Pular para o conteúdo principal

geleias e gatos

ジャムをつくりました。
Home made jams.

Vocês já fizeram geleia ?(geleia perdeu o acento?)?

Teve uma época que chegavam muitas maçãs naquela caixa de vegetais orgânicos que eu postei outro dia. Eu já tinha feito de tudo com maçãs: saladas, tortas, compotas. Mas estava evitando fazer geleias porque achava muito difícil, complicado e trabalhoso. (Ouvi dizer que temos que ficar mexendo o tacho durante mais de uma hora! Minha preguiça me impedia) Esgotadas todas as possibilidades de receitas com maçãs, peguei uma receita de geleia de maçã na internet. Peguei a que parecia mais fácil.




Esta é a geleia de maçã. A cor é da própria casca, acreditam?



Depois gostei e não parei mais de fazer geleias. Esta acima acho que era de kin-kan (sabem? aquela laranjinha bem pequena?)




Esta é de morango. Usei 20 morangos pequenos, mais açúcar e só deu isso! Praticamente 2 colheres de sopa só. Agora sei porque as geleias de morango são tão caras. Se for barato pode estar certo de que misturaram outras coisas.

O trabalho que dá depende da fruta. Umas demoram mais que as outras para cozinhar. O único problema das geleias caseiras é que são tão melhores (mais gostosas) que as compradas, que nunca mais as comprei.

Mas nem tudo são flores. Minha empolgação foi tanta que pensei em fazer geleia de legumes e verduras. Fiz uma geleia de daikon (nabo) que ficou horrorosa! Essa nunca mais!

E vc , já fez geleias?


Doce de combini


Nos combini da vida (lojas de conveniência) sempre tem algum doce barato e interessante. Este se chama fuwari castaad0 (algo como creme de baunilha fofo). Coloquei pela embalagem. Vendem avulso.

Embaixo tiyo-gámi dourado com estampa tradicional japonesa de água ou ondas. Gosto bastante dessa estampa. Se chama mizu-mon ou mizu mon-yo-u.


Gatos do bairro de Hon-moku

Desculpem as pessoas que tem alergia só de ver gatos em foto, mas eu adoro gatos. Este é habitante do parque Sankei-en. Eu acho que é habitante, porque pode ser apenas um visitante. No Brasil eu conseguia identificar imediatamente se um gato tem dono ou é de rua. Aqui, acho difícil saber.Você que mora ou já morou no Japão já reparou nisso?


Outra coisa que reparei é que muitos tem rabo torto. Repare bem no rabo desse gato branco. Quando cheguei por aqui, achava de verdade que algum homem mau tinha entortado o rabo do gato quando eles ainda eram pequenos. Não sei de onde veio essa fantasia doida. Mas com o tempo vi que não era nada disso. Muitos tem o rabo torto ou curto. (alguns tem o rabo torto E curto!)

Obrigada por lerem o meu, o nosso blog, e have a nice week!


Comentários

Sonia disse…
Sim, ja fiz geleia de morangos, realmente diminui muito......como perde liquido e' assim mesmo. Fica bem mais gostoso do que o industrializado.
JAPONAISE disse…
Oi, Elisa
Adorei as sua geléias (principalmente a de kinkan...gosto muito das compotas).Mas raramente as faço.
E saber dos gatos de "rabos tortos e curtos"....detalhe 'a ser reparado!
super beijo,
JAki
Elisa no blog disse…
OI Sonia,
Realmente a geleia de morangos diminui muito. Mas concordo que fica muito gostosa, além de não ter conservantes.
beijos,
Elisa
Elisa no blog disse…
OI JAki,
A geléia de kinkan ficou pronta rapidinho e ficou boa. Mas tem uma que não coloquei foto e que não ficou tão boa. É uma geleia de laranja. Ficou amarga.
Acho que os gatos do Brasil tem todos rabos normais, longos e retos, não é?

beijos,
Elisa

Postagens mais visitadas deste blog

7. Guêr ou ger, tenda-vivenda da Mongolia

Hoje vou mostrar como se monta uma tenda ou casa mongol. Ela se chama ger (guêr). Construir o ger fazia parte desta nossa viagem.
Na época que eu fui a temperatura estava entre 10 a 15 graus de manhã e a noite. Durante o dia estava entre 20 e 25 graus. Foi agradável e deu para fugir um pouco desse calor infernal que está fazendo no Japão esse ano.
Primeiro coloca-se a porta e estrutura da parede.
Em seguinda monta-se o pilar central dentro do ger. Colocam a base do teto. Olhem que gracinha esse menino no centro da foto.
Não sei se esse garotinho queria ajudar ou brincar, mas lá estava ele escalando a grade.
O esqueleto do ger é coberto com pano e cobertor de lã de camelo.
Cobrem o teto e paredes com tecidos grossos para proteger do frio. O menino ainda está lá.







Cobrem com o tecido branco característico de todos os gers. Meu filho quando pequeno também era assim, queria ajudar em tudo. Aliás, ele ajudou muito para fazer esse ger. E gostou da experiência.
Fiquei refletindo. Nós das cidades quando const…

8. Mongolia: roupas e comida

Hoje vou falar da roupa e comida da Mongólia.
Eu sei que Mongólia tem acento. Mas no título não coloquei de propósito porque assim, podem fazer um hit em inglês e pelo menos poderão ver as fotos. Já com acento acho que não aparecerá nas buscas em inglês.
A roupa que as mulheres estão usando se chama dêr. É longo, quentinho, protege bem do frio.
Com essa roupa as mulheres podem se afastam um pouco do ger (tendas) e vão fazer xixi. Elas se agacham e o dêr cobre tudo. Muito prático. Dá até para andar a cavalo.

A roupa típica dos nômades para homens também se chama dêr. O Dêr dos homens não é estampado como das mulheres. Esses dois homens, o do centro e do lado esquerdo usam dêr cinza com faixas coloridas. O homem da foto abaixo usa dêr azul. Na cabeça usam boné ou chapéu tipo ocidental. Eu acho que chapéu e bonê não combinam com o dêr. Mas o chapéu típico é assim: Imagine a metade de um coco. Em cima do coco, bem no meio fica um chifre comprido com uma bolinha na ponta. É meio esquisito, acho que por i…

Verduras no vapor

Ultimamente tenho usado essa cuscuzeira para cozinhar verduras e legumes. No vapor. Sempre achei que demorava muito para fazer batatas cozidas. Leva todo o tempo de esquentar a água. No vapor vai muito mais rápido. Depois da batata, experimentei cozinhar abóbora como na foto. Deu certo com vagem, espinafre (horensô), batata doce, quiabo, aspargos, etc.
É mais rápido, ecológico e as verduras ficam mais gostosas. Acho que perdem menos nutrientes porque eles não vão embora junto com a água do cozimento. Adoro soluções assim, boas em muitos sentidos.
Comprei essa cuscuzeira em São Paulo. Vc pode encontrar em casas do norte, que são lojas de produtos do nordeste. Lá no nordeste essa panela é muito usada para fazer cuscuz.
No começo eu só usava para fazer cuscuz. Hoje uso também para cozinhar verduras no vapor.