-->



Batom


Respondendo `a várias perguntas:
Não fiquei com nojo de comer naquele restaurante sujinho.
Minha mãe sempre me ensinou que:
-Se vc tem nojo de restaurantes, vc não viaja
nem come fora.
Acho que meu cérebro dissocia evidências de sujeira
de sentir nojo.
Além disso não queria ser mal-educada
com a minha amiga.
Acho que é por isso que sofro nesta vida.
Prefiro ter dor de barriga do que
chatear uma amiga.

Acho que vocês sofreram um bocado com a minha
postagem anterior.
Vou presenteá-los com uma
postagem mais agradável.
Hoje vou falar de batons.
Desculpem os mocinhos que leem
esse blog.
Sei que o assunto não interessa a vocês.
Mas seria um bom presente
para a namorada.
O que acham?

Já há alguns anos venho usando
batons Chanel.
Só compro em loja
duty free de aeroporto
porque é muito caro em lojas.
Tem aí no Brasil?

É um pouco caro, mas para mim
dura mais de um ano.
Então acaba compensando.
Gosto de variar,
mas no quesito batons,
me encontrei.
Gosto desse e não pretendo mais comprar de outra marca.

Num mundo de tão poucas certezas,
para mim é reconfortante
ter certeza de ter achado
a marca de batom da minha vida.
Para os homens isso pode parecer fútil.
Realmente, é fútil.
Mas para uma mulher, ter certeza que
a boca está bonita quando for sair,
é uma grande coisa.
Todo o resto pode
estar caindo aos pedaços,
mas pelo menos a boca
estará bonita.
Isso pode gerar uma segurança incrível.

Já experimentei várias
marcas e cores, mas para mim esse é o melhor.
Digo para mim porque
pode não combinar com o seu tom
de pele.
Vc pode não gostar das cores.
Mas é discreto e hidrata os lábios.

Me senti uma monga porque comprei
e não consegui abrir.
Reparem que ele não abre no meio
como os batons tradicionais.

Esse ano tinha cor nova.
Ainda nem comecei a usar o que
comprei no ano passado.
Compro sempre em tons de rosa.

Tem até Chanel escrito em baixo-relevo.

De certa forma é uma resposta à pergunta
da Aninha Leme.
Será que alguém conseguiu
chegar até o fim desse texto?

Alguém aí usa batom Chanel?
Ou já achou o batom da sua vida?





14 comentários:

teresa carneiro disse...

Elisa...adorei seu blog e ja virei sua seguidora...vc me passa tranquilidade e eleveza em quase todos os posts que li....moro no Brasil e sou educadora...vou estar sempre aqui para aprender um pouco mais da cultura...bjs Teresa

Desabafando disse...

Elisa....eu prefiro desagradar uma amiga do que ter dor de barriga...rsrsrsrs....Eu seria sincera de forma bem educada sabe? Olha, sabe o que é, não estou com muita fome! Ou será que poderíamos procurar um outro lugar? rsrsrsrs...Se ela fosse minha amiga deveria compreender sem se ofender..rsrsrs...

E sobre o batom, não tenho a marca da minha vida não...uso muito pouca maquiagem. Tanto que entendo muito pouco sobre o assunto. Quando vou no free shop fico mais interessada nos chocolates...rsrsrsrs....

Ah e muito obrigada pelo seu comentário lá...me sinto em paz com os conselhos e apoio que tenho recebido. Achei interessante imaginar que se tivesse nascido no Japão tudo seria diferente....mas como acredito que nada é por acaso. Estou no lugar em que deveria estar, já tive mais do que provas sobre isso, então'o jeito é aprender a lidar e melhorar né!

Desabafando disse...

Ah...e cadê o post sobre aeroporto que vc ia fazer?

Aninha Leme disse...

minha nossaaaaaaaaaaa
eu queroooooooooo
kkkk
adoro batonssss
nunca usei channel, vc é muito chique! e vc está certíssima, encontrar o batom da nossa vida é importantíssimo!
eu gosto de batons bem clarinhos, no tom rosa.
hihihi
acho que fico até bonitinha.

beijosssssssssssssssssssss
adorei o post!!!!!!!!

Kiyomi, a.k.a. Piggy disse...

Elisa, respondendo aquela pergunta sobre o restaurante com cupins, fica em Shibuya, pra lá de Dogenzaka. Apesar que o pessoal adorou a comida de lá, mas se nao fosse a decoração adicional...
Ah, sobre os batons... Eu gosto, mas eu me maquio pra ir trabalhar e sair com namorido. O problema é que ao comer, eu retiro e depois esqueço de retocar rs
Os batons da Chanel, bem, aqui também vende-se, mas nao pergunte pra mim o precinho...
Beijos!

Bah disse...

Mas vc tem um gosto caro hein? rs... esse batom é caríssimo aqui até pq marca é uma coisa que vc compra mesmo. Eu comprava aqueles batons de 100yen sabe? rs... até que descobri o Maybelline (acho que é assim que se escreve). Adoooorei ele, pena q comprei só um. Ele é tipo um batom com gloss, fica molhadinho, acho super legal pq hidrata tb. Tem tanta coisa que queria agora q estou aqui. Qdo meu pai for vou fazer uma lista pra ele me trazer coisas q sinto falta rs...

Kisu!

Diego Borges disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
"Todo o resto pode estar caindo aos pedaços,mas pelo menos a boca estará bonita" eita Elisa , essa foi boa. Bem , como moro em uma região quente, os lábios ressecam e era costume dos homens usar batom de Cacau ( era por que agora a onda é Brilho Labial). Eu não usava mas como minha boca estava ressecando acabei por usar. Coisa da qual me arrependo ate hoje pois a camada do batom ressecou e em certo momento quando fui abrir meu largo sorriso e meus lábios cortaram.Eita como doeu kkkkkk eu não uso mais nada , prefiro boca ressecada que boca cortada.
Um abraço !!!!

Lisa Nunes disse...

Elisa
eu amo batons e sempre estou atrás de cores novas. Mas não ligo muito pra marcas não; a minha mãe depois que se aposentou passou a revender Natura e então aproveito para comprar as novidades em primeira mão. Eu não tenho preferencia por marca, escolho os batons pela cor e pela textura. Uma hora quero experimentar esses da Chanel que você sugeriu. Fiquei curiosa!! Obrigada pela dica muito bem vinda!! beijinhos

Angela disse...

Elisa,

Parabéns por se presentear com um batom tão chique mas, lamento que vc prefira ter dores de barriga do que desegradar a amiga. Penso como a moça do desabafando, que, se é amiga vai entender. Você é mto educada e gentil, isso sim. Querida ser assim é para poucos e vc é mto especial, gritar é fácil, difícil é aguentar calado, né?
Bjs

Dea アンドレア disse...

Oi Elisa, eu vi esse batom em uma loja aqui no shopping, nao me lembro qto era cada um, mas o conjuntinho com 3 tava 12 mil!
Achei caríssimo rs...ai comprei só 1 gloss que até já postei.
MAs estou usando um batom da NyX e estou adorando, só a fixação que não achei muito boa!
A sobre o blog, eu tb estava com o mesmo prblema q vc, mas foi depois q instalei o explorer 8. Por acaso vc tb instalou?
bjosssssss

Luciana Guimarães disse...

Realmente... Quem não come em qualquer lugar não pode jantar fora não deve viajar. Viajando a trabalho, fui obrigada a comer em cada lugar que, tenha certeza, esse aí é chique!!! Já almocei lá no Senac lá do Pelourinho durante uma gravação. É bom, nada excepcional, mas é mais para turistas ou almoço de negócios com pessoas de fora. Mas a variedade é muito boa mesmo. No Centro Histórico, existem outros restaurantes bem legais e beeeem mais baratos. Desde que não visse o "Don. Ratom" bebericando na panela, comeria em qualquer lugar... rsrsrsrs... Nunca fui muito chegada a batons, pois acredito que minha boca não fica muito bem pintada. Trauma de quem usou aparelho a vida toda... rsrs... Mas li seu post até o fim, embora não acredito que venha a pagar tão caro por um batom, a não ser que ele faça eu me sentir com a boca da Angelina Jolie, com direito a beijar o Brad Pitt... hehehehe... Bjooo

Sonia disse...

Oi Elisa?
Voce 'e muito educada......eu jamais comeria vendo estas coisas, por mais que tivesse estima pela pessoa...Qdo.estive por ai e viajei pela Asia, nao comi absolutamente nada, acredite se quiser...procurei MC Donald"s , etc....eu sou muito enjoada e medrosa...nao gosto de ficar experimentando coisas estranhas.

R.Vinicius disse...

Hum. Interessante. Gosto de ouvir as mulheres (mesmo que me diga que falar de batons é fútil). Só não sei bem o que dizer, acho que o batom tem uma figura importante por salientar os traços do rosto (usando dos lábios) para tal. É um assunto que pode dizer bastante. Abraço.

Mônica disse...

Minha irmã Elisa adora batom. Ela não sai de casa sem batom. E minha sobrinha Thais desde pequenina aprendeu com a mão a colocar batom. Bem pequena ela passava sem espelho e com perfeição.
Eu não sei passar até hoje.Eu tinha uma tia que passava e ficava toda borrocada. Eui quase que sou do mesmo jeito porque não tenho o costume de passar todo dia.
Ainda bem que minha sobrinha e irmãs não são assim.

Já comprei até de bastão para facilitar ao colocar.
Um dia quero comprar este que usa para dar de presente para minha irmã Elisa. Porque haja batom para ela

Eu também quero te conhecer, seu filho e seu marido.
Quem sabe quando vier ao Brasil irei em São Paulo para te ver e depois voce vem a BH ou na Fazenda Cachoeiira.
Com carinho
sua amiga Monica

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

  © Layout Elisa no Blog por Fabiano Mayrink Blog designer.