Pular para o conteúdo principal

Roupinhas kawaii




O post de hoje ficou meio sem propósito e disperso, talvez por se tratar de um tema novo para mim neste blog. O tema é roupa. Achei que ficou disperso, me desculpem. Por favor, leiam como se fossem várias coisas diferentes num espaço só. Vejam, nem estou conseguindo explicar.

Acredito que muita gente já sabe, principalmente a Mamys, mas dia 17 de outubro é aniversário da nossa querida Aninha Leme, do blog Deu Zebra que tanto nos alegra sempre com seus posts bem-humorados. Sempre falo para ela: -Gosto de vc porque vc só me dá alegrias!!
Escrevi tudo isso e agora estou em dúvida se errei a data. Além de confundir norte, sul, direita, esquerda, confundo datas também.

.....................................................................


Eu não pretendia mais escrever sobre Nova York, mas vi que muita gente está se animando a ir para lá um dia (fico contente) e gostaria de fazer um aviso. É muito frio no inverno.
Eu estava num avião da Varig, o piloto anunciou:
-Temperatura local em Nova York, 28 graus negativos.
Pensei que tivesse escutado mal, mas era verdade. Foi o maior frio que passei na minha vida. Ficar com as orelhas congeladas é pouco.

No verão faz mais de 30 graus. A melhor época é na primavera ou outono de lá, mas geralmente as férias caem em janeiro ou julho, não é?

.............................................................................

Resolvi ampliar um pouco os horizontes desse pequeno blog.

Nunca mostrei roupas por ter uma certa vergonha de mostrar as roupas que eu uso.
Mas sei lá, alguém pode se interessar por roupas do Japão. Vocês podem conhecer um pouco mais do meu gosto pessoal. E aí? Vocês acham que as roupas concatenam, combinam comigo? Era essa a imagem que faziam de mim?

Graças a vocês venci um pouco da vergonha de dizer que sei cozinhar. Obrigada, viu?
Como faço para vencer essa timidez em mostrar as roupas que compro?



Essas roupas estavam em oferta na loja Right-On, que tem moda masculina, feminina e infantil.










O garoto-propaganda dessa loja é o ator Hiro Mizushima. Alguém tinha pedido para mostrar os gatinhos do Japão? A Gesiane do blog Suki-yo conhece todos, muito mais do que eu. O blog dela é muito kawaii e fala de muitas coisas do Japão. Gesiane, vc gosta desse ator?
Semana que vem, na segunda-feira começa a novela "Tokyo Dogs" às 9:00 da noite na TV Fuji do Japão. O ator da foto está no elenco. Apesar dessa cara de menina, ele já é casado (com a cantora Ayaka).

Estava esquecendo das aulinhas de japonês:

Kawaíí かわいい quer dizer cute em inglês (leia quilt) ou bonitinho, bonitinha.

.....................................................................................


Essa é a foto do jogo de futsal que fui ver no domingo no Ginásio de Komazawa em Tokyo.



Comentários

R.Vinicius disse…
Oi. Como está? O blog tem crescido! Eu acho isso ótimo! Também os assuntos terem seguido o ritmo. Ao falar sobre as aulas de japonês, lembro das palavras que me enviaste nos comentários (aprendi algo contigo) além de todas as vezes que a leio. Sobre roupas não sei bem o que dizer; em primeiro lugar não saberia o que dizer por não conhecer seus traços, entende? Ao conhecê-los se tem mais nítidos a harmonia do traje. Bem, até a próxima. Postei no Folhas e no Submerso - versos, poemas a Rembrandt e Van Gogh. Fica o convite. Abraço.
Eh legal a abordagem que vc traz sobre novos temas.
Realmente falar sobre roupas é interessante, porque o que se usa aqui e está a venda costuma ser mto diferente do que se usa no Brasil.

E essas roupas q vc comprou são bem bonitinhas.

Menos 28 graus...nossa... eh mto frio! Que loucura! tudo congelado! Mas vale a pena enfrentar o frio em um bonito passeio desses ne?

Legal o post, bjao pra vc Elisa!
Gesiane disse…
Ahhh as roupinhas são totemo kawaii... Vc segue então um estilo meiguinho... e sem vergonha amiga de mostar como vc é, as pessoas que gostam de vc de verdade vão continuar gostando de vc como vc é!!!

Se conheço este ator... rsss...Conheci primeiro em um dorama chamado Zettai kareshi, depois este ano vi mais dois com ele: Mei-chan no Shitsuji (mas este eu vi por causa do meu quiridinho Osamu Mukai) e MR. BRAIN (com o faz de tudo do SMAP)... e claro levei um susto no inicio do ano quando ele e a Ayaka anunciaram que já estavam casados @__@

Ah, domo arigatou por falar no meu bloguxo!

beijos
Fabiano Mayrink disse…
Sao lindas as roupas, as achei delicadas com cara de primavera oriental, nossa 28 graus negativos é muito frio... Aquele monte de roupas esquenta de verdade?
Andrea disse…
Elisa ,suas roupas parecem com os modelos das roupas da Mônica ,lindas !!!!

O "gatinho " é muito bonito mesmo ,minha sobrinha ia gostar ..

beijão pr vc
Angela disse…
Elisa,
As suas roupas são doces, meigas e românticas. As roupas costumam monstrar o nosso interior. Esses tons suaves, com florzinhas, bolinhas ou detalhes pequeninos podem significar que esperamos gentilezas e delicadezas do parceiro.Pode ser que estejamos buscando um amor daqueles que nos fazem suspirar... Pode ser tudo isso ou nada disso, não estou generalizando, apenas congecturando, rsrsrs.
Obrigada pela visita e orações pela saúde de meu paizinho, ele continua internado.
Bjs
Mari disse…
Oi Elisa ,as roupas são fofas,mas diferentes daqui do Brasil,a moda dai é bem diferente,eu prefiro as roupas de crianças ,são mais bonitinhas do q de adulto,mas esses floridinhos sao fofos
Aí eu tunha dificuldade em comprar roupas,pois é dificil achar um que me agradava,agora as batians que gostam das roupas dai,ela sempre achavam bom qdo mandavamos a elas
E 28 graus?Que que é isso menina?
E eu q dormia com o sutobu,ar condicionado ligado e tinha vez que dormia de baixo do kotatsu pq nao aguentava o frio kkkk
todos riam de mim,mas pelo menos nao passava frio kkk
Bjos
mar e ilha disse…
Elisa, vc tem o mesmo estilo de minha irmã Mônica.Olha, adorei suas dicas de NY e não conheço tudo de lá não e é sempre ver a cidade pelo olhos dos outros. As vezes passamos mil vezes no mesmo lugar e não notamos algo e de repente alguém nos chama atenção para um detalhe que não tinhamos percebido. Não é verdade? ~Um beijão
J.R disse…
Estamos em segundo lugar do Camp. Brasileiro. Atrás do Palmeiras e seguidos por Inter E o Atletico Mineiro.... o bicho tá pegando. Demos uma esticada no começo, agora eatamos meio trôpegos. Mas vai dar certo!!!

Ir ao Estádio com o Pai é muito bom né? Lembro-me de ir a VIla Belmiro com meu pai, ele é santista.

Lembro-me de tanta coisa...rs.


Este post novo seu não tem muito o que eu comentar... Não manjo nada de MODA...nem de novela...rss...Mas passei aqui pra te mandar um bj!

bjusss!!
Desabafando disse…
Achei as roupas muito kawaii...rsrsrs...vc deve ser meiga! E vergonha do que? Adoro a diversidade dos assuntos que vc aborda! Acabo aprendendo muita coisa aqui!
Daniel disse…
Elisa, o seu blog é legal pq contém muitas informações.
Beijos
Bah disse…
Nossa, nunca comprei uma peça de roupa da Right-on. Meu negócio é a baciada do Shimamura, Jusco e Uniqlo rs, aquela coisa de pobre sabe? Qdo voltei para o Brasil na 2x eu voltei pelos EUA (pra nunca mais mesmo), desci no aeroporto de NY, engraçado, na época eu fumava, os caras deixaram a gente sair na rua para fumar. Os banheiros pareciam de estação de trem. Lembro do taxista perguntando se queria ir pra downtown rs... qq ilegal poderia ficar por lá rs. Pode escrever muuuita coisa se quiser, adoro saber curiosidades de outros lugares, principalmente para os lugares onde eu ainda não fui.

Kisu!
Oi Elisa,
obrigada pela vistinha la no meu blog e por seguilo tambem!
Bom, como voce perguntou, quando fui ao Japao, sim fui a todos os jogos do Brasil inclusive a final em que o Brasil foi penta, no jogo contra a Alemanha, que foi em Yokohama! E fico muito feliz de ter participado dessa festa.
Mas isso foram outros tempos, sem criancas... Agora de ferias, so para o Brasil. pra visitar a familia ou pra Disney, onde todos se divertem sem reclamar de nada!
Mas com certeza, comida japonesa sera sempre a minhaa preferida!!!
Mônica disse…
POis eu tenho vergonha de dizer que não aprendi a cozinhar. Quase apanhei do papai por causa disto e não aprendi
E as roupas eu adorei ve-las. Tinha uma curiosidade!
com carinho MOnica
Cibelle disse…
Oi!!! Não ficou nada de confuso, você só falou de várias coisas em uma mesma postagem! Ficou ótimo, bem eclético!!! rsrsrs... beijos...
Monica disse…
Elisa, eu tb adoro roupas com estampas delicadas de flores!
Pode mostrar mais roupas sempre que quiser, adorei a novidade!
bj,
Monica.
Oi Elisa, essa marca RIght on tem aqui nas lojas dentro do Jasco.
Tem muita coisinha legal mesmo.
Então aqui acabou tudo bem, foi só o susto daquela sirene tocando durante vários minutos!!!rs...
beijinhos
Aninha Leme disse…
UIAAAAAAAAAAAAAAA
adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiii
estou me achando por ter sido mencionada no seu post! uhuuu
concatenam? blog da Elisa tb é cultura!! eu nunca tinha ouvido falar dessa palavra difícil!!!
adorei suas roupinhas, principalmente a primeira, aquela rosa!! ahahah eu AMO rosa!

estou com saudades de vir aqui mais vezes, mas ando muito exausta de trabalhar e estudar! hunfs

(prometo que venho 3x por semana!)

besossssssssssssssssssss
Que legal sua idéia de mostrar as roupas, eu só conheço as roupas clássicas e as roupas do pessoal de tribo urbana dai (amooo)...mostre mais as roupinhas dai, q eu vou adorar, e não precisar ficar com vergonha não =P


Boa Sexta =]
Miquilisss
Bru
Elisa ...
Eu me esquecí que voce está do outro lado do mundo.
Enquanto estou aquí a brigar com minha insônia, voce deve estar a mil por hora...rsrs
Adorei o seu blog, ele transpira fofura e delicadeza.
Eu tenho um interesse especial pelo furoshiki e até pensei em lançar uma campanha perto do natal pra diminuir o lixo, afinal o papel de presente poderia ser substituito pelo furoshiki e ainda ser parte do presente.
Tenho uma postagem falando especialmente sobre isso.
Quanto ao nome do blog ser poderosa ponto com é porque meu nome verdadeiro é "Isis"...rsrsr
Beijos...
Blog do Óbvio disse…
Elisa, você é sensacional! Quer dizer que o pessoal da "blogagem" vem fazendo você "perder a vergonha"? Hehehe! Perder a vergonha e ficar sem vergonha é a mesma coisa? rsrsrs! Você é muito divertida. O aniversário da Aninha (minha amiga "fofinha") é dia 17 mesmo. Correto! Achei bonitinhas as roupinhas. É bom conhecer os costumes daí.
Quanto a New York, tinha que ter algo de ruim. Tava tudo muito certinho, rs! Pensei que fosse coisa pior, mas sendo só o frio, já estamos avisados.
Muito legal a foto do Futsal. Muito bom passear no seu blog, Elisa. Amanhã estarei de volta. Uma beijoca com muito carinho. Manoel.
Lisa Nunes disse…
Elisa
tinha te escrito ontem sobre este post, mas não sei que houve, ele sumiu.

Adorei as roupas kawaii, são românticas e delicadas; elas fazem um contraponto interessante.

Sobre o ator Hiro Mizushima, eu não o conhecia. Que olhar bonito ele tem, pode seguir mandando mais fotinhos desses 'gatinhos' que vamos adorar!!
beijinhos

Postagens mais visitadas deste blog

7. Guêr ou ger, tenda-vivenda da Mongolia

Hoje vou mostrar como se monta uma tenda ou casa mongol. Ela se chama ger (guêr). Construir o ger fazia parte desta nossa viagem.
Na época que eu fui a temperatura estava entre 10 a 15 graus de manhã e a noite. Durante o dia estava entre 20 e 25 graus. Foi agradável e deu para fugir um pouco desse calor infernal que está fazendo no Japão esse ano.
Primeiro coloca-se a porta e estrutura da parede.
Em seguinda monta-se o pilar central dentro do ger. Colocam a base do teto. Olhem que gracinha esse menino no centro da foto.
Não sei se esse garotinho queria ajudar ou brincar, mas lá estava ele escalando a grade.
O esqueleto do ger é coberto com pano e cobertor de lã de camelo.
Cobrem o teto e paredes com tecidos grossos para proteger do frio. O menino ainda está lá.







Cobrem com o tecido branco característico de todos os gers. Meu filho quando pequeno também era assim, queria ajudar em tudo. Aliás, ele ajudou muito para fazer esse ger. E gostou da experiência.
Fiquei refletindo. Nós das cidades quando const…

8. Mongolia: roupas e comida

Hoje vou falar da roupa e comida da Mongólia.
Eu sei que Mongólia tem acento. Mas no título não coloquei de propósito porque assim, podem fazer um hit em inglês e pelo menos poderão ver as fotos. Já com acento acho que não aparecerá nas buscas em inglês.
A roupa que as mulheres estão usando se chama dêr. É longo, quentinho, protege bem do frio.
Com essa roupa as mulheres podem se afastam um pouco do ger (tendas) e vão fazer xixi. Elas se agacham e o dêr cobre tudo. Muito prático. Dá até para andar a cavalo.

A roupa típica dos nômades para homens também se chama dêr. O Dêr dos homens não é estampado como das mulheres. Esses dois homens, o do centro e do lado esquerdo usam dêr cinza com faixas coloridas. O homem da foto abaixo usa dêr azul. Na cabeça usam boné ou chapéu tipo ocidental. Eu acho que chapéu e bonê não combinam com o dêr. Mas o chapéu típico é assim: Imagine a metade de um coco. Em cima do coco, bem no meio fica um chifre comprido com uma bolinha na ponta. É meio esquisito, acho que por i…

Verduras no vapor

Ultimamente tenho usado essa cuscuzeira para cozinhar verduras e legumes. No vapor. Sempre achei que demorava muito para fazer batatas cozidas. Leva todo o tempo de esquentar a água. No vapor vai muito mais rápido. Depois da batata, experimentei cozinhar abóbora como na foto. Deu certo com vagem, espinafre (horensô), batata doce, quiabo, aspargos, etc.
É mais rápido, ecológico e as verduras ficam mais gostosas. Acho que perdem menos nutrientes porque eles não vão embora junto com a água do cozimento. Adoro soluções assim, boas em muitos sentidos.
Comprei essa cuscuzeira em São Paulo. Vc pode encontrar em casas do norte, que são lojas de produtos do nordeste. Lá no nordeste essa panela é muito usada para fazer cuscuz.
No começo eu só usava para fazer cuscuz. Hoje uso também para cozinhar verduras no vapor.