-->



Amamentação, flores raras e Luciana


Gosto de novidades, vou apresentar uma: vou fazer um match-making, ou seja apresentar duas pessoas de blogs diferentes que acho que combinam. Tenho acompanhado esses dois blogs há alguns meses, tenho visto o comentário deles, mas acho que um não visita o outro. São os blogs Penso, logo brigo da Luciana de Salvador e o Blog do Óbvio do Manoel. Não se sintam obrigados a fazer visitas recíprocas, mas gostaria muito de ver os comentários do Manoel sobre os posts da Luciana. O nome do blog da Luciana tem esse jeito de "propaganda de academia de boxe", mas ela é um amor de pessoa. Conhecendo melhor, queria falar isso para a Luciana : "os puros de coração são sinceros e verdadeiros, não podem ver injustiças e coisas erradas. Precisam se levantar e falar. São essas pessoas que vão mudar o mundo aos poucos." (levei 3 dias para elaborar essa frase, gostou?) Ela só não gosta de ser chamada de Juliana, cuidado. Além disso, é rápida, objetiva e eficiente.



O Rick do blog Coisas da Vida
é papai há 7 dias, parabéns.
Vc escreveu o seguinte no seu blog:

"...que o leite materno é um grande alimento para o recém nascido e fica aquele medo e se não tiver leite, e se nunca vier, será que terei que dar leite industrializado, como vai ser o desenvolvimento dele. São muito as dúvidas que pairam nesse momento, ..."

Para responder a essa pergunta gostaria de dar meu relato.

Sempre escutei que é bom amamentar, mas o meu bebê nasceu e nada de leite.
Na verdade saía muito pouquinho leite, que na época não era suficiente para o bebê. Voltando da maternidade para casa, ele chorava a noite toda. Escutei também que se der de mamar, o leite vai aumentando. Como ele chorava muito, dei de mamar a cada 15 minutos, a noite inteira. Nem dormia. Chorava, dava de mamar. Durante 1 mês, tive que dar leite em pó para ele junto com o leite materno. Aos poucos o leite foi aumentando e pude descartar o leite de latinha definitivamente.

Contei para a enfermeira do hospital e ela disse que em mais de 20 anos de carreira nunca tinha visto uma mãe tão esforçada e obstinada, que eu estava de parabéns. Todas desistem do leite materno logo no começo. Exagero dessa enfermeira.

Comecei a dar só leite materno. Durante seis meses, nem água nem suquinho. É o bastante. Amamentei durante 10 meses e só parei porque o médico pediu pelamordedeus para eu parar porque tive mastite pela segunda vez. Mastite (inflamação dos seios).

Amamentei porque escutei que é bom para os ossos, dentes do bebê e muitas outras coisas.

Conclusão:
-dando de mamar aumenta o leite
-meu filho ficou forte, tem dentes e ossos fortes
-bebê que mama dorme bem melhor porque fica cansadinho
-é mito que o peito de todas as mulheres cai depois de amamentar. O meu não caiu nem ficou flácido.

Uma das melhores coisas é que amamentando perdemos peso bem rápido. Nos 10 meses que amamentei, perdi 10 kg. Viva! E as amigas que deram só leite de latinha continuaram gordonas. (que comentário maldoso) Mas é para vcs se animarem a amamentar. Eu comia, comia e perdia peso, uma beleza. Graças ao bebê guloso.

Viu Rick? No começo é duro, mas vai dar certo. É só persisitir. Já que vc não tem leite, que tal ajudar em tudo o que puder para a sua esposa poder se concentrar no aumento da produção de leite? Boa sorte Rick.

Mamães que leem esse blog, como foi a sua experiência?

Dr. Teórico, se puder poderia me responder? Tudo isso que escrevi é empírico, mas se houver algo errado, gostaria de corrigir.


....................................................

Obrigada Andrea, vc fez um belo post sobre as sementinhas que enviei.
Não sou Marlon Brando mas estou distribuindo sementes, vejam só! E com a ajuda de pessoas carinhosas como vocês. Muito obrigada.
Lisa, Fabiano e Miquilis, aguardem que enviarei suas sementinhas.
Vejam o post no blog De tudo um pouco.

..................................................

Eu andava meio insatisfeita com meu modo de ler.
Estou tentando ler livro assim: pego um pedaço, tipo meia página, não leio tudo do modo convencional. Leio só o meio, depois na diagonal, depois de baixo para cima. Tudo bem rápido. Parece que assim leio melhor e consigo entender tudo.
Alguém mais lê assim? Ou de um jeito diferente?
Queria trocar ideias.

...................................................

Mudando totalmente de assunto: hoje de manhã estava vendo o JN. Assino a Globo Internacional. Aqui o JN passa de manhã e o Bom Dia Brasil passa à noite por causa da diferença de fuso horário. rs O pessoal estranha no começo.

Falo pouco de política aqui, mas não é que não pense. É o que mais se discute aqui em casa, além de futebol. Mas hoje vim falar de um certo político.

Pois então: ouvi o ilustre ministro Edison Lobão dizendo o seguinte: -no mundo todo existe problema de abastecimento de energia elétrica, apagão. MENTIRA!! Não se pode generalizar assim. Aqui no Japão não tem apagão. Não estou me gabando do Japão, nem sou japonesa. Estou apenas relatando a realidade.

...................................................

Vou escrever mais nesse mesmo post.
Sobre o caso da moça de micro vestido. Se fosse no Japão quase todas as colegiais seriam suspensas, expulsas da escola. Não sobraria menina nos colégios. rs Elas usam saia como uniforme escolar e quando vão a Shibuya, Yokohama dobram o cós da saia na cintura e a ela acaba ficando curtíssima. Quem morou ou mora no Japão deve estar cansado de ver.




49 comentários:

Elisa no blog disse...

Aqui nesse espaço, um pode conversar com o outro, bater papo. Pode vir para dizer apenas um oi tudo bem que eu já fico muy contente.

Mari disse...

Oi ....rs
Elisa tdb?
Entao sobre o brimco vc escolhe o modelo q eu te mando sim ta
Qto a amamentação....tive dois filhos,a primeira eu tive leite e muito,mas ela nao mamava e so chorava,o leite espirrava de meus seios pq ela nao tomava,entao ela foi uma bb de caixinha,rs
Agora o meu pekeno esse mamou ate os sei meses e tive q dar mamadeira pra complementar,pq esse foi guloso,rs
Depois ele nao quis mais mamar no peito e ate hj beb leite de cx antes de dormir e durante anoite ele acorda e pede,mas eu dou no copinho com tampa e bico,mo bezerro!!!Rs
a minha maior teve os dentes todos emendados qdo criança pq nao mamou no peito,agora o pekeno tem os dentes branquinhos e lindos sem nenhuima carie,por causa q amamentou no peito,e vc esqueceu de dizer q quem amamenta perde o ´peso mais rapido do que quem da mamadeira,qto aos peitos.....é a lei da gravidade!!!!rs
deixa eu parar por aqui senão vou encher a sua pagina kkk
Bjos no coração

Elisa no blog disse...

Mari querida,
Bem lembrado, fui lá no texto e acrescentei sobre emagrecer amamentando. Obrigada por lembrar isso é muito importante. Mas pretendo escrever mais um pouquinho sobre leite materno outro dia. Parabéns por seus filhos e por ter amamentado. Oba, vou ver o modelo do brinco.

Patricia Mascarenhas disse...

Oi querida,
A minha experiencia com amamentar foi longa! (3 filhos!).
Com todos o meu peito feriu muito no inicio, mas segui adiante.
o primeiro mamou bem ate os 8 meses, o segundo engasgava tanto no peito e chorava tanto, que decidi tirar na bombinha e dar na mamadeira. mamou assim ate os 5 meses. Com a terceira estava muito cansada, o segundo filho ainda era um bebe quando ela nasceu e eu ja nao tinha a mesma disposicao e paciencia... Tinha pouco leite e complementei o leite materno ate o 5 mes, quando parei de vez sem maiores traumas.
Tenho uma grande amiga, Poliane Latta, que edita um site muito interessante sobre o tema. O Relatos do Amamentar, que sao depoimentos de mamaes sobre amamentacao.
relatosdoamamentar.multiply.com

Um abraco

P.S. nao sei de onde foi tirada aquela foto, mas gostaria de saber!!!

mar e ilha disse...

Elisa,
como assim: ler na diagonal? Nunca li assim, mas tenho leitura dinamica sem nunca ter feito nenhum curso. Uma vez fui fazer um estágio e o meu chefe mandou eu ler uma inicial enorme de um processo.Acho que ele estava ocupado e queria que eu me ocupasse. Li rapidinho e voltei a ele perguntando o que fazer? Ele incrédulodisse: não acredito que vc já leu. E eu respondi que sim e ainda fiz um resumo do que estava lá. Ele ficou "bobo". Mas como disse: isso é um dom e ninguém me ensinou

Márcia disse...

Elisa, o seu blog é a coisa mais fofa da blogsfera!!!...Indiquei para uma amiga que tb morou no Japão...Parabéns!

Fabiano Mayrink disse...

Elisa que legal o Rick parece estar mais preocupado com o leite do que a proprio esposa rs, isso é importante, tambem ja ouvi falar que quanto mais amamentar, mais vai da leite, dizem que eu nao mamei direito, deve ser por isso que hoje sou meio magrelo fraquinho rsrs...

to aguardando ansioso pelas sementinhas :)

nunca ouvi ninguem dizer que le deste jeito, que interesante, bom eu acho que se eu nao estiver enganado as frases japonesas se leem de cima pra baixo é isso mesmo?

um abraço!

Heloísa disse...

Elisa,
Muito bom seu depoimento sobre a amamentação. É isso mesmo : persistência e complementação (só quando necessário).
Amamentei meus dois filhos (faz teeeempo) e minha filha foi bem persistente na amamentação da minha netinha. Teve algumas dificuldades, nas não desistiu. Fez até acupuntura, na busca de uma boa amamentação.
Beijos.

Sandra disse...

Acabei de indicar seu post para uma amiga que está com um bebê de 7 dias. Ela "adotou a barriga" e assim que o bebê chegou já começou a sentir que ia ter leite. Por enquanto é só um pouquinho, mas tenho certeza de que ela vai conseguir amamentar...
Beijos

Veri Prado disse...

Eliisa!
Amei o post! Não sou mãe ainda, mas é incrível como quando a gente tem o instinto né?! Consegui até sentir as dores da mastite!! Meu Deus!! aushuaushuas!!
Eu leo do jeito tradicional mesmo! Devagarinho e sempre!
Um beijo grande!!

Luciana Guimarães disse...

Não tenho filhos, mas acompanhei minha irmã durante o pós parto. Ela não tinha leite e o bebê chorava demais. Acabamos dando leite de lata para ele, que não teve problemas de saúde até os 10 meses, depois teve váááááárias crises alérgicas, que só pararam agora na adolescência. Só soube desse apagão no dia seguinte, porque aqui na Bahia não teve falta de energia. Em Salvador não sofremos com a falta de energia e acho um exagero o que a imprensa está fazendo. Não é comum ter apagões como esse aqui no Brasil. Pelo menos não que eu tenha ouvido falar. É importante, sim, precaver, mas ficar tratando a situação como caótica, na linha da miséria, é apenas querer preencher a pauta de notícias diárias. Ou seja: falta de assunto... rsrsrsrs... Bjs e está tudo a caminho, viu?

Elaine disse...

Elisa,
Muito obrigada por acompanhar meu blog!
Assim que tiver um tempinho volto para ler os seus com calma.
Beijos. Fique com Deus.

Kiyomi, a.k.a. Piggy disse...

Elisa, amei o post! Coitado do Rick, mas pai de primeira viagem é assim mesmo (ai, quem sou eu pra falar isso...).
Sobre amamentação: minha mãe amamentou os tres filhos (inclui a quem vos posta), acredite: até quase termos dois anos!! Só o mais novo que, alem de ter nascido de parto dificil, ficou pendurado na minha mãe até tres anos e meio!!!
Resultado: o mais novo é o maior consumidor de leite da família, ate eu perdia dele...(e o menino é magro que dói!)
Certa foi você que persistiu e olha o resultado que eu conferi rs
Ah: o que minha mãe fazia para ter mais leite pro mais novo... Ela bebia leite, comia canjica, o que fosse a base de leite ela estava comendo e bebendo.
Mas so que minha mae tem tendencia a engordar e, bem, ela ganhou mais dez quilos... Acho que varia de pessoa pra pessoa. Mas tambem: dois filhos e o terceiro vir depois de onze anos, a gente tem que dar um desconto ahahah
Beijos!!!

Kiyomi, a.k.a. Piggy disse...

Ah, sim. Tambem gostei do novo template!!!
Beijos!

Elisa no blog disse...

Patrícia,
com 3 filhos, vc está de parabéns. eu só tenho um por isso me esforcei. Não sei o que seria com mais.
Vou conferir esse site, obrigada. como é que vc conhece tantos sites legais?

Elisa no blog disse...

Marília,
preciso saber mais sobre esse seu jeito de ler. vc me conta como é? vou te visitar no blog.

Márcia,
não encontrei seu e-mail ou blog. então escrevo aqui. fiquei muito muito contente com suas palavras. a coisa mais fofa da blogsfera? me deixou muito feliz.

Fabiano,
eu tb não mamei no peito, como vc. como não dá para a gente mamar mais, o que podemos fazer é comer bem tentar ser saudável para compensar a falta de leite quando bebês.
japonês se escreve da direita para a esq, de cima para baixo. OU como português.

Heloísa,
obrigada pelo seu relato.
Acupuntura para amamentar melhor eu nunca tinha ouvido, que interessante.

Patricia Mascarenhas disse...

Oi Elisa,
Bom, esse site eu conheco desde bem antes de ser blogueira. Eh de uma amiga brasileira que morava aqui na India. Ela ja foi embora, mas sempre estamos em contato, ja que nossos maridos trabalham na mesma empresa.

Andrea disse...

Elisa ,não tenho filhos mas acompanhei muito a minha irmã com seus filhos e a minha cunhada.
A Elisa (minha irmã) meu pai falava que se ela fosse vaca .rsrsrs ia valer bem porque era boa parideira ,,rs .porque os filhos nasciam rapidinhos e de parto normal e era também boa de leite .
Mas não lembro até qdo deu leite pros filhos .Sei que a Thais ,depois que parou de mamar no peito teve vários problemas porque era alegica a outros leites e foi uma peleja até adaptar a um .
O que seu certo foi de soja .

Gostei desse tema do seu blog .

Beijão e obrigada por mencionar o meu blog .Cvb é uma fofa !!!

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Muito importante esse post sobre leite materno, até um alerta para mães que ficam receosas sobre o fato do seio cair, de como agir quando o leite for escasso... e da importância do mesmo.

Eu leio primeiro de "passada geral". Leio rapido, por cima. E depois retorno ao texto e leio em sequência. Dai sinto que consigo digerir melhor o texto.

Yoimachi Gusa é linda ne. No Brasil realmente nunca vi. Bacana você divulgar uma nova espécie por lá. E divulgar flores, verde, natureza. Amizade Eco!

Adorei o post. E vou lá conhecer o De Tudo um Pouco!

Bah disse...

Ele quis dizer que tem apagão direto no Paraguai rs pq lá apagão é a coisa mais normal do mundo rs... sobre leite não posso dizer mto rs, mas quem sabe qdo eu tiver o meu próprio? rs... com certeza vou me lembrar disso... eu já te mandei 3x o e-mail não voltou sinal de que foi enviado, mas se vc não recebeu algua coisa tem algo de errado rs... o endereço que eu mandei foi esse: bom.pink1@gmail.com

Kisu!

Marcia disse...

Oi Elisa, meu email e msn é belissima79@hotmail.com
Eu tenho um blog, mas é recente e eu o fiz apenas para desabafar, logo mais crio coragem para divulga-lo...rs...beijos

Desabafando disse...

amiga....não posso palpitar sobre amamentação e filhos pq ainda não passei por nenhuma dessas experiências..rsrsrs....

e como assim que vc lê na diagonal? não entendi essa parte...é possível isso?

E eu tb estranharia assistir o JN de manhã...rsrsrs....

Aqui em casa ficamos sem luz tb, mas nos quarteirões vizinhos tinha luz, tanto que cheguei a pensar que era algo localizado no bairro...rsrsrs...

Mari disse...

Elisa oi
Deixei um meme pra vc
Muito legal,espero q vc particpe,ta la no meu blog ta
Bjos

Aninha Leme disse...

oi fofura

não posso opinar sobre amamentação ainda. rsrs
quem sabe um dia.

o apagão aqui foi cruel, porque dormir sem ar geladinho é durooooooo.

eu tenho mania de ler revistas de trás pra frente. começo do fim e vou vindo pro inicio.
diagonal já é demais!
sou meio disléxica, mas com muito treino e concentração venci essa barreira.
Os livros eu leio normalmente.

besoss

Rick disse...

Ola Elisa!!!
Obrigado pelos parabéns!!
E por dedicar sua postagem para responder minhas dúvidas.
Que bom que você conseguiu amamentar tanto tempo, se puder tentarei manter a amamentação do meu filho até onde puder.
E é bom saber que outras pessoas também não tem leite no começo e depois aparece.

Bjos!!

Fernanda Reali disse...

Oi, Elisa! Adorei o post e parabéns para os novos papai-mamãe.

Eu odiei amamentar, fiquei exausta, presa, pois meus dois filhos eram bezerrinhos e mamavam muuuito. Mas acho que o esforço compensa sim.

A gente tem o alimento na temperatura certa, não precisa sair carregando sacoladas, nem tem trabalho esterizando tudo. Comer bem,repousar, tomar muito líquido ajuda muito. Dói o peito, doem as costas, dói o pescoço, é difícil aprender a posição certa para o bebe não engolir ar, mas a gente pega o jeito. Existem sites que mostram direitinho como se faz para evitar cólicas e dores.

Fiquei bem magrinha em 3 meses.

Beijos e tudo de bom para o bebê!

Fabiana disse...

Elisa,
a minha filha que hoje tem 10 aninhos, nasceu no Japão, e na epoca, não tinha a net, nem os blogs para me ajudar, foi tudo conversas que ouvia aqui e ali.
No meu caso, tinha muito leite, só que endureceu tudo no meu peito, não estava saindo mais leite,e doía tanto, aí minha mãe pegou um pano quente e colocou sob os meus seios, e foi fazendo isso, até que o leite começou a sair, e graças a Deus eu amamentei minha filha até os 3 anos, e olha que saía leite ainda.
Com o meu filho, e já com a experiencia do primeiro, não tive tantos problemas e também amamentei ele até os 3 anos.
acho que não existe momento mais emocionante e lindo que esse.
bjs

Blog do Óbvio disse...

Elisa, minha querida amiga. Em primeiro lugar, meus parabéns pela iniciativa da amamentação. A maior parte das "moçoilas" que conheço, tinham leite e tomaram uma certa injeção para secar o leite. Tudo por causa da estética. Tá certo que temos que compreender as pessoas, mas burrice assim é demais, né? Foi muito importante esse depoimento que você deu e o resultado que obteve.
-----------------------------------
Parabéns ao Rick pela aquisição da responsabilidade por uma nova vida.
-----------------------------------
Você falou no modo de ler e eu nunca reparei como é que leio. Acho que é normal. Até agora (nos meus doces 15 anos de idade) entendí tudo que lí. O que não entendí é porque me faltava capacidade para tal. Então...!
-----------------------------------
Quanto ao apagão foi muito esclarecedor o seu comentário. Tenho dó de como o pessoal responsável justifica os acontecimentos por aquí. É lamentável! Um jornalista da TV Bandeirantes até brincou durante o jornal citando que do modo que o ministro justificou, nos Estados Unidos e Japão deveria ter apagâo todos os dias.
O pessoal mais esclarecido não acredita no que dizem, contudo acho que temos em torno de 80% que acredita.
-----------------------------------
Elisa, minha amiguinha e companheira de filmes do Snoopy, no Cine Palas, regado aquela famosa pipoquinha comprada de mãos dadas. Ví na internet a declaração de um parente do Marlon Brando processando você por estar tentando semear mais do que ele. A cada vento que vem do Japão e chega na Estação Rodoviária de Taubaté podemos perceber milhares de sementinhas vindas por intermédio de uma princesa do sol nascente chamada Elisa.
Bem, chega de bobagem, né? Adorei o comentário que vc fez no meu blog. Você é uma amiga muito "fôfa" mesmo. Falando em linguagem daquí: "Nóis love ocê!"
Beijokas com carinho. Manoel.

Elisa no blog disse...

Sandra,
Certamente ela terá mais leite ao amamentar. Eu tive essa experiência e posso comprovar. Um beijo e parabéns para ela e vc que é uma amiga preocupada.

Veri
sensível como é acho que serás uma mãe maravilhosa. Porque li muitos livros, mas na hora que aperta resolvemos com amor e intuição, coisas que vc parece ter de sobra, além da criatividade, doçura e bondade. Essenciais ao meu ver para ser uma boa mãe. e a dor da mastite passou? rs

Luciana,
bom que a alergia passou na adolescência porque conheço pessoas que tiveram alergias diversas até a vida adulta. obrigada por tudo mesmo.

Elaine,
obrigada pela visita, imagino que devas ser muito ocupada com o seu blog. venha quando puder que ficarei contente.

Kiyomi,
mamou até os 3 anos? Meu pai mamou até os 7 anos. é por isso que vc é tão saudável. com 3 anos talvez vc até se lembre de quando mamava não é mesmo?

nieninquë disse...

Bem até onde eu saiba eh mto importante a amamentação, mas eu não sou mto da maternagem, alias não quero filhos hehehe, sei o q tenho q saber por conta da minha futura profissão hehehe

Nha vc me chama de Miquilis, ninguem vai saber q sou eu hehehehe =P

Boa Sextaaaa
Beijosss (ahahahaha)
Bru =]
www.farofadbatata.blogspot.com

Elisa no blog disse...

Andréa,
mencionei vc com muito prazer, afinal a gentileza foi sua. leia o comentário do Manoel mais abaixo do seu falando sobre as sementes, está muito engraçado. Sua irmã Elisa tem sorte. eu tive gravidez difícil, parto difícil, amamentação complicadíssima. Mas compensou porque meu filho é um bom menino, estudioso, obediente, come de tudo, não me dá trabalho nenhum. Compensou as dificuldades da gravidez.
To sentindo falta da Mônica.

Mauj,
vc é um cara muito consciente. comenta tudo com cuidado. O blog De tudo um pouco é muito bom, é da Andréa, irmã da Mônica Paiva. Elas são uns amores de Minas. Acredita que já me tratam como parente? Queria muito que vc frequentasse os blogs dela para receber todo o carinho que elas têm.

Bah,
3 vezes? ainda não chegou. mas vou eu escrever. que bom vc vai passar o Natal com a família. curta bastante.

Marcia,
já anotei seu e-mail. blog é bom para isso tb: desabafar. Tem uma moça que tem um blog chamado Desabafando e sonhando. Ela desabafa e a gente segue, comenta. Ela é muito humana, está bem abaixo do seu. Divulgue logo que a gente quer saber e seguir.

Gesiane disse...

Amiga saudades de vc, ai que correria está minha vidinha...

Minha mãe não tinha leite, então desde pequeninha tomei leite da vaquinha rsss... concordo contudo que vc falou que amamentar é tudo de bom, não sei direito o porque que minha mãe não conseguiu me amamentar.. mas a vaquinha deu conta do recado!!!

Beijos amiga

Elisa no blog disse...

DEsabafando,
não sei como, mas tentei ler assim e deu certo, mas ao mesmo tempo, li só no meio tb.
Todos os programas vem em horário diferente. O Mais Vc é às 5 da tarde, etc...

Mari,
obrigada, vou lá pegar.

Aninha,
Revistas do fim para o começo? AS revistas japonesas são assim. Vc tá japonesa e não percebeu.!!

Rick,
Depois de um tempo eu tinha tanto, tanto leite que queria mais um bebê! sobrava muito leite. Enquanto que uma mãe que teve nenê no mesmo dia que eu e tinha muuuito leite, parou de dar o peito com 2 meses e o leite secou. eu que não tinha no começo mas insisti, tive muito, muito.
vc viu tem outros comentários te desejando parabéns.

FErnanda,
vc descreveu tão bem que o leite a gente já carrega, não precisa levar sacolas, etc.. eu estava bem magrinha depois de 6 meses. depois disso fui perdendo peso, mas perdi demais. depois recuperei.

Fabiana,
o meu também empedrava sempre. doía muito. entupia, eu desentupia com ponta de agulha de costura esterilizada. e não podia fazer sangrar. foi muito duro, mas insisti. mas entupia sempre, mesmo com todos os cuidados e por isso tive mastite. vc está de parabéns, amamentou durante 3 anos cada um! vou lá pegar o selinho. tenho vários acumulados, vou te passar.
bj

Dea アンドレア disse...

Oi Elisa, vc tem razão. Eu não tenho filhos, mas minha amiga q mora aq no predio tb brasileira, está c nenem de 5 meses e ela ja perdeu os 10 kilos! só de amamentar.
Sobre o DutyFree eu ja estou c a minha listinha de make, nesse shop só comprei curvex!!
bjokas

Poderosa Ponto Com disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dil Santos disse...

Oi Elisa, tudo bem?
Gostei do post, sessão tira dúvida, rsrs
Ah, menina obrigado pelas lindas palavras, fico honrado ao lê-las.
Bjos querida
:)

Blog do Óbvio disse...

Elisa, quanto à saia da menina da Uniban, eu particularmente acho que foi uma jogada. Pode acreditar que logo logo a "donzela deve aparecer nua na Playboy. A mulherada por aquí anda semi nua e ninguém faz protesto. Eu até acho que embeleza nossas tardes de verão. Também me sensibilizo com as "coitadinhas" que não podem passar tanto calor e a solução é reduzir as roupas. Beijos acalorados. Manoel.

Se o "se" não tivesse ficado só no "se" disse...

Nossa, que o post dinâmico, sua cabeça devia estar fervilhando de idéias não? E definitivamente n entendi seu modo de ler....

Athila Goyaz disse...

Oi linda tudo bem?

Nossa qts assuntos! :p

to devendo mais visita aqui hehehe

Super beijo!

Anônimo disse...

Elisa acho que vc entendeu mal o post sobre o IPTU.
Tem uma longa explicação lá no meu blog que até foi bom porque ao te responder complementei o post com algumas coiss que não disse no post.
Bjo...

Anônimo disse...

Ué!!!!
Eu não postei como anônima?
Postei como Poderosa Ponto Com....rsrsr

Daniel disse...

Parabéns ao Papai blogueiro e achei muito bonito o que ele escreveu.
Filhos são bênçãos divinas.
Beijos

Vinicius disse...

Elisa,

- Uma idéia diferente; e quanto a história da amamentação (acaba-se por conhecer um pouco de ti, e sobre o assunto). O Blog cresceu e tornei-me pequeno.

Abraço.

Bah disse...

Ahh fiquei triste pq não recebeu meu e-mail :( Me manda outro endereço, talvez tenha ido pra lixeira direto achando que era spam :(. Adorei esse lance de match-making rss... Sobre a restituição, dá pra resgatar o shakai (a parte da aposentadoria) mas só qdo volta pro Br, só pode fazer o pedido daqui, já a restituição do imposto dá pra fazer ai, mas preferi fazer tudo junto. Vamos ficar separados de endereço por um tempo sim, vamos ver qto tempo eu aguento rs...

Não suma!

Kisu!

Blog do Óbvio disse...

Elisa, vou correndo conhecer o Blog da Juliana(kkkkkk!), digo Blog da Luciana. Pelo que você observou deve ser muito legal. Conheço a Luciana de vista através do Blog da Aninha. Mas vou até lá e direi que você recomendou que a chamasse de Juliana e quando ficasse mais íntimo chamasse de Jú, certo?!
Hoje tá um calor aquí sem explicação.
Dá uma falta de dinamismo na gente que nem sei. São 23:40 e não refrescou nada. Até o sol foi embora. Acho que não aguentou o calor e chamou a lua para o lugar dele. Ela está lá, bela e formosa e acabou de me perguntar quando eu vou comer pipoca de mãos dadas com a estrela do sol nascente, Elisa!
A pergunta fica no ar. Beijos acalorantes. Manoel.

Elisa no blog disse...

Miquilis, Bru, Farofas,
agora viraram nieninquë? o que quer dizer?

Gesiane,
eu tb não mamei no peito. nós assim temos que comer bem, etc para compensar a falta de leite materno, acho. Mas agora estamos grandinhas e não faz tanta diferença, né?

Dil,
imagine, vc que é sensível e especial, querido.

Athila, rei dos Hunos
ou não gosta de ser chamado assim?
Sempre vejo vc nos outros blogs, rsrs e confesso que estava sentindo sua falta. Bom ter sua visita.


Andréa,
Então vc concorda comigo que tem cosméticos que só dá pra comprar no Duty Free, né? Eu sempre compro meu batom Chanel só no duty free.
5 meses e perdeu 10 kg? eu levei 10 meses.

Manoel,
fora as gracinhas que adoro, é por isso que gosto dos seus comentários. Não sabia nem tinha pensado sob esse aspecto sobre a menina da UNIBAN. obrigada por me informar melhor.

Se...
eu tenho dificuldade de ler do modo convencional, é muito lento. então descobri esse jeito que para mim funciona.

Elisa no blog disse...

Daniel,
vc tb é uma benção divina na vida dos seus pais. Bonitas palavras, obrigada.

Vinícius,
Por que tornou-se pequeno? vc escreve coisas maravilhosas. Me conheceu um pouco mais com meu relato sobre amamentação? Fiquei com receio que os homens leitores ficassem fazendo fantasias com os meus seios...rsrs vc ficou? mas criei coragem porque o Rick precisava de informações.

Bah,
Vc será a próxima citada no match-making, aguarde. POsso citar vc?

Manoel,
POis é, a Juliana, digo Luciana frequenta o blog da Aninha, o meu, da Desabaafando... todas que acompanham o seu blog. Achei estranho que vcs não se conhecessem ainda. só não a chame de Juliana como já fiz no cabeçalho!! rsrs

Laély disse...

Oi, Elisa!
Legal, você estar dividindo a sua experiência quanto a amamentação.
Na verdade o que acontece, é que e maioria das mulheres tem 9 meses para se preparar e algumas, não se informam nada a respeito do assunto. Tá bom, que eu sou médica, mas quando fiquei grávida do meu primeiro filho, ainda estava na faculdade.
Li e reli um livrinho do pediatra José Martins Filho, esclarecendo de forma simples, as dúvidas mais frequentes das mães sobre a amamentação. Com as informações do livro, senti-me preparada psicologicamente para enfrentar as dificuldades relacionadas.
Amamentei os 3 filhos, exclusivamente ao peito, nos primeiros 6 meses.
Realmente, quanto mais você oferece, mais leite produz( e mais emagrece, é certo!). Oferecer mamadeira como complemento, é arriscado o bebê largar o peito, pois o bico da mamadeira é mais fácil de sugar.
Meus meninos têm boa saúde até hoje, usaram antibiótico pouquíssimas vezes e atribuo isso, ao tempo que mamaram no peito. O menor, mamou mais de 2 anos.
Vi que completou 1 ano de blog. Parabéns!
Em janeiro, o meu faz aniversário, também. Quero fazer uma promoçãozinho e você, não pode faltar.
Abraço!

Elisa no blog disse...

Laély,
obrigada pela consultoria médica. ou melhor pelo comentário. é tão bom escutar de uma médica, porque confirma tudo o que fiz na prática.
gostei mesmo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

  © Layout Elisa no Blog por Fabiano Mayrink Blog designer.