Pular para o conteúdo principal

Camping / キャンプ - kián-pu

Escrito assim fica engraçado, mas é assim que os japoneses falam camping: kián-pu.

Pois fomos acampar no sábado e domingo. Este camping fica na Província de Kanagawa no município de Tsukui, num vilarejo chamado Aone.

Vocês não vão acreditar, mas eu nunca tinha acampado na vida.
Verdade. Falta de vontade, falta de oportunidade, enfim...
Mas adorei. É muito legal.



Depois montamos as barracas ao lado dos carros. À noite fizemos churrasco. Comprei picanha em um açougue brasileiro. Os açougues japoneses tem outros tipos de corte de carne.

À tarde subimos uma montanha de onde tirei esta foto. O rio é largo mas raso.




Este rio era raso e transparente onde dá para brincar. O Japão está cheio de rios assim: rasos e limpos onde as crianças podem brincar.

E montanhas muito bonitas.

É um lado menos conhecido do Japão. Os turistas estrangeiros geralmente vão à Kyoto, Nara, Tokyo, Monte Fuji.
Montanhas e rios são muito menos conhecidos.

Meu filho adorou tudo. À noite fez uma fogueira e estava muito satisfeito.

Desejo uma ótima semana para todos.


Comentários

Mônica disse…
Elisa
Quanta beleza! Eu sou medrosa . Não gosto de acmpar. Mas aí deve ter uma infra estrutura maravilhosa.
Adorei o lugar e as fotos.
Com carinho Monica
Angela disse…
Olá Elisa,
Que bom que o passeio foi divertido e seu filho gostou.
As receitas estão mto fáceis, vc escreveu mto detalhadas, aliás vc é mto prestativa, tem mta responsabilidade, posta receitas, coloca fotos, lembra a Moniquinha de usar o filtro solar, vc é mto organizada e gentil, parabéns por esse desempenho adorável.
Tenha uma ótima semana tbm.
Bjs
Andrea disse…
Que delicia !!! eu na verdade não gosto de acampar ,nao gosto de sacos de dormir ..rs prefiro uma cama .Achei lindo o local do seu acampamento .òtima semana pra vc Elisa ..
CANTO EN FLOR disse…
Paisagens bonitas, agradecimentos para as imagens e a história, como estar lá.
Agradecido para o hug!
Aninha Leme disse…
Olá querida!!
ai que delicia! picnic e depois um passeio no lago! adoreiiii
deve ser uma riqueza isso tudo, queria muito um dia poder ver tudo isso de perto!

beijos
Elisa no blog disse…
Oi Mônica,
Só está dando para responder hoje porque ontem tive visita e fiquei meio atarefada.
Sou novata nos campings, mas percebi que tem uns super-equipados e outros totalmente selgavens, depende do gosto do freguês.
Lembranças para a sua mãe.
beijos,
Elisa
Elisa no blog disse…
Oi Angela,
Vc me apontou tantas qualidades, fico contente e agradecida. Acho que vc tb é tudo isso.
beijos e ótima semana.
Elisa
Elisa no blog disse…
OI Andrea,
Li seu comentário e resolvi postar foto do meu saco de dormir. Ou melhor, foto da caixa com explicação. O meu filho gostou tanto, é tão fofo e gostoso que ele usa em casa para brincar, tirar soneca à tarde.
Obrigada por me dar essa ideia para postar no blog.
beijos,
Elisa
Elisa no blog disse…
Canto en Flor,
Muchas gracias por escribir.
Tienen buenos campings en Mexico?
besos,
Elisa
Elisa no blog disse…
Aninha Leme,
Deseje bastante que o desejo se realiza. É o que diz um livro que vi outro dia. Falava para arranjar um caderninho e ir anotanto nele todos os seus desejos. Queria postar sobre esse caderninho mas estou em dúvida.
Vc parece gostar muito do Japão, não?
beijos,
Elisa

Postagens mais visitadas deste blog

7. Guêr ou ger, tenda-vivenda da Mongolia

Hoje vou mostrar como se monta uma tenda ou casa mongol. Ela se chama ger (guêr). Construir o ger fazia parte desta nossa viagem.
Na época que eu fui a temperatura estava entre 10 a 15 graus de manhã e a noite. Durante o dia estava entre 20 e 25 graus. Foi agradável e deu para fugir um pouco desse calor infernal que está fazendo no Japão esse ano.
Primeiro coloca-se a porta e estrutura da parede.
Em seguinda monta-se o pilar central dentro do ger. Colocam a base do teto. Olhem que gracinha esse menino no centro da foto.
Não sei se esse garotinho queria ajudar ou brincar, mas lá estava ele escalando a grade.
O esqueleto do ger é coberto com pano e cobertor de lã de camelo.
Cobrem o teto e paredes com tecidos grossos para proteger do frio. O menino ainda está lá.







Cobrem com o tecido branco característico de todos os gers. Meu filho quando pequeno também era assim, queria ajudar em tudo. Aliás, ele ajudou muito para fazer esse ger. E gostou da experiência.
Fiquei refletindo. Nós das cidades quando const…

8. Mongolia: roupas e comida

Hoje vou falar da roupa e comida da Mongólia.
Eu sei que Mongólia tem acento. Mas no título não coloquei de propósito porque assim, podem fazer um hit em inglês e pelo menos poderão ver as fotos. Já com acento acho que não aparecerá nas buscas em inglês.
A roupa que as mulheres estão usando se chama dêr. É longo, quentinho, protege bem do frio.
Com essa roupa as mulheres podem se afastam um pouco do ger (tendas) e vão fazer xixi. Elas se agacham e o dêr cobre tudo. Muito prático. Dá até para andar a cavalo.

A roupa típica dos nômades para homens também se chama dêr. O Dêr dos homens não é estampado como das mulheres. Esses dois homens, o do centro e do lado esquerdo usam dêr cinza com faixas coloridas. O homem da foto abaixo usa dêr azul. Na cabeça usam boné ou chapéu tipo ocidental. Eu acho que chapéu e bonê não combinam com o dêr. Mas o chapéu típico é assim: Imagine a metade de um coco. Em cima do coco, bem no meio fica um chifre comprido com uma bolinha na ponta. É meio esquisito, acho que por i…

Verduras no vapor

Ultimamente tenho usado essa cuscuzeira para cozinhar verduras e legumes. No vapor. Sempre achei que demorava muito para fazer batatas cozidas. Leva todo o tempo de esquentar a água. No vapor vai muito mais rápido. Depois da batata, experimentei cozinhar abóbora como na foto. Deu certo com vagem, espinafre (horensô), batata doce, quiabo, aspargos, etc.
É mais rápido, ecológico e as verduras ficam mais gostosas. Acho que perdem menos nutrientes porque eles não vão embora junto com a água do cozimento. Adoro soluções assim, boas em muitos sentidos.
Comprei essa cuscuzeira em São Paulo. Vc pode encontrar em casas do norte, que são lojas de produtos do nordeste. Lá no nordeste essa panela é muito usada para fazer cuscuz.
No começo eu só usava para fazer cuscuz. Hoje uso também para cozinhar verduras no vapor.