Pular para o conteúdo principal

aniversário de amiga



Hoje comemoramos o aniversário de uma amiga no restaurante italiano Antonio do Sky Biru de Yokohama. Esse restaurante fica no 28 andar. Tem uma vista bonita da cidade, mas hoje estava chovendo.

Frutos do mar marinados.

Spaghetti de legumes. Os leitores vegetarianos vão gostar.


Crème brûlée (creme brulê).
Quebrei um pouco a camada de açúcar para mostar a crosta de açúcar querimado que é uma delícia. Já comeram?


Bolinho de aniversário.
Cantamos parabéns.
Parabéns, amiga.


Esse foi meu presente: uma aquarela com aplicação de renda.
Pintei corações e folhas e escrevi várias palavras da sorte para desejar tudo de bom para a minha amiga.





Comentários

aprendizdemim disse…
Que bacana vc compartilhar tudo isso!
É como se nos levasse junto rs..
Bjo na alma!
Andrea disse…
que delicia Elisa , o presente ficou lindo !!
Lira Santos disse…
Lindo presente...
Um beijo e um feliz fim de semana!!!
mar e ilha disse…
Ummmm Crème brûlée (creme brulê).! Que delicia.. Adoro!!! E o bolo que gracinha. Happy Birthday Juliana. Um jantar delicioso acompanhado dos amigos.
Lindo presente, no dia do meu aniversário eu tb quero, hahahahaha
Fabiano Mayrink disse…
Aniversario é sempre uma alegria, ainda mais junto dos amigos, acho que iria gostar do macarao e o bolo esta uma delicadeza so, com nome é tudo!

ficou de bom gosto a aquarela, coraçoes para amor, folhas para sorte e esperança, e muito colorido para tudo de bom!
Muito lindo o presente, Elisa! Parabens a voce pelo capricho.
Parabens a aniversariante pela sorte de ter uma pessoa muito boa, de grande coração com você!
No Sky Biru só entrei algumas vezes devido ao estacionamento (vê se pode!), mas um dia eu e namorido vamos ver a gastronomia do local (dez anos aqui e nunca entrou pra ver o que tem...)
Beijos e bom sabado!!
Gesiane disse…
Hummmm.... dilíícia...

Linda a aquarela, vc é muito talentosa amiga!

Beijos
Amy disse…
Haa eu já ouvi falar desse Creme, mas não sabia nem do que era feito rsrs... o bolinho ficou tão bonitinho *-* A aquarela ficou linda também. Adoro detalhes de renda, fica muito fofo. E ficaram uma gracinha os cachinhos de uva no canto. E o que foi mais legal dessa historia toda foi o seu gesto de escrever palavras para dar sorte a sua amiga. Você consegue colocar em um presente tanta coisa boa!
Desabafando disse…
Deve ter sido ótima a festinha...rsrsrs...adorei os pratos...e nunca comi creme brulee...é feito do que? E amei o presente...ficou lindo!
Aninha Leme disse…
nhamsssssssssssss

já comeu Crème brulée de Amarula? é muito bommmmmmmmmmmm
adoro!!!

e essa comidinha vegetariana está com uma cara ótima! mas eu colocaria um molho de queijos aí para deixar mais gostoso ainda. kkkkkkkkk

besoss
Liciane disse…
Eu adoro frutos do mar!
Nossa, que alto! deve ter uma vista maravilhosa!!
O presente ficou uma gracinha!!

Beijos querida! :)

p.s: estou bem amiga, obrigada. e vc? espero que esteja bem!!
Mari disse…
Não existe melhor presente do q feito por nós com muito carinho e amor,vc tem talento heim danadinha...rs
Q delicia de jantar...
Passei pra te deixar um selinho ,ta no meu blog depois passe la e pegue o seu rsrs
Bom fds
Bjos
Muito bacana!
Gostei do presente, personalizado e cheio de carinho.
O bolo é uma graça, decorado com o nome e tudo.
crème brûlée (adoro o festival de acentos das palavras francesas, quando estudei na Aliança Francesa eu sempre esquecia metade deles rs)é uma delícia!!!!

Que niver gostoso, pena que choveu. A vista deve ser um espetáculo, Yokohama é uma cidade fantastica.
Beijos
Sorry o sumiço, estou fazendo mto bicos essa semana pra ter $ pro Natal hehehe....

Hummm restaurante italiano é td di bom!!!

Bom Fim de Semana ^^
Miquilissss

Bru
Daniel disse…
Parabéns e bom sábado Elisa.
Beijo
Fernanda Reali disse…
Ai, que delícia! Vontade de comer tudo isso, só um pedacinho, pra não explodir, hehe.

meu amado ama creme brulée. Comemos pela primeira vez em Paris, na Plâce des Vosges, numa tarde inesquecível.Nunca tentei fazer porque não tenho o pequeno maçarico que carameliza a crosta. Muito bom registrar esses pequenos prazeres e fazer um patchwork de felicidade ao longo do ano.
Bjs
Elisa no blog disse…
Reyel,
acho que na verdade levo vocês no coração, por isso a vontade de fotografar e mostrar esses meu momentos alegres.

ANDREA,
achou o presente bonito? Obrigada.

LIRA,
que bom ver vc aqui.

MARÍLIA,
vc sabe escrever creme brulê direitinho em francês. eu não sabia, fui consultar a internet. rsrs


SE...
me manda seu endereço que eu te mando uma aquarela. Quando é o seu aniversário?

FABIANO,
fiquei contente, vc observou a minha pintura minuciosamente.
Elisa no blog disse…
kIYOMI,
Fiz esse post para todos, mas para vc porque é a única que poderá ir lá. Mas achei bem caro, nunca tinha ido lá.

GESIANE,
aqui tem italiano tb. Vc vai poder comer de tudo.

AMY,
vc conseguiu captar tudo o que eu queria oferecer. vc é muito observadora. O creme brulê é feito com um creme de ovo, é muito gostoso.

DESABAFANDO,
O creme é feito de um creme mole de ovo, leite ou creme de leite e açúcar. Em cima fica uma crosta de açúcar queimado com maçarico, uma delícia.

ANINHA,
com amarula nunca comi. Vc está muito chic, ainda não cheguei lá. O meu creme foi o básico mesmo. rsrs

LICIANE,
aqui tem muitos frutos do mar. Vc ia gostar daqui.

MARI,
gostei do danadinha!
Vou pegar o selinho. Como vai, fazendo muito crochet?

MAUJ,
que legal, vc estudou na Aliança Francesa? Sempre quis estudar lá, mas me faltava tempo. Estudei muitos anos na Cultura Inglesa.
Que loucura acento circunflexo no U!
Nem sabia que isso existia.

BRU,
senti o sumiço sim. Dei até nome : Filme do sumiço das farofas. rsrs
volte quando puder.

DANIEL,
obrigada pela visita.

FERNANDA,
já ouvi dizer que essa é uma sobremesa que os homens gostam. Será que o Max gosta? Tem jeito né?
Vc é muito chique, comeu creme brulé em Paris! Quando fui lá comi comida árabe, mas creme brulé não comi.
Bah disse…
Ahhhh que interessante. Sempre quis mostrar os pratos que comia quando estava no Japão. Depois de certo tempo, acostumamos e achamos normal comer por exemplo, o Gusto... mas aqui é deveras interessante mostrar. Aliás, tudo, pq japoneses são tão detalhistas que tem tanta coisa linda e interessante para mostrar.

Kisu!

Postagens mais visitadas deste blog

7. Guêr ou ger, tenda-vivenda da Mongolia

Hoje vou mostrar como se monta uma tenda ou casa mongol. Ela se chama ger (guêr). Construir o ger fazia parte desta nossa viagem.
Na época que eu fui a temperatura estava entre 10 a 15 graus de manhã e a noite. Durante o dia estava entre 20 e 25 graus. Foi agradável e deu para fugir um pouco desse calor infernal que está fazendo no Japão esse ano.
Primeiro coloca-se a porta e estrutura da parede.
Em seguinda monta-se o pilar central dentro do ger. Colocam a base do teto. Olhem que gracinha esse menino no centro da foto.
Não sei se esse garotinho queria ajudar ou brincar, mas lá estava ele escalando a grade.
O esqueleto do ger é coberto com pano e cobertor de lã de camelo.
Cobrem o teto e paredes com tecidos grossos para proteger do frio. O menino ainda está lá.







Cobrem com o tecido branco característico de todos os gers. Meu filho quando pequeno também era assim, queria ajudar em tudo. Aliás, ele ajudou muito para fazer esse ger. E gostou da experiência.
Fiquei refletindo. Nós das cidades quando const…

8. Mongolia: roupas e comida

Hoje vou falar da roupa e comida da Mongólia.
Eu sei que Mongólia tem acento. Mas no título não coloquei de propósito porque assim, podem fazer um hit em inglês e pelo menos poderão ver as fotos. Já com acento acho que não aparecerá nas buscas em inglês.
A roupa que as mulheres estão usando se chama dêr. É longo, quentinho, protege bem do frio.
Com essa roupa as mulheres podem se afastam um pouco do ger (tendas) e vão fazer xixi. Elas se agacham e o dêr cobre tudo. Muito prático. Dá até para andar a cavalo.

A roupa típica dos nômades para homens também se chama dêr. O Dêr dos homens não é estampado como das mulheres. Esses dois homens, o do centro e do lado esquerdo usam dêr cinza com faixas coloridas. O homem da foto abaixo usa dêr azul. Na cabeça usam boné ou chapéu tipo ocidental. Eu acho que chapéu e bonê não combinam com o dêr. Mas o chapéu típico é assim: Imagine a metade de um coco. Em cima do coco, bem no meio fica um chifre comprido com uma bolinha na ponta. É meio esquisito, acho que por i…

Verduras no vapor

Ultimamente tenho usado essa cuscuzeira para cozinhar verduras e legumes. No vapor. Sempre achei que demorava muito para fazer batatas cozidas. Leva todo o tempo de esquentar a água. No vapor vai muito mais rápido. Depois da batata, experimentei cozinhar abóbora como na foto. Deu certo com vagem, espinafre (horensô), batata doce, quiabo, aspargos, etc.
É mais rápido, ecológico e as verduras ficam mais gostosas. Acho que perdem menos nutrientes porque eles não vão embora junto com a água do cozimento. Adoro soluções assim, boas em muitos sentidos.
Comprei essa cuscuzeira em São Paulo. Vc pode encontrar em casas do norte, que são lojas de produtos do nordeste. Lá no nordeste essa panela é muito usada para fazer cuscuz.
No começo eu só usava para fazer cuscuz. Hoje uso também para cozinhar verduras no vapor.