Não existe no Japão



Hoje queria listar coisas que não existem no Japão, ou pelo menos nunca vi.

①Cachorro viralata na rua. Nem nunca vi carrocinha. Aliás, eu pensava que carrocinha era uma lenda, mas vi em São Paulo quando tinha uns 9 anos de idade e fiquei meio traumatizada, lembro até hoje e fico com pena do cachorrinho.
②Feira livre

③Banca de jornal (você há de perguntar onde as pessoas compram jornal. Pois é, a maioria ou assina ou não compra. Mas pode ser encontrado em lojas de conveniência)

Que eu me lembre é só isso por enquanto. Mas deve haver mais coisas. Imagino que os leitores japoneses que leem português não saibam o que seja banca, feira, viralata... mesmo porque esses não existem aqui. Se quiserem eu explico, leitores japoneses.



Sankei-en

Este é o parque que fica bem pertinho aqui de casa. Tem lago, azaleias, ponte vermelha, enfim é muito bonito.


Pintura
Não sei se todos os que estão lendo atualmente já viram, mas tenho uma proposta de ir postando fotos de meu trabalhos ainda inacabados. Aos poucos. Essa pintura, por enquanto está assim. Ainda não sei que de que cor pintarei o resto. Aguardem.


Obrigada pela visita e desejo para vocês um ótimo fim-de-semana (aqui também o hífen foi abolido?). Já sei que não existe mais trema, nem hífen em algumas palavras, mas ainda não sei tudo. Sei que palavras como Coreia e estreia não tem mais acento agudo. Se vcs virem algum erro meu, por favor me avisem pois gostaria de escrever certo. Obrigada.


Comentários

Angela disse…
Ohaiô Elisa,

Querida, não sei como se escreve boa noite ou bom dia, rsrsrs, apenas tento de uma maneira que vc consiga entender o que estou querendo dizer, japonês é uma das línguas mais difíceis de se aprender e vc sabe como...
Qto a receita vc não precisa ficar envergonhada, seu blog é lindo, nos dá oportunidade de conhecer um país maravilhoso através de fotos e costumes, é um blog informativo, turístico, culinário, adorável e com td seu charme e delicadeza.
Obrigada pela visita e por sempre me prestigiar. Ainda vou pintar uma nissei em sua homenagem.
ótimo fim de semana.
Ps: Estou curiosa para ver seu quadro pronto!
Bjs!
Claudia Rumi disse…
Creio que não deva ter boteco,padaria como aqui e seu pão frances,carro a alcool e pixações.Pode ter certeza que tem uma infinidade de coisas principalmente por ser um país de primeiro mundo, tradicionalista e com uma cultura encantadora.Aproveite!! bj
Claudia
Elisa no blog disse…
Oi Angela,
Obrigada pelo que vc falou deste blog. No dia que eu precisar de um texto de propraganda para o meu blog vou usar um trecho do seu elogio.
Fico contente também porque é isso (que vc escreveu) que eu pretendo passar através desse blog.
Quanto ao quadro está indo devagar...
Também passo sempre no seu blog.
beijos,
Elisa
Elisa no blog disse…
Querida Claudia,

Linda a sua postagem sobre Buenos Aires, fiquei encantada.

Obrigada por acrescentar coisas à lista do que não existe no Japão.
Estou pensando em fazer uma lista de coisas que existem no Japão e não existem no Brasil, mas de certa forma estou postando essas coisas pouco a pouco.

É contraditório, mas o japão é muito tradicionalista, mas o povo adora novidades, principalmente as tecnológicas. Eu fiquei um bom tempo intrigada com isso. Me perguntava se o Japão é tradicionalista ou inovador. Estudando um pouco a história do Japão, a gente vê que lá pelo século 7 DC, o povo copiava coisas da China e Coréia. Coisas que eram totalmente inovadoras para a época. Então, pode se dizer que inovar é, e sempre foi uma tradição do Japão. Só que aqui o povo inova e continua com as tradições. Bom, chega de teoria por enquanto.
beijos,
Elisa