Nova York 2



Dizem que uma das coisas mais chatas num blog são os posts muito compridos.
O de hoje está comprido. Mas não precisa ler tudo, viu. Ficou longo porque AS IRMÃS
queridas vão logo para Nova York, por isso estou colocando todas as dicas que me restam aqui.
Mas é claro que também é para todos vocês que acompanham o blog. Acho NY uma cidade maravilhosa.

Como eu estava com criança, resolvi pegar um ônibus de turismo, daqueles de dois andares, sem teto em cima, sabem qual é? Se chama Gray Line Tours. Fica na 42nd St. &8th Av., Port Authority Bus Terminal, Street Level.

As avenidas e ruas de NY são todas numeradas. De leste a oeste são avenidas. De norte a sul são ruas. Eu fazia a maior confusão. Pensava que estava indo para o norte, estava andando para o sul. Queria ir para o leste, me dirigia a oeste. Confundia os números tb. Memorizava assim: Tenho que ir para a rua 56. Quando percebia estava andando em direção à rua 65. Parece fácil, mas para pessoas como eu, com pouco senso de direção e memória fraca para números, é muito chato. Será que isso só acontece comigo em Nova York?




Um dos motivos que me levaram a NY foi o Museu de História Natural. Queria ir lá porque crianças adoram esqueletos de dinossauro. Esse museu tem vários completos e enormes.


Este acima é o Metropolitan Museum que fica ao lado, ou melhor, num pedaço do Central Park. É enorme, ótimo para quem gosta de museus.
O preço da entrada é de 12 dólares. Mas na entrada está escrito: "Suggested entrance fee US$ 12,00." Reparem que é "suggested". Eu paguei 25 cents.
Não custa perguntar:
-May I pay a quarter? ou -Can I pay just 25 cents?
A moça da bilheteria vai dizer: -Yes, sure.
Mas se vc for um magnata pode até contribuir com 1 milhão de dólares se quiser. Eles agradecem.





Tirei essa foto bem embaixo da Estátua da Liberdade.
É preciso pegar o ferry no Battery Park que fica bem ao sul de Manhattan.
Ela não é tão grande quanto o Cristo Redentor do Rio de Janeiro.

Os americanos são simpáticos. Quando cruzam os olhos muitos sorriem. E não é cantada. Homens, mulheres, velhinhas, muitos sorriem. Alguns até dizem: "Hello"
Isso é mais comum na Costa Oeste, na Califórnia, San Francisco ou Portland. Mas às vezes acontece em NY também. Se alguém sorrir para vc, sorria. Não é cantada.
Comecei a me lembrar das cantadas que levei em várias partes do mundo e gostaria de fazer um post especial um dia desses.

Eu gosto muito dos carrinhos de comida. Comi pretzels e hot-dogs na rua.

Os museus que visitei e gostei são: MOMA, Guggenheim,Frick Collection, Museum of Natural History, Metropolitan Museum of Art.

Visitei as igrejas: Saint Patrick’s Cathedral, Cathedral of Saint John the Divine. Se vcs gostam de igrejas é muito legal.

As lembrancinhas mais legais e baratinhas achei no Times Square. Olhando para o norte, do lado direito subindo vc vai encontrar várias lojas. Quando fui tinha oferta de 3 ou 4 camisetas por 10 dólares, chaveiros, enfeites, etc...

Se gosta de lugar alto, o que resta é o Empire State Building. Eu cheguei a subir até o mirante do World Trade Center. Ficava no último andar do prédio. Até hoje quando me lembro sinto um vazio enorme. Lá iam muitos turistas. Lembro que era tão alto que não se enxergava muita coisa lá embaixo. Fui depois de ter caído tb. Exatamente 10 meses depois.

Na primeira vez que fui, o China Town, bairro chinês só tinha 3, 4 ruas. Hoje está enorme e já engoliu parte do que era o Little Italy. Vendem muita coisa falsificada, vc vai se animar, mas é melhor não comprar.

Fui também a um show no Madison Square Garden e a um musical na Broadway.

Há uma loja/café muito simpática que se chama Dean and De Luca. Servem café e vendem muita coisa legal.

Ficou comprido, vou terminar por aqui. Mas espero que façam uma ótima viagem. Obrigada a quem chegou até aqui do texto!!
Para quem não vai agora, espero que sirva para ter uma pequena ideia de como é NY. Tenho certeza que um dia você irá.


.................................................................................................




Comentários

Elisa, gostei das dicas! Quando (resolvermos) ir para NY, frequentaremos os lugares citados. A do museu, com o preço sugerido, isso foi uma boa idéia. O preço sugerido de 12 dolares seria um parâmetro, é isso? Como você mesma disse: perguntar não custa nada, ops, custou 25 cents, né?
Sobre o dia 31 eu envio e-mail confirmando!
Beijos!
Fabiano Mayrink disse…
Oi Elisa, ficou lindo o slide! :)

ao ver a osada de dinosauro, lembrei de como adorava os dinosauros quando eu era criança, ainda gosto :) mais eu era facinado, bjs!
Aninha Leme disse…
quisera eu entrar na doceria perto de casa e dizer:
posso pagar 25 cents pelo cento do brigadeiro rosa?
e ela responder: yes sure!

\o/

aí eu acordei, né.

adorei o post, como é bom visitar países civilizados.

besosssssssss
Não sei se quero ir pra NY, eu acho que ia ter que trabalhar lá pra pagar minhas dividas hahahaha

Ótima Quartaaaa!!!

Miquilisssss
Bru
Oi Elisa, acabei de descobrir o seu blog e achei muito legal.
Fui ao japao durante a Copa de futebol em 2002, quanto tempo... Conheci varias cidades interessantes alem de Tokio, entre elas Yokohama. Me deu saudades agora...
E vendo as comidinhas, huuuuuumm! Amo!
Ficou tão lindo o slideshow!
Cada vez mais o blog fica incrementado.

O post foi muito bom, não tem problema de ser longo não, pq fica tudo bem explicado. Ainda mais para quem nunca foi pra N.Y. como eu. Dai eu aprendo e qdo for (pq um dia vou sim) não me perco tanto e já tenho algum conhecimento sobre o lugar.

Mto bom, adorei!

PS> linda a música "Ave Maria" em nihongo ne
ANA LÚCIA disse…
NY... sonho de consumo para muitos. Faz parte da nossa imaginação. Gostaria de conhecer na época do Natal. Dizem que NY fica maravilhosa nesta época do ano.
Abçs,
Ana
mar e ilha disse…
Elisa, eu tenho o mesmo problema que vc: pouco senso de direção e tenho certeza que vamos acabar perdendo uma hora por lá mas iremos rir disso pois estamos indo com a intenção de divertir. Adorei as dicas e já tinha lido sobre o preço do ingresso de alguns museus serem apenas sugestão. Eu estava pensando em pagar 1 dolar, mas agora com seu post vou tentar educadamente pegar 0,25 cents. Eu queria ir muito no Empire States e no Top of Rock (acho que é isso), mas a Andreá e Mônica não gostam de altura. Veremos por lá. Eu tb fui no o mirante do World Trade Center e o tempo estava nublado. Não vi quase nada. Hoje é apenas o marco zero... que triste. Quanto as Igrejas, com certeza iremos em algumas e rezaremos por vc principalmente por ser uma amiga blogueira especial e carinhosa.
Ih, meu comentário ficou maior do que o seu post..rs.
mar e ilha disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Andrea disse…
Elisa ,obrigada pelas dicas .
Eu não gosto muito de altura mas vou sim ver Nova York do alto ,vai ser muito bacana .
Tenho certeza que iremos errar e confundir as ruas por lá ,mas como disse minha irmã Marilia ,tudo será diversão .Qunado voltarmos com certeza faremos posts sobre nossa viagem

beijos
Bah disse…
Oi querida! Adorei as dicas de NY. Vc já morou lá? Imagino vc ter visitado o WTC e de repente ele já não existe mais. Vou deixar essas dicas guardadas para um dia que eu for (num futuro longínquo rs)

Kisu!
Desabafando disse…
amiga...que legal seu posts....eu sou rainha de escrever posts longos né? e sempre acho que ninguém vai ter paciência de ler, mas fazer o que se às vezes é necessário pra dar o contexto certo pro meu desabafo ou história? rsrsrs....eu li tudinho e adorei. Nunca tive vontade de ir pros Estados Unidos...mas com esse seu post comecei a ficar com curiosidade....pagar 25 centavos pra entrar no Museu? Deve ser demais né? Uma dica valiosa! E pra vc deve ser bem chocante ter estado no World trade center né? Mas a vista de lá deveria ser fantástica...pena que tudo acabou como acabou. Vc chegou a tirar fotos lá de cima? Se não for doer mexer nessas lembranças, eu gostaria de saber coisas do tipo: como fazia pra subir até lá? Eram vários elevadores né? Desculpa se estou sendo inconveniente tá! Não precisa responder nada!
Mônica disse…
Elisa eu adorei. Nem sei como me animou. Eu li o guia e estava confundindo tudo. O museu nós escolhemos foi o de dinossauro mesmo.
E todas as dicas foram excelente, principalmente para mim. A Marilia fez o roteiro bem bacana e quase todas as coisas que nos disse estão nele. Mas me clareou os lugares que foi e que tenho certeza iremos também.
Com carinho
Muito obriga
sua maninha Monica
Tiago disse…
Oi Elisa!!

Passando pra deixar um beijo e agradecer pela atenção!!

Está tudo bem por aqui (é só falta de tempo pra net, mesmo)!!

Dei uma olhada nos seus últimos posts e, como sempre, está tudo muito legal!!

Saudades!!
Dil Santos disse…
Oi Elisam, tudo bem?
Eu confesso q tenho preguiça de ler posts grandes, kkkkkkkkkkk
Então, tudo que escrevo são de forma expôntanea, carregados de sentimentos.
Tua receito eu vou ver se te mando hj a noite.

Bjo
:)
Lisa Nunes disse…
Elisa
cá estou, e bem.
Obrigada por perguntar.

O teu post tá lindo. Estou adorando conhecer Nova York através de você. És uma excelente guia turistica!!! beijinhos
Nádia Mara disse…
Elisa,

Tudo aqui no seu blog é tão bonito e de bom gosto!

Adoroooo!
Desabafando disse…
amiga, obrigada pelas respostas...

sabe que senti uma pontinha de inveja de vc...vc conhece ou já visitou alguns dos prédios considerados mais altos do mundo, quer sejam eles feio ou não, devem ser espetaculares pela tecnologia empregada em sua construção e pela arquitetura imponente. Lembro que na épcoa da queda das torres, eu ainda estava na faculdade, e houve uma aula, em que explicaram um pouco de como era a estrutura daquele prédio, de como eram necessários vários elevadores porque não havia um que atendesse do térreo ao último, enfim...detalhes e curiosidades que lembro vagamente mas que me marcaram. E como vc esteve lá e nunca conheci ninguém que tivesse tido essa experiência, achei que vc poderia nos contar coisas bem itneressantes. Desculpa viu, ficar te amolando...adorei sua resposta.

Ah, depois passa pra ler meu último post..kk
Fabiano Mayrink disse…
nossa os dinosauros devem ser um maximo, eu gosto de um desenho de dinosauro chamado, "em busca do vale encantado", nao sei se conhece por outro nome, lindo!

seu blog tinha sim a verificaçao de palavras, vou ver se ja saiu rs!
Fabiano Mayrink disse…
ps: ta-da! pronto nao tem mais!

bjs!
Larissa disse…
Desse jeito vou ter que ir pra NY, mas só se você for de guia né, assim fica fácil. Bjs!!!!
Blog do Óbvio disse…
Elisa, do jeito que você contou eu achei que o texto ficou curto. Escreveu tão gostoso que deu vontade de "quero mais". Adorei a explanação sua. Aprendí uma coisa que sempre achei o contrário. O sorriso do pessoal e os Hello! Trabalhei com muitos americanos e acho que mandam para o Brasil quem eles não aguentam lá. Trabalhar aquí deve ser castigo para eles. Só um companheiro de trabalho, americano, que conhecí era uma pessoa legal, educada e humana. Do resto nem compensa falar. O bom é falar coisas boas, né Elisa? Sua postagem foi show. Adorei. Um beijo carinhoso sabor guia de viagens. Manoel.
Cibelle disse…
Oi!!! Obrigada pela visita! Gostei daqui... vou te acompanhar, rsrs... beijos!
Nossa... é a segunda viagem "virtual" que faço esta semana!
A outra foi pra Africa...rsrsr
Por mim, o post poderia ser até mais longo que eu iria adorar!