mas no caso da minha mãe acho que a vida teria sido muito difícil e incerta para ela, se ela ainda estivesse em Fukushima. A cidade onde ela nasceu se chama Sukagawa e fica a cerca de 60km da Usina Nuclear que tem dado tantas preocupações. Fuku significa mais ou menos felicidade (há outra palavra em japonês para felicidade que é Koo-fúku e ainda outra que é shia-wáse) .Fuku é felicidade e shima é ilha, lá é a ilha da felicidade ou ilha feliz. Espero que um dia ela volte a ser uma ilha de felicidade.

Aqui já voltou a ter pão, arroz, ovos e pão nos supermercados. Mas há dois dias sumiu a Coca-Cola e depois Pepsi, depois Fanta. Fiquei intrigada porque apesar de gostosos não são produtos de primeira necessidade (talvez sejam para os viciados). Fui procurar na internet e descobri o motivo: a Coca-cola do Japão doou milhares de Coca-Colas para o norte do Japão. Doou outros de seus produtos tb como chás e Acquarius (uma bebida). Achei o gesto bonito e generoso. Além dos produtos doaram cerca de 20 milhões de dólares tb.


Acima coloquei a foto de um livro que eu tenho sobre dinossauros. É que hoje quero falar desses bichos tão simpáticos e feiosos.
No post passado andei reclamando da novela Morde e Assopra da Rede Globo. Hoje gostaria de declarar aqui que no interior do Estado de São Paulo existiram sim, dinossauros. Muitos deles.

9 anos atrás levei meu filho para uma viagem com tema definido: ver fósseis de dinossauro no interior de São Paulo e Minas Gerais.

A primeira parada foi em Araraquara. Lá na praça principal da cidade, há um grande jardim cercado por uma calçada coberta com pedras avermelhadas. Nessas pedras encontrei pegadas de dinossauros. Eram pegadas pequenas de cerca de 15 cm. Elas foram encontradas numa pedreira da cidade, cortadas e usadas como piso. Dizem que existem em outras partes da cidade tb, mas eu não encontrei. O dono da pedreira certamente não sabia do valor científico dessas pegadas. Dizem que muitos fósseis e outras pegadas certamente foram cortados e vendidos como pedra comum.

Na verdade as pegadas perdem o valor paleontológico quando cortadas. Para serem estudadas elas devem permanecer no lugar para ver quantos animais eram, para que direção iam. Há um lugar onde estão preservadas pegadas de dinossauro. Dois dinossauros: um adulto e um bem pequeno. Os cientistas dizem que provavelmente eram pai e filho ou mãe e filhote andando juntos lado a lado. Não é uma graça? São essas coisas que para mim tornam o assunto fascinante.

Fomos para outras cidades tb, mas vou deixar para outro dia, senão fica muito comprido.

Comentários

Anônimo disse…
Adorei este post. Fala da sua mãe e de alternativas do que seria seu destino.Tudo é tão inconsistente não é ? Basta um segundo ou uma pequena mudança para tudo mudar de rumo. Na verdade nada controlamos e somos levadas como fôlhas ao vento.Nossos destinos por mais que façamos depente de um momento ou alguns momentos.
Exemplo são os dinossauros; durante milênios dominaram o planeta. Eram fortes, destemidos, e simplesmente sumiram, viraram fósseis. Nada assegura que assim terminemos e daqui a milhões de anos sejamos apenas isto.
Bjs Lenora.
Bah disse…
Querida! Quanto tempo que não comento aqui. Fiquei um bocado de tempo fora... desde o tsunami... Devia uma visista à vocês... mas fiquei muito feliz que vcs todos (blogueiros) estão muito bem... apesar de toda a tragédia e as repercussões, todos estão bem...

Esse lance de dinoussauros se tornou em evidência por causa da novela. Eu ainda não assisti, mas fiquei curiosa pq ter um núcleo nipônico é deveras interessante.

Kisu!
lu disse…
ooiiiii,td melhor por aki ???
menina, adoro assistir coisas de dinossauros rsrss, tem ate um seriado europeu que o japao patrocina atravez da mitsubishi motors se chama Primeval.. e tem um reptil taaooo lindinho verdinho rss... novelas nao assisto exceto o clone que estou revendo novamente na net.
agr sobre o jp, espero que td se ajeite logo, que as fabricas voltem a funcionar pq folgar desde o dia 11 e sem receber nada das empreiteiras eh complicado!!!!!!!
entao blogueiros, ajudem a divulgar a noticia, mtos trabalhadores de aichi-kem estao sem trabalhar desde o terremoto e varias fabricas que produzem peças p Toyota pararam eeeeee seus funcionarios estao sem receber desde o dia 11/03, se ja nao bastasse a insegurança causada pelo destino/fatalidade ainda temos a preocupaçao de nao termos renda alguma devido a mtas empreiteiras nao repassarem a remuneraçao aos seus funcionarios.. dificil ne. mas é a realidade.tem empreiteira mto abusada!!!
lolipop disse…
Olá Elisa...
É bom saber que vc está bem e todo mundo está ajudando.
Aqui as notícias ainda não são muito boas...mas temos que dar o devido desconto.
Por favor vá postando sobre como as coisas evoluem aí, sim?

Beijos grandes
Desabafando disse…
POis é fazemos escolhas que determinam nossos caminhos pela vida, nunca saberemos o que teríamos sido se tivessemos mudado o rumo em certo trecho do caminho...será destino? Espero que tudo fique bem por ai...e ja estive em Araraquara mas nao sabia desse negócio dos dinossauros.
Oi Elisa,

Que bom que as coisas estão voltando ao normal... o bom que há ajuda constante, o que é essencial para fortalecer as esperanças.

Confesso que nem estou acompanhando a novela nova, mas o que nos contou é bem interessante!

Tenha uma ótima semana, bjs
eu adoro dinossauros, qdo teve aqui a exposição no museu de ciencias, lá estava eu. e aquela que a Fuji TV fez, do mamutão, eu tb fui rs.

De Araraquara... é até um crime pensar que fósseis viraram piso! poxa... um tesouro desses destruido, q triste.

Elisa, avisa pra sua amiga que por lei ela tem que receber os dias parados. As fábricas pagam, se a empreiteira não repassar, eles estão roubando. pq vc sabe, as fábricas japas pagam, senão elas FECHAM por irregularidade admnistrativa. mas tem muita empreiteira picareta q embolsa a grana.

bjs
Satie disse…
Bem, que bom que sua mae foi pro Brasil ne? As vezes a minha mae tambem fala coisas parecidas, e ai eu penso, e se a Batyan nao tivesse saido de Taiwan??kkkk
Adoro dinossauros! Meus filhos tbm adoram, mas ainda sao pequenos pra aguentar uma exposicao, mas qdo voltar pro brasil, farei esse passeio.

beijos e se cuida!
Satie
casadasatie.blogspot.com
Fernanda Reali disse…
Que bom que vcs estão bem, Elisa!!! Adorei ler que a Coca doou dinheiro e bebidas para os necessitados. rsefrigerantes fazem tão mal pra gente, causam tantos problemas de saúde... Que bom que fizeram uma boa doação.

beijoooo
Mônica disse…
Elisa
que coincidencia
Ontem coloquei no blog uma musica que mamae escutou quando era noiva de papai. E a letra dizia o que seria a vida dela depois que se casasse com papai.
Pois Deus reserva surpresas.E sua mãe encontrou em São paulo a felicidade. Mamame saiu de Araxa e foi pro Rio de Janeiro e também encontrou dificuldades e felicidade.
Esta vida é mesmo uma surpresa!
Graças a Deus as coisas estão voltando ao normal. Fico satisfeita e tranquila.
om carinho Monica

Postagens mais visitadas