Pular para o conteúdo principal

Dog


Em primeiro lugar, muito obrigada pelos parabéns ao meu filho. Li todos os comentários e ele ficou muito contente. Vi a carinha dele e ele estava sorrindo de alegria. Nós moramos longe de todos os parentes e suas palavras de carinho foram e são muito importantes. Obrigada mesmo.

Acordei às 3 da manhã para ver o jogo. Pelo menos valeu à pena, o Brasil ganhou.

Mudando totalmente de assunto hoje, vou falar desse cachorrinho. Ele se chama Youki e é um Yorkshire.

A dona é uma amiga inglesa que foi embora para a Inglaterra. Ficamos de passear com ele todas as tardes durante um tempo. Ou melhor, ela pediu para o meu filho walk the dog, ou melhor, passear com ele.
O engraçado é que apesar de ter nascido no Japão, ele só fala inglês. Ou melhor, cachorros não falam. O Youki só entende inglês.
Nessa foto acima falamos: -Sit! (senta) e ele se sentou, não é uma graça?
Além disso ele entende walk (ande), run (corra), stop (pare), etc...

Nós não temos pets, então o meu filho está adorando.

Vocês gostam de cachorros ou tem cachorro?
Vou escrever um pouquinho em inglês para a minha amiga entender.
Yoki is doing fine and my son is having a lot of fun walking him. They went to the Shimin Park yesterday and today.


Comentários

Aninha Leme disse…
que cãozinho mais simpático e obediente!!
adorei o Youki.
Eu amo cães e gatos, tenho um cãozinho chamado Baby em casa, da raça Pincher.
kkk
ela é desobediente, mas é muito carinhosa!

beijos
Angela disse…
Olá,
Elisa, tenho um cachorro lindo, branco com pintas pretas, um olho azul e outro castanho, rsrsrs. Ele é pastor belga, é grande e chama-se amigo, eu e minha filha amamos mto ele.
Qto ao bolo castelo, fiz pq sou meio atrevida, qualquer dia posto a foto só para vc ver, ficou mais ou menos.
ótimo fim de semana pra vcs,
Bjs
Andrea disse…
Que fofo !! eu adoro cães ,mas nã otenho porqeu além de morar em apt minha mãe tem asma e não pdemso ter ..mas amo de paixão !!!
Na nossa casa no interior temos 2 cachorrinhas ,uma já ta bem velhinha é uma cookier Tucaé oseu nome ..lindinha demais !!1 e a outra é uma fox paulistinha ,Sol .
Elisa no blog disse…
Oi Aninha,
É obediente mas só em inglês. Se falamos outra língua ele fica boiando. É muito engraçado.
Sua dog é aquela do blog, de braços abertos?
beijos,
elisa
Elisa no blog disse…
Oi Angela,
Que legal, vcs tem dog.
Não entendo nada de cachorros. Pastor belga é parecido com pastor alemão?
Bom fim-de-semana para vc tb.
beijos,
Elisa
Elisa no blog disse…
OI Andréa,
Vcs tem cachorros, que legal.
Vcs não colocam fotos deles nos blogs?
Bom fim-de-semana para vc e sua família.
beijos.
Mônica disse…
Que simpatia de cãozinho!
Nós hospedamos uma vez do Cisco de minha irmã Elisa. Mas mamae não pode por ter asma.
Bem que gostariamos de ter um cachorrinho!
Com carinho Monica
Aninha Leme disse…
oi amoreee
meu cãozinho é o da foto dessa postagem aqui ó:
http://aninhaleme-gettingreal.blogspot.com/2009/06/historinha.html

veja e depois me conte o que achou da baby!
kkk
beijosss

Postagens mais visitadas deste blog

7. Guêr ou ger, tenda-vivenda da Mongolia

Hoje vou mostrar como se monta uma tenda ou casa mongol. Ela se chama ger (guêr). Construir o ger fazia parte desta nossa viagem.
Na época que eu fui a temperatura estava entre 10 a 15 graus de manhã e a noite. Durante o dia estava entre 20 e 25 graus. Foi agradável e deu para fugir um pouco desse calor infernal que está fazendo no Japão esse ano.
Primeiro coloca-se a porta e estrutura da parede.
Em seguinda monta-se o pilar central dentro do ger. Colocam a base do teto. Olhem que gracinha esse menino no centro da foto.
Não sei se esse garotinho queria ajudar ou brincar, mas lá estava ele escalando a grade.
O esqueleto do ger é coberto com pano e cobertor de lã de camelo.
Cobrem o teto e paredes com tecidos grossos para proteger do frio. O menino ainda está lá.







Cobrem com o tecido branco característico de todos os gers. Meu filho quando pequeno também era assim, queria ajudar em tudo. Aliás, ele ajudou muito para fazer esse ger. E gostou da experiência.
Fiquei refletindo. Nós das cidades quando const…

8. Mongolia: roupas e comida

Hoje vou falar da roupa e comida da Mongólia.
Eu sei que Mongólia tem acento. Mas no título não coloquei de propósito porque assim, podem fazer um hit em inglês e pelo menos poderão ver as fotos. Já com acento acho que não aparecerá nas buscas em inglês.
A roupa que as mulheres estão usando se chama dêr. É longo, quentinho, protege bem do frio.
Com essa roupa as mulheres podem se afastam um pouco do ger (tendas) e vão fazer xixi. Elas se agacham e o dêr cobre tudo. Muito prático. Dá até para andar a cavalo.

A roupa típica dos nômades para homens também se chama dêr. O Dêr dos homens não é estampado como das mulheres. Esses dois homens, o do centro e do lado esquerdo usam dêr cinza com faixas coloridas. O homem da foto abaixo usa dêr azul. Na cabeça usam boné ou chapéu tipo ocidental. Eu acho que chapéu e bonê não combinam com o dêr. Mas o chapéu típico é assim: Imagine a metade de um coco. Em cima do coco, bem no meio fica um chifre comprido com uma bolinha na ponta. É meio esquisito, acho que por i…

Verduras no vapor

Ultimamente tenho usado essa cuscuzeira para cozinhar verduras e legumes. No vapor. Sempre achei que demorava muito para fazer batatas cozidas. Leva todo o tempo de esquentar a água. No vapor vai muito mais rápido. Depois da batata, experimentei cozinhar abóbora como na foto. Deu certo com vagem, espinafre (horensô), batata doce, quiabo, aspargos, etc.
É mais rápido, ecológico e as verduras ficam mais gostosas. Acho que perdem menos nutrientes porque eles não vão embora junto com a água do cozimento. Adoro soluções assim, boas em muitos sentidos.
Comprei essa cuscuzeira em São Paulo. Vc pode encontrar em casas do norte, que são lojas de produtos do nordeste. Lá no nordeste essa panela é muito usada para fazer cuscuz.
No começo eu só usava para fazer cuscuz. Hoje uso também para cozinhar verduras no vapor.