-->



Orfanato / 孤児院 - kodi-in

Me perguntaram se conheço algum orfanato aqui no Japão.
Conheci o diretor de 4 orfanatos de Yokohama. Conheci naquela festa que aconteceu no consultório de pediatra, lembram? Acho que alguns de vocês leram.

Eles não chamam o local de orfanato. Nem todas as crianças que vivem ali são órfãs. Muitas delas estão lá porque as mães as deixaram por não terem condições de criá-las no momento. Teoricamente as mães voltariam para buscá-las logo que a situação melhore. Mas na realidade muitas ficam lá até completarem 18 anos, quando têm que deixar o local e seguir vida própria sozinhos.

Perguntei a ele se aceitava voluntários para brincar e interagir com as crianças. Pensei que poderia dar carinho e amor às crianças. Ele respondeu que não aceita. O motivo é que as pessoas podem ir por curiosidade e sumirem de repente. Isso causaria muita dor às crianças, caso elas se apegassem. Uma ressalva seria feita à pessoas que se comprometam a frequentar o orfanato por muito tempo. Não sei dizer ao certo como isso funciona.

O que eu conheço no Japão são esses orfanatos. Talvez em outras regiões funcionem de forma diferente.


4 comentários:

Aninha Leme disse...

Gentem
seria tudo de bom ter um bebê japonês. São lindosssssssssssss demais!
eu quero eu quero!

beijos

Elisa no blog disse...

Oi Aninha,
Não sei se respondi em lugar errado sobre os bebês.
Obrigada por escrever para mim.
Elisa

Jessica iwata disse...

Eles fazem adoção de crianças ???

Marcia Shigaki disse...

Moro em hamamatsu e gostaria muito de adotar uma menina japins, já tenho dois meninos e não posso ter mais, alguém pode me ajudar???

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

  © Layout Elisa no Blog por Fabiano Mayrink Blog designer.