Pular para o conteúdo principal

Mongólia





É assim que vivem e trabalham os nômades nos estepes da Mongólia.




Um menino mongol.


Enfim hoje vou revelar o destino da minha viagem. Vou para a Mongólia.

É que não tinha saído o visto e se não saísse, não queria dar alarme falso.

Vocês que tem passaporte de país rico e desenvolvido nem imaginam,
mas nós brasileiros temos que tirar visto para vários países.
Em termos de PIB, o Brasil não é um país pobre, mas acho que devido à desigualdade social, muitos países exigem visto dos brasileiros.

As fotos não estão boas porque são fotos de fotos impressas no papel sulfite.
Na volta espero ter fotos melhores para mostrar aqui no blog.

Lá vou conhecer a capital Ulan Baator e acampar em tendas dos nômades de lá.

Desejo bom obon (feriado de Finados) para quem fica por aqui no Japão.
E tudo de bom para vocês do Brasil e outras localidades que porventura leiam este blog.

Vou dia 7 e volto no dia 14 de agosto.
Até a volta.




Comentários

Angela disse…
Desejo que faça uma ótima viagem e divirta-se mto.
Bom fim de semana.
Bjs
Desabafando disse…
Boa viagem, aproveita bastante, divirta-se muito, conheça muitas coisas novas e depois compartilha conosco!
Diana disse…
Boa viagem! Tire fotos das comidinhas ^-^ Tenho curiosidade de saber como são as refeições :D

Bjs
Denise disse…
Olá Elisa!
Sempre admirei a cultura mongol, vendo reportagens em programas e mídias impressas.
Que vc faça uma incrível viagem e aproveite por nós!
Bjs
Boooooa viagem e obrigado pelo mail!

Vc vai adorar.
é igual qdo a gente entra na Tailândia. Brasileiro tem que preencher um papel da fiscalização sanitária. Mesmo a gente morando aqui trocentos anos, né Elisa.

Eh lamentável. Se ainda fossemos de um país cheio de terroristas...

Aproveita muito a viagem, conta depois pra gente como é a Mongólia.

Estaremos no seu "ururun taizaiki blog" rs.
bjs
Mônica disse…
Elisa
Tudo de bom no seu passeio.
Vou ficar aguardando a sua chegada. Vou em Belém dia 11 e volto dia 18.
Um belo passeio e boa viagem!
Com carinho MOnica
Telma Maciel disse…
Ei, Elisa! Viagem interessante, hein? Essa coisa de visto dos brasileiros é chata msm... meu irmão tirou visto agora pra ir pra Disney em janeiro, pagou CARO e o visto só foi autorizado até março/2011!!!
Sobre a viagem especificamente, acho que mta gente tem mto preconceito com relação a certos lugares. Eu nunca tinh ouvido falar de alguém indo pra Mongólia!Mas estou curiosa pra conhecer um pouco mais do lugar através das suas fotos e comentários!
Boa viagem! Beijo
Felipe Nasca disse…
Legal! Acho que nunca vi muitas fotos da Mongólia, foi muito legal ver essas e com certeza vai ser mais legal ver outras! ^^
Carol P disse…
Elisa,
Estou curiosa pelas suas fotas da viajem. A mongolia eh um lugar que eu tenho muita curiosidade de conhecer, mas sei de ninguem q foi. Entao vc sera vai ter q contar todos os detalhes, please.
bj
lolipop disse…
Elisa,
Que emoção de viagem...nunca connheci ninguém que tivesse ido lá.
Vai ser óptimo ver e ler sobre sua viagem!
APROVEITE BASTANTE!!!
BOA VIAGEM
PS Eu estou indo para o Japão dia dez...mas ainda é segredo....só no final de semana é que posto no blogue...
BEIJOS
Até breve!
Bah disse…
Nossa, tá ai um lugar inusitado. Vc viaja bastante hein? Já completou sua volta ao mundo? Aproveite muito a viagem querida. Bom feriado!E traga muitas fotos pra gente viajar junto.

Kisu!
NinaLu disse…
Ola, Elisa!Tudo bem?
Sei que esta aproveitando as suas ferias de obon, mas espero que entre em contato comigo quando voltar, ta?
Viajando pela net encontrei o seu cantinho e gostaria de colocar na minha lista de amigos, pode?
Aguardo sua resposta, ok?

Meu blog: http://vivavidajapao.blogspot.com/


Bela viagem!!!
Abracos, Nina.
Mônica disse…
Amanha estarei em Belém do Partá com minha irmã Elisa.
Vou ficar lembrando de voce.
com carinho MOnica
Claudia Rumi disse…
Nooooossa, acampar na tendas dos nomades: isso que é sentir na pele!!
Muuuito legal!!!
Vc ja deve estar nessa tendas nesse momento. Quero as fotos e comentários. Muuuioto Legal!
bj
claudia
Satie disse…
Que legal! De cara lembrei do Asashoyu rs
Aproveita e conta bastante de la ok?
bjks
Fabiano Mayrink disse…
ate a volta, divirta-se bjs!
Lilianne Mirian' disse…
- Já xeguei na volta. Mas. doidiinha pra ver fotos;]

Beiijooo'

Postagens mais visitadas deste blog

7. Guêr ou ger, tenda-vivenda da Mongolia

Hoje vou mostrar como se monta uma tenda ou casa mongol. Ela se chama ger (guêr). Construir o ger fazia parte desta nossa viagem.
Na época que eu fui a temperatura estava entre 10 a 15 graus de manhã e a noite. Durante o dia estava entre 20 e 25 graus. Foi agradável e deu para fugir um pouco desse calor infernal que está fazendo no Japão esse ano.
Primeiro coloca-se a porta e estrutura da parede.
Em seguinda monta-se o pilar central dentro do ger. Colocam a base do teto. Olhem que gracinha esse menino no centro da foto.
Não sei se esse garotinho queria ajudar ou brincar, mas lá estava ele escalando a grade.
O esqueleto do ger é coberto com pano e cobertor de lã de camelo.
Cobrem o teto e paredes com tecidos grossos para proteger do frio. O menino ainda está lá.







Cobrem com o tecido branco característico de todos os gers. Meu filho quando pequeno também era assim, queria ajudar em tudo. Aliás, ele ajudou muito para fazer esse ger. E gostou da experiência.
Fiquei refletindo. Nós das cidades quando const…

8. Mongolia: roupas e comida

Hoje vou falar da roupa e comida da Mongólia.
Eu sei que Mongólia tem acento. Mas no título não coloquei de propósito porque assim, podem fazer um hit em inglês e pelo menos poderão ver as fotos. Já com acento acho que não aparecerá nas buscas em inglês.
A roupa que as mulheres estão usando se chama dêr. É longo, quentinho, protege bem do frio.
Com essa roupa as mulheres podem se afastam um pouco do ger (tendas) e vão fazer xixi. Elas se agacham e o dêr cobre tudo. Muito prático. Dá até para andar a cavalo.

A roupa típica dos nômades para homens também se chama dêr. O Dêr dos homens não é estampado como das mulheres. Esses dois homens, o do centro e do lado esquerdo usam dêr cinza com faixas coloridas. O homem da foto abaixo usa dêr azul. Na cabeça usam boné ou chapéu tipo ocidental. Eu acho que chapéu e bonê não combinam com o dêr. Mas o chapéu típico é assim: Imagine a metade de um coco. Em cima do coco, bem no meio fica um chifre comprido com uma bolinha na ponta. É meio esquisito, acho que por i…

Verduras no vapor

Ultimamente tenho usado essa cuscuzeira para cozinhar verduras e legumes. No vapor. Sempre achei que demorava muito para fazer batatas cozidas. Leva todo o tempo de esquentar a água. No vapor vai muito mais rápido. Depois da batata, experimentei cozinhar abóbora como na foto. Deu certo com vagem, espinafre (horensô), batata doce, quiabo, aspargos, etc.
É mais rápido, ecológico e as verduras ficam mais gostosas. Acho que perdem menos nutrientes porque eles não vão embora junto com a água do cozimento. Adoro soluções assim, boas em muitos sentidos.
Comprei essa cuscuzeira em São Paulo. Vc pode encontrar em casas do norte, que são lojas de produtos do nordeste. Lá no nordeste essa panela é muito usada para fazer cuscuz.
No começo eu só usava para fazer cuscuz. Hoje uso também para cozinhar verduras no vapor.