Projeção para a Copa, escrever português






O Alexandre do blog Lost in Japan e Fernanda do blog Fernanda Reali deram a sugestão do meu filho escrever algo sobre a Copa. Isso foi depois que comentei que ele só fala na Copa ultimamente. Pensei que fosse brincadeira, mas a Fernanda disse que é sério, então pedi para ele falar qualquer coisa sobre a Copa. Não foi bem o que eu esperava, mas hoje ele quer mostrar a projeção dele para esta Copa.

Ele acha que o Brasil vai passar em primeiro lugar na primeira fase, depois ganha da Holanda.
Depois ganha da França e vai para a final com a Itália. Isso se a Itália ganhar da Alemanha, Argentina.

Antes dessa lista ele tinha falado que achava que a Argentina ia ganhar. Isso por causa daquela promessa que o Maradona fez se a Argentina ganhasse, sabem qual? Eu pedi para mudar essa previsão porque isso não se fala para os brasileiros. Não é mesmo?

Ele estuda em escola japonesa, mas eu ensinei a escrever português desde os 6 anos de idade. Geralmente ele não capricha tanto na letra, mas como era para vcs verem, hoje ele caprichou. Fiquei surpresa ao ver que a letra dele é bem parecida com a minha.

Vejo que a maioria dos filhos de brasileiros que moram fora muitas vezes até falam mas poucas vezes escrevem português. É uma pena. Mas o meu filho está aí para provar que aos poucos e com constância é possível que o brasileirinho que cresce fora do Brasil aprenda a ler e escrever português. É preciso que o pai ou mãe se empenhem um pouco (quase) todos os dias. Fica aí mais uma dica para os brasileiros que moram fora do Brasil.

Escrever português é difícil. Ele nunca acentuou Coreia, plateia (apesar da minha insistência)rsrs. Achei engraçado quando apareceu a nova ortografia. Ele poderá continuar sem acentuar essas palavras. Mas agora não está mais errado.



Comentários

Desabafando disse…
Que legal que seu filho sabe falar e escrever português. Acho isso ótimo, vai que um dia ele resolva voltar pro Brasil não?

E gostei da ideia dele de fazer a própria projeção para a Copa!
Bah disse…
Pelo menos ele escreve melhor do que muita gente por aqui rs... Projeção boa essa para a Copa. Eu nem entrei em Bolão porque sempre que aposto alguma coisa, dá errado rs... mesmo se eu mudo, fica o contrário rs...

Kisu!
lolipop disse…
Elisa: Acho mesmo bonito esta participação do seu filho aqui no blogue, e olhe, da projecção eu não entendo muito, mas a letra está super boa e acho super louvável que se preocupem em que ele fale e escreva em Português!
Já vim espreitar seu couscous, parece delicioso...
Não admira que Hokusai tenha morrido pobre, no Japão só lhe deram valor a título póstumo, isso apesar de ser muito popular...

BEIJOS
Carina disse…
Oi Elisa!! Tudo bom com vocês?? Preciso comentar sobre a projeção...Eu colocaria o México no lugar da Argentina.Não pq eu sou brasileira e tals mas é pq o méxico teve um amistoso contra um dos times mais fortes da África e ganhou.Tudo pode acontecer mas do jeito q esta agora...Dia 25 tem um jogo do Brasil né?? Nesse dia não vai ter aula por causa do jogo!!:D
PS: Pra quais times vocês torcem??
Beijinhos,Carina!! ^^
Carina disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Carina disse…
E tambem...é muito boa sua iniciativa d ensinar seu filho a falar e escrever em potuguês!!:D Alguma vez vocês já vieram para o Brasil?? Quando virem, avizem e talvez vocês vizetem nossa casa, o Bairro da Liberdade aqui em São Paulo, né??
Mais beijinhos!! Carina!!
Elisa, eu falava sério sobre seu filho escrever sobre a Copa. rs... pq ele entende do assunto, gosta. Acho que ele ficaria contente de dividir suas opiniões com seus leitores. Pq quem gosta de um assunto, gosta de mostrar o que pensa sobre ele. E quem não entende nada do assunto, como eu, aprende.

Fala p ele escrever sim, claro, se ele quiser né?

A letra dele, cursiva, é muito bonita. Não é aquela letra "mecanizada" que todo japonês faz qdo escreve o alfabeto romanizado.

Português não é NADA fácil. A gente que nasceu no Brasil se perde, confunde, escreve um monte de coisa errada. Imagina pro seu filho, que aprendeu português sem estar imerso na língua, com outra realidade? Ele se esforçou muito.

Vc deve ter leitoras, mães como vc, que não sabem como lidar com a situação. Assim vc prova que é possível ensinar os dois idiomas aos filhos. E qto mais aprendem, melhor para eles. Aumentam a cultura, o conhecimento e criam raízes.

Perfeito! Dê os parabéns ao nosso blogueiro comentarista e vamos confiar no palpite dele. E no sinal de ? do prognóstico, ele vai escrever Brasil rs.


bjs
Satie disse…
Oi Elisa, Parabens pelo seu filho, sei como eh dificil tentar educar um filho em portugues fora do Brasil. O meu comecou a falar agora, e ja ta complicado, imagina qdo comecar a escrever rs.
Ainda bem que a escolinha que ele vai agora estimula o bilinguismo, e nao liga que ele fale algumas palavras em portugues. A professora da outra escolinha era contra... tadinha!
bem, eh isso, um beijao e forca sempre, que ta dando certo!
Fabiano Mayrink disse…
Ja tinha dito e volta a dizer, vc esta certa em ensinar o seu filho a falar portugues, assim quando vcs vierem visitar o Brasil ele nao passa aperto,

seu filho tem grandes chances de estar certo, pelo que vejo a Italia é uma forte candidata!
Andrea disse…
Que ketra linda a dele !!!Muito bom ele ssber escrever o Portugues .]

Quanto projeção dele eu não estou tão confiante assim ....

Tomara que a projeçã odele esteja certa
Georgia disse…
Como seu filho é otimista, adorei!!!
Olha, troco fácil com vc, vc vem pra Cabo Frio e eu vou pra aí hahahahaha.
Vc conhece Cabo Frio? Poxa que legal; as salinas não existem mais, uma pena né?
Bjus, boa semana!!!
mar e ilha disse…
Elisa, espero que a projeção do Lucas seja realizada. Será? Vamos torcer. Ele tem uma bela letra e escreveu direitinho. Dê os parabéns a ele e é claro eu parabenizo a mamãe pelo esforço. Valeu.
dona perfeitinha disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Mônica disse…
Elisa
Voce está de Parabens. Alafabetizar não é facil ainda mais ensinar a escrever.
E nas escolas onde os pais não ajudam as crianças nem escrevem direito.
ACABAMOS DE CHEGAR MAMAE E EU DE SÃO JOAO DEL REY
A ANDREA CHEGOU AGORA.
COM CARINHO MONICA
Mônica disse…
Elisa
Voce está de Parabens. Alafabetizar não é facil ainda mais ensinar a escrever.
E nas escolas onde os pais não ajudam as crianças nem escrevem direito.
ACABAMOS DE CHEGAR MAMAE E EU DE SÃO JOAO DEL REY
A ANDREA CHEGOU AGORA.
COM CARINHO MONICA
dona perfeitinha disse…
Oi, Elisa,

Adorei isso! Seu filho realmente está empolgado com a Copa e torcendo fiél pro Brasil.

Não sabia sobre a maioria dos filhos de brasileiros criados no Japão não saberem escrever o português, mas que bom que você ensinou! O alfabeto diferente realmente deve ser uma dificuldade a mais porque a fala é mais fácil de aprender no dia a dia dentro e fora de casa, imagino. Que criança sortuda é seu filho.

{Respondendo: Pode tirar sim, claro. Não consegui te responder por lá}.

Beijos,
Talita.
Elisa, sugoi, como a letra do seu filho é bonita! Bem caprichada, redondinha... Parabéns a você ter ensinado e insistido para que ele também aprendesse a língua portuguesa (como disse o ilustre amigo Alexandre: se até mesmo a gente que nasceu no Brasil e aprendeu o português e comete cada erro - inclusive eu com a velha historia da bendita berinjela...) e parabéns a ele por ele ser persistente e não ter desistido NUNCA! ^^
Admiro voces por isso.
Desculpa a demora em responder tudo, é que esta semana, pra não variar, estou em Toquio e volto pra Yokohama sexta-feira.
Bom, quanto aos jogos da Copa, a ultima vez que entrei num bolão, foi que nem a Bah... Nem bolão de Takarakuji de fim de ano dá certo...
Mas seu filho é otimista, isso sim rs
Beijao!
Fernanda Reali disse…
Nao vou opinar sobre a projeção, porque não entendo NADA de futebol, não gosto e passarei os jogos da Copa fazendo artesanato em meu cantinho, assistindo algum seriado, mas...
Meu filho de 6 anos já decorou todo o álbum da copa, sabe a idade, altura, peso de todos os jogadores, só fala em futebol. Então, resolvi abrir uma brecha no Big Vício BBB para o povo que vai ver a Copa.

Os leitores têm enviado muitos textos bacanas, com enfoque em história, religião, paixões e até futebol, hehe.

Incentive seu filho a escrever sobre o que ele gosta, porque escrever é ótimo, faz pensar.

Mande textos, vou adorar!